Assine já
Edição Digital

Edição digital: 2 anos de pandemia, os vencedores dos Portugal Trade Awards do Publituris, as propostas dos operadores e dossier seguros

Os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2022”, o balanço de dois anos de pandemia, entrevista BTL, operadores e propostas para o verão, FINE, El Al, Tunísia, Airbus A380, Lei 33, seguros são os temas em destaque nesta edição do Publituris.

Publituris
Edição Digital

Edição digital: 2 anos de pandemia, os vencedores dos Portugal Trade Awards do Publituris, as propostas dos operadores e dossier seguros

Os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2022”, o balanço de dois anos de pandemia, entrevista BTL, operadores e propostas para o verão, FINE, El Al, Tunísia, Airbus A380, Lei 33, seguros são os temas em destaque nesta edição do Publituris.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Nova edição: Dois anos de pandemia, os vencedores dos Portugal Trade Awards do Publituris, as propostas dos operadores e dossier seguros
Eventos Publituris
Nova edição: Entrevistas Pedro Barreto (BPI) e Miguel Quintas (grupo MQ), integração agências RAVT na GEA, Guias de Portugal e dossier RH
Meeting Industry
Roadshow das Viagens do Publituris regressa de 12 a 14 de outubro
Meeting Industry
DHM
O novo viajante “quer verdade e responsabilidade”, concluíram os oradores da conferência do Publituris na BTL
Eventos Publituris

A edição de 18 de março de 2022 é uma edição especial. Não só porque se trata da edição em que o Publituris divulga os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2022”, conhecidos numa cerimónia realizada na BTL no passado dia 16 de março, como é a edição que faz o balanço dos dois anos da pandemia.

Como se isto não bastasse, é, também, a edição que marca o regresso da BTL, após dois anos sem o maior evento do setor do turismo.

Os vencedores
Mas vamos por partes. Nos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2022”, os vencedores foram os seguintes: a começar pela “Personalidade do Ano”, a redação do Publituris atribuiu, diretamente e por unanimidade, o prémio à secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. Nas restantes 13 categorias, os vencedores foram: Melhor Companhia de Cruzeiros – MSC Cruzeiros; Melhor GSA Aviação – APG Portugal; Melhor Agência Corporate – Travelstore; Melhor Venue para Eventos e Congressos – Altice Arena; Melhor Parque Temático – Oceanário; Melhor Animação Turística; Picos de Aventura; Melhor Eco Resort – Areias do Seixo; Melhor Wine Hotel – The Yeatman; Melhor Exclusive Hotel – Six Senses Douro Valley; Melhor Luxury Hotel – Vila Vita Parc Resort & SPA; Melhor Alojamento Rural – Herdade da Malhadinha Nova; Melhor Startup – Hijiffy; Melhor Marina – Marina de Vilamoura.

A cerimónia da entrega dos prémios destacou-se pela presença de mais de 200 convidados, contando com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo; presidente da CTP, Francisco Calheiros; presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira; presidente da APECATE, António Marques Vidal; secretária-geral da AHRES, Ana Jacinto, entre outros.

Os temas
Mas nesta edição, fazemos, igualmente, um balanço destes dois anos de pandemia. Resiliência é, sem dúvida, a palavra mais ouvida pelo Publituris. E se há dois anos a “million dolar question” era tentar saber quando aconteceria a retoma, atualmente, uma guerra na Europa veio reforçar as incertezas.

Nesse âmbito, também o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, faz a análise destes dois anos, admitindo, ou melhor, destacando, que aquilo que diferencia o nosso destino, permanece “exatamente na mesma” (senão melhor).

A Lybra Tech fez uma análise sobre o impacto da guerra na Ucrânia e revela que a escalada da crise russo-ucraniana perturbou o equilíbrio do mundo e trouxe consigo um novo clima de tensão e insegurança.

A lei que veio estabelecer as Entidades Regionais de Turismo (ERT) há muito que se tornou motivo de discórdia. Entre queixas e atropelos à lei, que retiraram autonomia e competências a estas entidades, o turismo regional pede mudanças e mostra-se ainda preocupado com o lugar que lhe está reservado no processo de regionalização.

Com a Páscoa praticamente vendida, os operadores turísticos em Portugal já têm os olhos postos no verão. A programação, que envolve principalmente a operação charter, foi colocada no mercado a tempo e horas, permitindo que os portugueses pudessem fazer a escolha do destino que mais lhes agrada.

A entrevista desta edição foi feita a Pedro Braga, diretor-geral Adjunto da FCE – Feiras, Congressos e Eventos – que levantou um pouco, não da edição da BTL de 2022, mas do que será um pouco da BTL no futuro. Certo é que o objetivo é “atrair mais destinos internacionais”.

Uma viagem a Espanha, mais concretamente a Valladolid, deu para conhecer a FINE – Feira Internacional do Enoturismo. Portugal não só marcou a sua presença, promovendo os recursos patrimoniais e naturais através da cultura do vinho, como confirmou o seu potencial no enoturismo.

Nos destinos, a Tunísia, depois de levantar praticamente todas as restrições adotadas na sequência da COVID-19, pretende voltar a atrair os turistas portugueses, mercado que, em 2021, cresceu 46%.

O “Dossier” desta edição é dedicado aos seguros. Numa altura em que as viagens estão pouco a pouco a retomar, e com a generalidade dos destinos turísticos a levantar a maior parte das restrições, os seguros de viagem assumiram um papel fundamental.

A sustentabilidade veio com o compromisso não só do presente, mas, essencialmente, da vontade de encarar esta questão para um futuro não muito longínquo e ficcional.

Nos “Transportes”, e depois de ter retomado os voos entre a capital portuguesa e Telavive, em Israel, caos se justifique, a companhia admite aumentar ainda mais a operação.

Para concluir, Pedro Castro, fundador e diretor da SkyExpert Consulting, conta-nos um pouco da história de um dos gigantes dos céus: o Airbus A380.

Além disso, ainda há “Check-in” e as opiniões desta edição pertencem a Francisco Calheiros (CTP), Francisco Jaime Quesado (economista e gestor), Sílvia Dias (Savoy Signature), Duarte Leal da Costa (Ervideira), Ana Jacinto (AHRESP) Susana Mesquita (ISAG), Nuno Abranja (ISCE), Fernando J. Santos (GlobalSea & ShoreShore), António Paquete (economista), e Cristóvão Monteiro (CEIT).

Boas leituras!

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Edição Digital

Edição Digital: Nadim Habib, Mercados de Natal e Senegal

A última edição do Publituris, a primeira do mês de novembro, faz capa com uma entrevista a Nadim Habib, economista e professor da Nova SBE, que é um dos keynote speakers do 47.º Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

Publituris

A última edição do Publituris, a primeira do mês de novembro, faz capa com uma entrevista a Nadim Habib, economista e professor da Nova SBE, que é um dos keynote speakers do 47.º Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que vai decorrer entre 8 e 11 de dezembro, em Ponta Delgada, Açores.

Em entrevista ao Publituris, Nadim Habib fala sobre o crescimento do turismo nacional, cuja qualidade, diz, subiu “brutalmente” nos últimos anos, apesar de alertar que “é preciso construir mais ‘certezas’ e não navegar constantemente na incerteza”.

Para o economista e professor da Nova SBE, o setor deve aposta na “produtividade” e remunerar melhor os funcionários, defendendo que o facto de Portugal ter uma indústria de turismo forte não significa dependência, “desde que não dependa de baixos salários”.

Nesta edição, publicamos também um dossier especial sobre os Mercados de Natal que estão de volta um pouco por toda a Europa e apresentamos as propostas que os operadores turísticos e agências de viagens lançaram no mercado, com destaque ainda para os principais Mercados de Natal da Suíça e da Alemanha.

Na secção Destinos, publicamos uma reportagem sobre o país da “Teranga”. O Senegal, que foi um dos destinos em destaque na programação da Solférias para o verão de 2022, volta às propostas do operador turístico no próximo ano e o Publituris foi conhecer a oferta deste país, cuja oferta é vasta e mistura cultura, história, sol e praia e natureza.

Já em Transportes, saiba como estão as contas da TAP Air Portugal, que regressou aos lucros no terceiro trimestre do ano e cuja recuperação leva a CEO, Christine Ourmières-Widener, a elogiar o plano de reestruturação da companhia aérea e a acreditar que seja possível chegar ao fim de 2022 com um “bom resultado”.

Ainda sobre a aviação, publicamos também os mais recentes resultados de uma pesquisa da consultora Bain, que apurou que o transporte aéreo tem vindo a recuperar com o fim das restrições relacionadas com a COVID-19, ainda que existam outras ameaças que podem atrasar a tão esperada recuperação.

Além do Pulse Report, as opiniões desta edição são de Francisco Jaime Quesado (economista e gestor), Joaquim Robalo de Almeida (ARAC), António Paquete (economista) e Amaro F. Correia (docente da Atlântico Business School).

Leia a edição aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Edição Digital: Publituris Portugal Travel Awards 2022 e Mundial do Qatar

A mais recente edição do Publituris faz capa com os Publituris Portugal Travel Awards 2022, que foram entregues a 18 de outubro, numa cerimónia que teve lugar na Quinta da Pimenteira, em Lisboa, e que voltou a juntar o trade turístico nacional, depois de dois anos de interregno.

Publituris

A mais recente edição do Publituris, a última de outubro, faz capa com os Publituris Portugal Travel Awards 2022, que foram entregues a 18 de outubro, numa cerimónia que teve lugar na Quinta da Pimenteira, em Lisboa.

Conheça os vencedores da última edição dos prémios, assim como a personalidade que recebeu o Prémio Belmiro Santos, entregue diretamente pela redação do Publituris, e veja ainda a fotorreportagem sobre a festa, que voltou a juntar o trade turístico nacional, depois de dois anos de interregno.

Nesta edição, não perca também um artigo sobre o Mundial de Futebol de 2022, que vai decorrer no Qatar, entre 20 de novembro e 18 de dezembro. A competição, para a qual a seleção nacional de futebol se apurou, conta já com uma vasta oferta no mercado para levar os adeptos portugueses até este país do Médio Oriente, que promete surpreender os turistas nacionais.

Destaque também para um trabalho especial dedicado ao World Travel Market London (WTM), uma das principais feiras de turismo europeias, que vai decorrer na capital britânica, entre 7 e 9 de novembro. Não perca as sete entrevistas aos sete responsáveis pelas regiões de turismo de Portugal, que regressam à feira britânica para dar a conhecer a melhor oferta turística dos seus territórios.

Na secção Distribuição, leia ainda sobre a AREA Travel, agência de viagens que abriu em fevereiro deste ano e que faz do atendimento personalizado uma bandeira, enquanto em Transportes o destaque vai para a abertura da nova rota da easyJet entre Lisboa e Marraquexe, que arranca na segunda-feira, 31 de outubro, e em relação à qual a companhia aérea indica expetativas em alta.

Além do Check-in, as opiniões desta edição são de Sílvia Dias (diretora de Marketing da Savoy Signature), Jorge Sobrado (coordenador da Pós-Graduação em Comunicação Autárquica do ISAG), Paulo F. Cardoso (especialista em Segurança de Informação CISA), António Paquete (economista) e Pedro Castro (diretor da SkyExpert Consulting e docente no ISCE).

Leia a edição aqui.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Os vencedores dos Publituris Portugal Travel Awards 2022

A nova edição do Publituris destaca os Portugal Travel Awards, entregues no dia 18 de outubro, na Quinta da Pimenteira. Mas há mais: as principais conclusões da VI Cimeira da CTP, “Euvoo”, a última edição da SUTUS, entrevista WTM London e um dossier sobre os cruzeiros.

Publituris

A próxima edição do Publituris tem como destaque os vencedores dos Portugal Travel Awards 2022. Três anos após a última edição, os prémios levaram a eleição 104 nomeados em 15 categorias, havendo ainda lugar para a atribuição do Prémio “Belmiro Santos”.

Eis a lista dos vencedores:

Melhor Companhia de Aviação – Emirates
Melhor Rent-a-Car – Europcar
Melhor Operador Turístico – Solférias
Melhor Rede de Agências de Viagens – Viagens Abreu
Melhor Cadeia Hoteleira – Pestana Hotel Group
Melhor Hotel 5* – Six Senses Douro Valley
Melhor Hotel 4* – Hotel Vila Galé Collection Alter Real
Melhor Hotel 3* – Rio do Prado
Melhor Hotel Resort – Pine Cliffs Hotel, The Luxury Collection Algarve
Melhor Boutique Hotel – Valverde Hotel
Melhor Hotel de Cidade – M’AR de AR Muralhas
Melhor Hotel MICE – NAU Salgados Palace
Melhor Hotel de Praia – Sublime Comporta
Melhor Campo de Golfe – Dom Pedro Victoria Golf Course
Melhor Região de Turismo Nacional – Centro
Prémio Belmiro Santos – José Theotónio

Além deste destaque, esta edição faz ainda um balanço do que foi a VI Cimeira do Turismo, organizada pela Confederação do Turismo de Portugal (CTP). Políticos, dirigentes e empresários passaram pelo palco do evento para abordar o “Turismo e o Novo Mundo”. Foram unânimes de que o que aí vem não é bom sinal para a economia, e, consequentemente, para uma atividade tão importante como o Turismo.E como é uma incógnita, não há receitas prescritas.

Durante a cimeira houve, também, destaque para a história de 50 anos do grupo hoteleiro criado por Dionísio Pestana. Meio século depois da fundação, o grupo espera fechar este ano com 107 hotéis, mais de seis mil trabalhadores e com receitas recorde de 500 milhões de euros.

Na distribuição, fomos conhecer a proposta da “Euvoo”. Nascida em 2017, esta agência de vinagens, com sede em Coimbra, assegura que toda a gente pode viajar, em Portugal e pelo mundo, e vivenciar as experiências na sua plenitude, sem exceção, no âmbito de um turismo inclusivo.

A mais recente edição da SUTUS – Space & Underwater Tourism Universal Summit, que decorreu de 28 a 30 de setembro, voltou a abordar as novidades do turismo espacial e subaquático. Este ano, além da criação da agência espacial espanhola, falou-se de turismo lunar, hotéis espaciais e dos passeios subaquáticos que já se podem realizar nas Canárias e que, em breve, devem chegar a outras localizações em Espanha.

O “dossier” desta edição leva-nos ao universo dos cruzeiros que, após dois anos de pandemia, mostram-se otimistas em relação a 2023. Com a reabertura de grande parte dos destinos do mundo e o fim da maioria das restrições relacionadas com a pandemia, as expectativas estão em alta, assim como as reservas.

A menos de um mês do arranque do World Travel Market London 2022, tivemos à conversa com a nova diretora de uma das maiores feiras do mundo do turismo, Juliette Losardo, que admite que “as novas gerações escolhem as viagens de lazer com base na experiência e não simplesmente pelo destino”.

Além do Pulse Report, uma parceria entre o Publituris e a GuestCentric, as opiniões pertencem a Carlos Torres (jurista e professor da ESHTE), Jaime Quesado (economista e gestor), Ana Jacinto (AHRESP), João Neto Azevedo (mestre em Turismo) e Jorge Mangorrinha (pós-doutorado em Turismo), António Paquete (economista) e Gonçalo de Salis Amaral (Neves de Almeida).

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Edição Digital: merytu, sustentabilidade, Quadrante e Animação Turística

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

Publituris

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

Pensada em 2020 e lançada no ano passado, esta plataforma pretende facilitar o contacto entre quem emprega e quem procura emprego liberal e flexível. Apesar de ter uma especial incidência na hospitalidade, a merytu pretende abranger todo o turismo a nível nacional, entre outros setores de atividade em vista.

Nesta edição, saiba também o que está a fazer o operador turístico Quadrante, que decidiu mudar alguns paradigmas para estar mais próximo dos agentes de viagens, e conheça as conclusões a que chegou Cláudia Seabra, investigadora da Universidade de Coimbra, que foi estudar o impacto da COVID-19 na sustentabilidade no turismo.

Os Publituris Portugal Travel Awards estão a chegar e, por isso, os nomeados voltam a integrar esta edição, até porque a votação para eleger os vencedores termina já a 7 de outubro.

Até lá, ainda é possível votar nos 104 nomeados em 15 categorias que concorrem na edição deste ano e que serão conhecidos no dia 18 de outubro, a partir das 19h00, na Quinta da Pimenteira, em Lisboa. A votação está disponível aqui.

Nesta edição, publicamos ainda um dossier sobre animação turística, segmento que continua a encontrar vários constrangimentos e cuja recuperação continua a ser tímida. Integrada neste trabalho, está também uma entrevista ao presidente da APECATE, associação que representa o setor da animação turística, congressos e eventos, que se queixa dos parcos apoios destinados ao setor.

Além do Check-in, as opiniões desta edição são de Francisco Jaime Quesado (economista), Mafalda Almeida (professora do ISCE), António Paquete (economista) e Luiz S. Marques (investigador).

Leia a edição aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: O verão no Algarve, Minas Gerais, ProColombia, OMT e Surf

O verão no Algarve, entrevista ao secretário de Estado da Cultura e Turismo de Minas Gerais. Leônidas Oliveira, ProColombia, OMT e o surf são os temas desta segunda edição de setembro do Publituris.

Publituris

A segunda edição do mês de setembro do Publituris faz capa com o Algarve. Com o verão a fechar portas, o Publituris foi perceber como correu este período tão importante para o turismo em Portugal e, especialmente, para a região do Algarve. As expectativas eram altas e ao que nos confirmaram pode mesmo falar-se de um “regresso ao passado”.

Além de ouvir os agentes do setor da hotelaria no Algarve, entrevistámos, igualmente, João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve, e Helder Martins, presidente da Associação dos Hotéis e Emprendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

Nesta edição trazemos, igualmente, uma entrevista ao secretário de Estado da Cultura e Turismo de Minas Gerais. Leônidas Oliveira faz uma radiografia dos atrativos culturais e patrimoniais que ligam Portugal ao Estado brasileiro, salientando que “Minas Gerais não é só um destino para visitar, como também é um destino seguro para o investimento estrangeiro”.

Para ultrapassar os efeitos da pandemia, a Colômbia desenhou um plano de recuperação, que passa por liderar a reabertura da conetividade; promover o destino numa perspetiva de regiões turísticas; consolidar a sua posição como um centro internacional para eventos; posicionar o país como destino número um em termos de sustentabilidade; continuar com a transição do sistema de comercialização B2C; e apoiar a promoção de projetos de infraestruturas turísticas.

Inovação, educação, investimento e sustentabilidade são os grandes desafios da Organização Mundial do Turismo (OMT) para o futuro. Natalia Bayona, diretora de Inovação da OMT, destaca o papel das soluções digitais, referindo que a realidade aumentada ou a realidade virtual devem ser colocadas ao serviço do turismo.

Recordamos, igualmente, os nomeados para os Publituris Portugal Travel Awards 2022. São 104 nomeados em 15 categorias que serão conhecidos no dia 18 de outubro, a partir das 19h00, na Quinta da Pimenteira, em Lisboa. A votação está decorre até dia 7 de outubro.

No “Especial” apanhámos a onda do surf. Uma década depois do mundo ter descoberto as ondas grandes da Nazaré, o surf tornou-se num importante produto turístico que veio tornar mais ‘cool’ a imagem turística de Portugal e contribuir para diminuir a sazonalidade. Tal como no futebol há um antes e depois de Cristiano Ronaldo, também no turismo muita coisa mudou com o surf, que se tornou num verdadeiro ponta-de-lança capaz de promover o destino como nenhum outro além-fronteiras.

Além do Pulse Report do mês de agosto, numa parceria com a GuestCentric, as opiniões pertencem a Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP; Pablo Rueda, Sales & Partnerships Director da Selligent Iberia; Manuel Carvalho e Sousa, docente do ISAG; António Paquete, economista e consultor de empresas; e Eunice Duarte, professora no ISG.

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Enoturismo e abertura da votação para os “Portugal Travel Awards” 2022

A nova edição do Publituris faz capa com um dossier sobre Enoturismo, que está a crescer e cuja qualidade coloca Portugal no pódio das regiões vitivinícolas mais famosas do mundo. Saiba também como votar nos Publituris “Portugal Travel Awards 2022”, quais são os planos das Maurícias, como correu a operação da W2Fly e quais são as preocupações do rent-a-car.

Publituris

A nova edição do Publituris, a primeira de setembro e que marca o regresso das férias, faz capa com um dossier sobre Enoturismo, um tipo de turismo que está a crescer e cuja qualidade da oferta nacional coloca Portugal no pódio das regiões vitivinícolas mais famosas do mundo.

Além de um artigo sobre o estado do Enoturismo em Portugal, neste dossier publicamos também uma entrevista com Francisco Toscano Rico, presidente da CVR Lisboa, que volta a promover, em meados de setembro, o evento “Alma do Vinho”, este ano com novidades e um dia dedicado apenas a profissionais e outro a jornalistas.

Neste trabalho sobre Enoturismo, conheça igualmente as novidades que os protagonistas do Enoturismo têm vindo a lançar e fique a par das propostas para vindimar que existem de Norte a Sul do país.

A encerrar este dossier, publicamos ainda uma entrevista com Frederico Falcão, presidente da ViniPortugal, entidade que quer ser parceira na capacitação, qualificação e formação do Enoturismo, segmento que, segundo o responsável, é “altamente estratégico para Portugal”.

Em destaque, nesta edição, estão também os Publituris “Portugal Travel Awards” 2022, cuja votação arranca esta sexta-feira, 2 de setembro. Até 7 de outubro, é possível votar para escolher os vencedores da próxima edição dos prémios, que vão ser entregue a 18 de outubro, numa cerimónia a realizar na Quinta da Pimenteira, em Lisboa.

São 104 os nomeados divididos por 15 categorias, a que acresce o Prémio Carreira Belmiro Santos, entregue diretamente pela redação do Publituris. Para validar o voto é exigida a introdução do e-mail que terá de ser idêntico ao de registo na newsletter diário do publituris.pt. As votações estão disponíveis aqui.

Nesta edição, publicamos também um artigo sobre as Maurícias, arquipélago que é conhecido pelo Sol e Praia, mas que tem muito mais para oferecer e que quer atrair os novos turistas, mais sustentáveis e amigos do ambiente, incluindo os portugueses.

Saiba também como correu a operação para as Caraíbas da World2Fly (W2Fly), a companhia aérea do grupo World2Meet (W2M), que, este verão, disponibilizou ligações aéreas para Punta Cana, Varadero e Cancun, à partida de Lisboa, assim como para Punta Cana, desde o Porto.

Com a operação a terminar, Duarte Correia, Managing Director do grupo W2M para Portugal, faz um balanço da aposta e revela os planos para o próximo verão, que deverá contar com novos destinos nas Caraíbas e não só.

Na secção ‘Transportes’, publicamos ainda um artigo sobre o rent-a-car, que viveu um verão positivo, ainda que a ARAC – Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor se mostre preocupada com o futuro, principalmente devido ao impacto da conjuntura internacional, mas também de outros desafios que ameaçam o setor.

Nesta edição, além do Check-in, as opiniões são de Francisco Jaime Quesado (economista), António Paquete (economista) e Paulo Manso (SITEMA – Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves).

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Os nomeados dos Publituris “Portugal Travel Awards” 2022

Nesta edição do Publituris, o destaque vai para os nomeados dos Publituris “Portugal Travel Awards” 2022. São 104 nomeados em 15 categorias. Mas há mais: conclusões do estudo da TLN, turismo rural, Gerês, airBaltic e Pulse Report.

Publituris

A primeira, e única edição, de agosto do Publituris faz capa com os “Portugal Travel Awards” 2022, prémios que irão distinguir o que de melhor se fez (e continua a fazer) em 2021.

Três anos depois da última edição, os vencedores dos Publituris “Portugal Travel Awards” 2022 serão desvendados no dia 18 de outubro de 2022, numa cerimónia a realizar na Quinta da Pimenteira, em Lisboa.

São 104 os nomeados divididos por 15 categorias, a que acresce o Prémio Carreira Belmiro Santos, entregue diretamente pela redação do Publituris.

As votações, a realizar num site dedicado exclusivamente aos Publituris “Portugal Travel Awards” 2022, decorrerão de 2 de setembro a 7 de outubro de 2022.

Para validar o voto é exigida a introdução do e-mail que terá de ser idêntico ao de registo na newsletter diário do publituris.pt.

Os vencedores resultam de uma média ponderada entre os votos do júri (45%), assinantes do jornal Publituris (45%) e subscritores da newsletter diária (10%).

Mas há mais para ler nesta edição. A começar pelas conclusões de um estudo encomendado pela principal rede de agências de comunicação especializadas no setor do turismo e viagens, Travel Lifestyle Network (TLN). O estudo revela que, depois de dois anos de pandemia e o início de uma guerra na Europa, o desejo de viajar não diminui.

Portugal, ou melhor, os portugueses aparecem bem posicionados no que diz respeito ao interesse e desejo de viajar, com os resultados a indicarem que estão acima da média global. Contudo, o estudo conclui que a relação custo-benefício constitui, atual e futuramente, o principal fator na escolha de um destino de férias, com a preocupação dos preços, devida à inflação e aumento dos preços a pesar numa futura opção.

O “dossier” desta edição é dedicado ao Turismo Rural. Durante a pandemia, e Portugal não foi exceção, a procura de turistas nacionais e internacionais esteve mais centrada no turismo rural e de natureza, em territórios de interior e de baixa densidade. Esta tendência mantém-se, hoje que o mundo quase todo reabriu para as mil e uma motivações de fazer turismo? É um pouco esta resposta que queremos dar, com a opinião de vários intervenientes diretamente ligados ao turismo rural e de natureza.

No “dossier” contamos, igualmente, com entrevistas ao presidente da Casas Açorianas – Associação de Turismo em Espaço Rural, Gilberto Vieira, bem como a Sara Duarte, presidente da Associação Portuguesa de Turismo em Espaços Rurais e Naturais (APTERN).

O Publituris visitou, também, o Parque Nacional da Peneda-Gerês. A conjugação do verde da floresta, do azul da água, das cores da gastronomia e do som da tranquilidade continuam lá, e são a poção mágica para retemperar as forças e desligar-se completamente do rebuliço das grandes cidades.

Nos “Transportes” damos a conhecer a estratégia da ariBaltic. Satisfeita com o desempenho da rota entre Riga e Lisboa, que existe desde 2018, a airBaltic decidiu manter, este verão, os voos que ligam Portugal e a Letónia duas vezes por semana cujo resultado, indica a companhia aérea ao Publituris, em sido positivo, uma vez que a capital portuguesa é um destino que agrada aos turistas dos Países Bálticos.

Além do Pulse Report, parceria entre o Publituris e a GuestCentric para divulgar dados quantitativos do mercado de hotelaria independente em Portugal, as opiniões da única edição de agosto do Publituris pertencem a Jaime Quesado (economista), Sílvia Dias (Savoy Signature), João Caldeira Heitor (ISG), Joaquim Robalo de Almeida (ARAC), e António Paquete (economista).

Boas leituras, votos de umas excelentes férias. Voltamos em setembro!

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: A (in)decisão do aeroporto, Cabo Verde, DP Tours Plus e BTL 2023

A indefinição quanto ao novo aeroporto de Lisboa e as perdas daí resultantes, dossier Cabo Verde, os planos da DP Tours Plus, lançamento da BTL 2023, Check-in e opiniões compõem a última edição do Publituris para o mês de julho.

Publituris

A última edição do mês de julho do Publituris, faz capa com a “velha” questão da localização do aeroporto para a região de Lisboa. A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) apresentou, recentemente, um estudo realizado pela EY, que aponta não para a escolha de uma das localizações estudadas (e já lá vão 17), mas para as perdas que o setor do turismo e economia portuguesa sofrerão.

O cenário mais pessimista aponta para uma perda de receitas superior a 21 mil milhões de euros. Daí pedir-se urgência numa decisão.

Além disso, trazemos um dossier especial dedicado a Cabo Verde que, mais do que um destino, é o destino de férias dos portugueses. Sónia Regateiro, COO da Solférias fez uma viagem virtual por um destino onde existe uma oferta que vai para além do sol e praia.

Em entrevista, Jorge Spencer Lima, presidente da Câmara do Turismo de cabo Verde (CTCV), passa em revista os grandes desafios que se colocam aos empresários do país, admitindo que “a promoção no mercado português passa por uma maior agressividade e presença nos media como forma de se transmitir uma mensagem de um destino seguro e amigo do turista português”.

Marcos Rodrigues, presidente da Câmara do Comércio do Sotavento (CCS), por sua vez, admite-se “convicto” que Cabo Verde tem ainda um grande potencial por descobrir e que “é importante e há que fazer mais para atrair muitos mais portugueses na área do investimento”.

Para além dos produtos sol e mar, já sobejamente conhecidos em Cabo Verde, surge a necessidade de se divulgar outros locais com características que se enquadram nas novas tendências da procura turística. Neste contexto, Santo Antão tem forte potencial por causa das suas características singulares e tem dados passos com vista a tornar-se num grande destino de turismo de natureza e ambiental.

Finalmente, Carlos Salgueiral, administrador-delegado da Cabo Verde Airlines, admite que a companhia quer voltar a ser parceiro da operação turística em Portugal.

Nos “Transportes”, fomos conhecer a nova oferta da DP Tours Plus. Diamantino Pereira, fundador e diretor-geral da empresa, faz um balanço positivo do arranque e revelou alguns planos para o futuro que, apesar dos desafios, passam pelo crescimento.

No “Meeting Industry”, e após um regresso em 2022, a BTL do próximo ano pretende reforçar a aposta na internacionalização e deu a conhecer os melhores stands da última edição.

Além do “Check-in”, as opiniões pertencem a Carlos Torres (jurista e professor da ESHTE), Jaime Quesado (economista e gestor) e António Paquete (economista).

Boas Leituras!

Leia aqui a nova edição.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Os Meeting Forums, Turismo Religioso e os projetos da hotelaria em aberto

A primeira edição de julho do Publituris faz um balanço dos Meeting Forums e traz a fotoreportagem do evento. Também pode ler o que aconteceu nos X Workshops Internacionais de Turismo Religioso, os objetivos da Associação Ibérica de Turismo do Interior (AITI), bem como o dossier sobre os projetos na hotelaria e o balanço feito pela United Airlines.

Publituris

A primeira edição de julho do Publituris faz capa com um resumo dos Meeting Forums que juntaram, de 21 a 23 de junho, 17 buyers internacionais com 21 suppliers nacionais.

Além da fotoreportagem, ouvimos os participantes nacionais no evento que revelaram um grande otimismo para o presente ano. Certo é que o segmento MICE está em crescendo, com a procura a ser grande e a exigência por respostas rápidas a ser uma constante, mas para a qual a falta de recursos humanos constitui agora o grande desafio.

O Publituris também marcou presença nos X Workshops Internacionais de Turismo Religioso, em Fátima e na Guarda. Também aqui o otimismo reinou, mas todas as vozes enalteceram que a recuperação está a caminhar muito lentamente, até porque depende de turistas transcontinentais e de mercados que só agora estão a abrir às viagens internacionais.

Nasceu para unir os empresários, valorizar os recursos e aproximar os territórios da Raia no que ao turismo diz respeito, estruturar a oferta deste território comum, criando marcas fortes que coloquem essas regiões de fronteira no mapa turístico ibérico. Por isso, a Associação Ibérica de Turismo do Interior (AITI) tem por objetivos defender o turismo como setor criador de riqueza e sustentabilidade, com base nos seguintes princípios: unir, cooperar, colaborar, comercializar, ligar, sensibilizar, dar visibilidade, exigir, construir e tornar sustentável.

Esta edição traz, também, um “Check-in Especial” dedicado exclusivamente à temática do aeroporto para a região de Lisboa. Depois de anunciado não um, mas dois aeroportos pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o despacho foi revogado pelo primeiro-ministro, António Costa, pelo quisemos ouvir a opinião dos membros do Conselho Editorial do Publituris sobre esta matéria.

O “Pulse Report”, uma parceria entre o Publituris e a GuestCentric, mostra os dados relativos ao mês de junho, revelando que o “Pick-up” está a desacelerar, mantendo-se, contudo, acima de 2019. O “report” revela ainda dados relativos ao preço médio, procura por datas, cancelamentos, canais e mercados.

Os projetos da hotelaria são o tema do dossier desta edição. Portugal tem, até 2026, mais de 200 projetos de hotelaria em pipeline e, apesar da mudança de conjuntura internacional e do aumento da inflação e dos custos, a grande maioria dos projetos parece manter-se de pedra e cal. Apesar de alguns atrasos, as perspetivas são positivas e muitos dos novos hotéis previstos devem mesmo abrir portas nas datas anunciadas.

Nos “Transportes”, a United Airlines faz um balanço positivo das rotas portuguesas. Ao Publituris, a companhia aérea dos EUA destaca a aposta nos Açores e na rota entre Lisboa e Nova Iorque/Newark, que passou a contar com um avião maior desde março, reforçando a “importância desta rota e de Portugal como destino na rede” da companhia.

As opiniões desta edição pertencem a Jorge Catarino (ISCTE), Pedro Castro (SkyExpert) e António Paquete (economista).

Boas leituras!

Leia aqui a nova edição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Turismo de Compras, Vê Portugal e Costa Cruzeiros

A nova edição do Publituris, a última dos mês de junho, faz capa com um dossier sobre Turismo de Compras, um tipo de turismo que, apesar dos poucos dados disponíveis, tem despertado o interesse das entidades que tutelam o turismo em Portugal.

Publituris

A nova edição do Publituris, a última dos mês de junho, faz capa com um dossier sobre Turismo de Compras, um tipo de turismo que, apesar dos poucos dados disponíveis, tem despertado o interesse das entidades que tutelam o turismo em Portugal.

Identificado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) como um segmento estratégico e com forte potencial de crescimento nos próximos anos, o Turismo de Compras tem vindo a crescer, ainda que seja necessário posicionar o país neste segmento e promover o destino junto do público que procura este tipo de turismo.

Nesta edição, publicamos também a reportagem do Vê Portugal: Fórum de Turismo Interno, que voltou a ser promovido pela Turismo Centro de Portugal, entre 6 e 9 de junho. Tomar foi a cidade que recebeu o evento, onde se debateu o futuro do turismo, com foco no futuro, na inovação e digitalização, mas sem esquecer as pessoas.

Depois da 8.ª edição do Vê Portugal, a Turismo Centro de Portugal admite que, devido ao sucesso da iniciativa, este debate pode vir a extravasar as fronteiras da região e tornar-se um evento de âmbito nacional.

Conheça também como está o orçamento dos portugueses para as férias de verão. O mais recente Barómetro Anual de Férias de verão da Europ Assistance apurou que os portugueses estão entre os turistas que mais pretendem aumentar o orçamento para as férias deste verão e que, apesar do país se manter como o destino preferido dos turistas nacionais, há cada vez mais procura por férias no estrangeiro.

Na secção ‘Transportes’, saiba como está a TAAG – Linhas Aéreas de Angola a preparar a privatização parcial, que deverá acontecer nos próximos anos. Depois da COVID-19, que afetou profundamente a companhia aérea de bandeira angolana, a TAAG já retomou a sua operação para vários destinos e está agora focada na reestruturação da empresa, com vista à sua privatização parcial.

Nos ‘Transportes’ o destaque vai, no entanto, para a reportagem sobre o cruzeiro da Costa que o Publituris foi fazer entre 29 de maio e 5 de junho, num dos dois itinerários que a companhia de cruzeiros disponibiliza entre a ‘Turquia e Grécia’.

Além de oferecerem praia e cultura, estes novos itinerários da Costa Cruzeiros contam com a vantagem de permitirem voo direto até Istambul, porto de partida do Costa Venezia – navio que realiza os itinerários -, graças às ligações diárias e diretas da Turkish Airlines, desde Lisboa e Porto. A facilidade dos voos tem atraído muitos cruzeiristas lusos, até porque, a bordo, já tudo voltou praticamente ao normal, depois da COVID-19.

Leia a edição aqui.

Boas leituras!

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.