Mercado interno reduz apenas 5% no alojamento turístico em agosto

Por a 1 de Outubro de 2020 as 15:48

Em agosto de 2020, o setor do alojamento turístico deverá ter registado 1,9 milhões de hóspedes e 5,1 milhões de dormidas, correspondendo a variações de -43,2% e -47,2%, respetivamente (-64,0% e -68,1% em julho, pela mesma ordem).

De acordo com a estimativa do Instituto Nacional de Estatística revelada esta quinta-feira, as dormidas de residentes terão diminuído 2,4% atingindo 3,4 milhões, representando 65,9% do total, enquanto em julho as dormidas dos residentes decresceram 30,8%. Já no que refere aos não residentes, as dormidas registaram uma diminuição de 72% (-84,5% no mês anterior), situando-se em 1,7 milhões.

O INE aponta ainda que os hóspedes residentes terão sido 1,3 milhões, o que se traduz num decréscimo de 4,7% (-31,9% em julho) e os hóspedes não residentes terão atingido um total de 589 mil, recuando 70,1% (-83,4% no mês anterior).

Quanto às regiões, o Alentejo estima-se que tenha continuado a apresentar a menor diminuição no número de dormidas, face ao mês homólogo, apresentando uma descida de 15,1% (-26,2% no mês anterior) comparativamente com as outras regiões nacionais. O INE faz destaque para os crescimentos das dormidas de residentes no Algarve (+9,0%), Alentejo (+4,0%) e Centro (+1,1%) no período em questão.

O último indicador analisado constata que a totalidade dos principais mercados emissores manteve decréscimos expressivos em agosto (superiores a 50%), embora menores que no mês precedente (superiores a 65% em julho).

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *