Assine já
ucrânia
Ryanair reduz perdas e estima ultrapassar tráfego pré-pandemia no próximo ano

No último ano fiscal, a Ryanair reduziu o prejuízo em 56,4%, aumentou o volume de negócios em 193% e registou uma “forte recuperação” do tráfego, ainda que só em 2023 conte ultrapassar o valor pré-pandemia.

Setor do Turismo e Viagens une-se globalmente no apoio à Ucrânia

O WTTC salienta que o universo do turismo e viagens disponibilizou, globalmente, o seu apoio às vítimas do conflito na Ucrânia. Entre hotéis abertos, cruzeiros, companhias aéreas, operadores turísticos, a ajuda tem permitido aliviar (dentro do possível) o sofrimento de quem se encontra na Ucrânia.

Viagens aéreas registaram “forte recuperação” em fevereiro e sem “grande impacto” da guerra na Ucrânia

De acordo com os dados da IATA, em fevereiro, o aumento das viagens aéreas chegou aos 115,9%, ainda que, em comparação com o período pré-pandemia, se continue a registar um decréscimo de 45,5%.

OMT: Turismo recupera em janeiro mas espera maior incerteza por causa da guerra na Ucrânia

Segundo a OMT, em janeiro, houve mais 18 milhões de turistas a viajar do que em janeiro de 2021, o que equivale ao crescimento registado ao longo de todo o ano passado. Por isso, a preocupação agora é com o impacto económico da guerra na Ucrânia.

Madeira espera ocupação superior a 85% na Páscoa

O secretário regional de Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, estima que, no mês em que se assinala a Páscoa, a ocupação ultrapasse os 85% e diz que a guerra na Ucrânia abrandou as reservas, mas não levou a cancelamentos.

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.