Nortravel: “A estratégia do nosso grupo foi ganhadora”

Por a 27 de Fevereiro de 2020 as 12:30

Quase dois anos depois da aquisição da Nortravel por parte do Grupo Ávoris, o posicionamento do operador turístico continua a ser o mesmo no mercado, o que se tem reflectido no contínuo crescimento a dois dígitos que verificou em 2019.

Nuno Aleixo, director da Nortravel, à margem da apresentação da programação para este ano, realçou que aquele que poderia ser um ano atípico, pela integração no Grupo Ávoris, acabou por ser revelar um ano normal dentro da operação da Nortravel com um crescimento a dois dígitos. Este resultado “comprova que as pessoas são as mesmas na Nortravel, tudo se manteve”. Para o responsável, a “estratégia do nosso grupo, do Grupo Ávoris em Portugal foi ganhadora no sentido em que apostaram numa marca de forte presença no mercado para se implementarem ainda mais como grupo”.

Recentemente, o site da Nortravel adoptou o sistema utilizado pelos restantes operadores turísticos do grupo, uma integração que não está a ser tão célere quanto o expectável mas que se prevê a sua conclusão no mês de maio. “Estes processos são mais demorados. (…) Tomou-se uma decisão de ter no momento os dois sites [antigo e o novo] a conviver até maio e, entretanto, nesse mês é desligado o antigo, pois os produtos com saída até 31 de maio vão estar no antigo, os produtos com saída a partir de dia 1 de junho estão disponíveis para reserva no novo site”, explicou. “Estamos muito felizes por termos lançado um site e notamos realmente uma maior procura dos nossos produtos a partir do verão”, frisou. No final da próxima semana, já vão estar carregados os novos produtos pelo operador turístico, mas também pela Jade Travel, que vai contar em breve também com um novo site onde disponibilizará a sua oferta.

Novidades

Conhecida sobretudo pelo conceito dos seus circuitos, a Nortravel apresenta algumas novidades neste campo. Uma delas é o circuito Islândia dos Deuses. “Finalmente conseguimos apresentar uma solução para a Islândia, um circuito Tudo Incluído no país, de seis noites e sete dias, porque as ligações aéreas desde Portugal  já começam a ter condições para fazer grupos”, esclareceu. O circuito chega a Reikjavik à saída de Lisboa com a Finnair, via Helsínquia.

“A grande novidade da Nortravel ao nível do conceito de circuitos, será o circuito de Cuba”, indica, descrevendo que se trata de um circuito com guia em português, com partidas semanais, em grupos entre 20 a 25 passageiros, com três noites em Havana, duas noites em Cienfuegos e duas noites em Varadero.

Em Itália, a Nortravel apresenta também um novo circuito – Sul de Itália – Terra de Mezzogiorno – que aproveita o voo directo da TAP para Nápoles.

E ainda a Turquia, para onde o operador retomou a sua operação própria no destino, com circuito exclusivo Nortravel.

Quanto à oferta pura de praia, a Nortravel acrescenta à oferta do ano passado de Lisboa-Sal e Lisboa-Boavista, as operações Porto-Boavista e Porto-Sal, em voos Orbest, com um A320 de 180 lugares em parceria com o operador turístico Soltour, duplicando assim a sua oferta para o arquipélago cabo verdiano.

No que diz respeito à oferta do operador turístico Jade Travel, “a grande novidade será Sharm El Sheikh, para onde vamos ter o voo directo de Lisboa – Sharm El Sheikh, com a Star East Airline, a sair à segunda-feira ao final do dia”. Os horários da operação vão permitir que os passageiros aproveitem as sete noites no destino e a operação acontece de 8 de junho a 14 de Setembro.

Montenegro integra também a oferta da Jade Travel. No destino, o operador conta com propostas de circuitos, ‘fly & drive’ e combinados, num voo com a Montenegro Airlines desde Lisboa de 22 de junho a 14 de Setembro, às segundas-feiras.

“Vamos complementar com a Albânia que está a ser um destino também procurado”, realça. Esta operação realiza-se desde o Porto de 29 de junho a 24 de agosto também às segundas-feiras, com uma paragem técnica em Dubrovnik.

Na oferta de charters, acresce ainda a já habituais operações para Djerba, Hammamet e Monastir na Tunísia, Malta e Dubrovnik, na Croácia.

Expectativas

Depois de um ano com um crescimento a dois dígitos, as expectativas de Nuno Aleixo já são menos optimistas e o responsável prevê mesmo que este seja um ano atípico, sobretudo devido aos últimos acontecimentos da propagação do coronavírus. “Estamos a sentir impacto sobretudo agora para o período da Páscoa”, indica, referindo que dificilmente se vai poder recuperar atempadamente para ter uma operação com os mesmos resultados do ano anterior. Itália é um dos destinos chave do operador turístico nesta altura do ano e um dos que tem registado maior número de infectados pelo coronavírus, apesar de nenhum dos circuitos da Nortravel passar nos locais mais complicado “as pessoas já ficam com receio de viajar em Itália toda”. Quanto às reservas para o verão, o director da Nortravel admite que se sente “uma quebra na procura de viagens, porque neste momento as pessoas estão na expectativa”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *