Lowcostbeds.com chega a Portugal

Por a 12 de Julho de 2013 as 12:00

A lowcostbeds.com é uma das plataformas que mais tem crescido nos últimos tempos, estando agora disponível em Portugal com um novo site criado para as agências portuguesas, isto depois da “implantação bem-sucedida em dez de 35 países em todo o mundo.”

“As agências de viagens portuguesas já podem se registar-se on-line e aceder a cerca de 150.000 hotéis disponíveis através da Lowcostbeds e criar uma viagem de baixo custo à medida do cliente. A Lowcostbeds vai permitir aos agentes criar seus próprios pacotes de férias de baixo custo para os clientes que pretendem viajar para uma ampla gama de destinos, e querem adicionar hotéis de baixo custo para sua viagem. O novo modelo de negócios progressivo da Lowcostbeds ‘oferece uma vasta selecção de hotéis exclusivos e promoções nos principais destinos, incluindo a América Latina, uma grande variedade de destinos europeus de praia e em varias cidades europeias”, informa comunicado do grupo.

Para Gloria Cogollos, gerente de vendas Sul da Europa: “Estamos muito satisfeitos em lançar lowcostbeds em Portugal. Graças aos nossos serviços únicos, as agências têm agora a capacidade de criar a viagens de baixo custo ideal para seus clientes. Temos um call-center composto por colaboradores bem treinados, em Inglês e Português, que podem responder a pedidos específicos dos agentes de viagens. ”

De referir que a Lowcostbeds agora tem mais de 20 mil agências de viagens registadas na Europa, “resultado do nosso crescimento de três dígitos no mercado europeu. lowcostbeds.com é propriedade da lowcosttravelgroup, que tem vendas de mais de 600 milhões de dólares (427 milhões de euros).”

Fundado em 2004, no Reino Unido, a plataforma tem ao dispor das agências de viagens hotéis de baixo custo e transferes. “A Lowcostbeds oferece aos agentes cerca e 150.000 hotéis em todo o mundo tanto através de contracto directo com os hotéis, como através do uso de integração XML ao vivo com vários fornecedores”, conclui a nota.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *