Buçaco recebeu mais de 284 mil visitantes em 2017

Por a 14 de Agosto de 2018 as 16:47

A Mata do Buçaco recebeu mais de 284 mil visitantes em 2017, um novo recorde de entradas, que ficaram 14% acima do registado em 2016, avança a Lusa, que cita a Fundação Mata do Buçaco (FMB).

“O ano de 2017 foi absolutamente excecional, com muitos indicadores positivos”, disse o presidente da Fundação Mata do Buçaco, António Gravato, acrescentando que os números do ano passado estão em linha com a tendência de crescimento de visitantes nos últimos três anos.

A grande maioria dos visitantes chegaram ao Buçaco de automóvel, já que o recinto florestal contabilizou a entrada de 37.014 veículos ligeiros em 2017, mais 4.071 viaturas do que no ano anterior.

Os portugueses continuam a estar em maioria entre os visitantes da Mata do Buçaco, seguidos dos visitantes provenientes de França, Espanha e Israel, já que o Buçaco possui a única via-sacra no Mundo à escala de Jerusalém, bem como Alemanha e Brasil.

Além destas nacionalidades, que foram as mais significativas entre os 284 mil visitantes contabilizados, os serviços da FMB registaram também entradas de turistas provenientes de mercados menos tradicionais, como Singapura, Paraguai, Uruguai, Chile, Colômbia, Senegal e Macau.

“Temos vindo a registar nos últimos três anos um constante crescendo de procura por parte do público nacional e sobretudo internacional. Tem também havido um aumento significativo de visibilidade e notoriedade. Estamos no bom caminho. Sentimos que conseguimos fazer justiça ao Buçaco, colocando-o no mapa'”, congratula-se António Gravato.

A Mata do Buçaco é um recinto florestal com 105 hectares, localizada na Mealhada,  e cujo conjunto monumental apresenta um núcleo central formado pelo Palace Hotel do Buçaco e pelo Convento de Santa Cruz, a que se juntam as ermidas de habitação, as capelas de devoção e os Passos que compõem a Via-Sacra, a Cerca com as Portas, o Museu Militar e o monumento comemorativo da Batalha do Buçaco.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *