Edição digital
Assine já
PUB
Agenda

10º Festival do Vinho do Douro Superior regressa a Foz Côa

O Festival do Vinho do Douro Superior regressa em 10ª edição em Vila Nova de Foz Côa, entre os dias 26 e 28 de maio. O objetivo é afirmar a identidade da região neste setor.

Publituris
Agenda

10º Festival do Vinho do Douro Superior regressa a Foz Côa

O Festival do Vinho do Douro Superior regressa em 10ª edição em Vila Nova de Foz Côa, entre os dias 26 e 28 de maio. O objetivo é afirmar a identidade da região neste setor.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
MSC Cruzeiros vai ter 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal no inverno 2024-2025
Transportes
Portugal entre os destinos com melhor performance em 2023, dizem dados da UN Tourism
Destinos
GoldenPark: A Nova Casa de Apostas em Portugal
Sabia que a Betclic Também Tem Jogos de Casino
Conheça a Secção de Desporto da Betclic
Porto e Norte de Portugal vai ter maior participação de sempre na BTL
Destinos
Algarve leva experiência imersiva pela região à BTL
Destinos
Booking.com e TAP com melhor reputação em 2024
Turismo
França marca presença sem precedente na BTL com a sua delegação “French Travel Tech”
Praia da Falésia ganha prémio “Travellers’ Choice” do Tripadvisor como “Melhor praia do Mundo”
Destinos

O certame, que pretende ser uma mostra de vinhos e produtos regionais exclusivamente do Douro Superior, considerado já uma referência do calendário dos grandes eventos vínicos do país, irá realizar-se entre 26 e 28 de maio, no EXPOCÔA – Centro de Exposições de Vila Nova de Foz Côa.

O evento que irá contar, este ano, mais de 90 expositores, tem a abertura oficial agendada para o dia 26 de maio pelas 18 horas, com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e do presidente do Município de Foz Côa, João Paulo Sousa.

Organizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa, este festival tem contribuído para a afirmação da identidade do Douro Superior e todos os anos tem registado um aumento significativo de expositores, fruto do crescimento e do interesse de produtores de outras regiões que têm vindo a instalar-se na região, indica a organização em nota de imprensa.

Do programa do evento, fazem parte provas comentadas, concurso de vinhos, colóquio, mostra de produtos da região e animação musical.

O ‘Concurso de Vinhos do Douro Superior’, um dos pontos altos do festival, reunirá um júri composto por jornalistas, bloggers especializados, profissionais da restauração, garrafeiras, e distribuição que, na ocasião, avaliam cerca de centena e meia de vinhos, entre brancos, tintos e vinhos do Porto, numa prova que todos os anos se destaca considerando a qualidade das amostras apresentadas.

Os participantes no festival encontram, ainda, expositores de vinhos e produtos da região para venda e tasquinhas, que podem ser visitados nos três dias do evento.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
MSC Cruzeiros vai ter 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal no inverno 2024-2025
Transportes
Portugal entre os destinos com melhor performance em 2023, dizem dados da UN Tourism
Destinos
GoldenPark: A Nova Casa de Apostas em Portugal
Sabia que a Betclic Também Tem Jogos de Casino
Conheça a Secção de Desporto da Betclic
Porto e Norte de Portugal vai ter maior participação de sempre na BTL
Destinos
Algarve leva experiência imersiva pela região à BTL
Destinos
Booking.com e TAP com melhor reputação em 2024
Turismo
França marca presença sem precedente na BTL com a sua delegação “French Travel Tech”
Praia da Falésia ganha prémio “Travellers’ Choice” do Tripadvisor como “Melhor praia do Mundo”
Destinos
PUB
Agenda

Conheça o programa completo da “Visit Portugal Conference 2024”

O Turismo de Portugal organiza, pelo segundo ano consecutivo, a “Visit Portugal Conference”. Este ano, sob o mote “Global Tourism Insights”, o dia será preenchido por várias partilhas.

Publituris

A 27 de fevereiro, a partir das 09h00, Lisboa acolhe a “VisitPortugal Conference 2024”, uma iniciativa do Turismo de Portugal que decorre na Sala Tejo, MEO Arena e que visa refletir e discutir sobre as mais recentes oportunidades nos mercados internacionais, segmentos e tendências no turismo, contando com a participação de reputados oradores, nacionais e internacionais.

Sob mote Global Tourism Insights, a partilha de conhecimento, de experiências e de visões diferenciadoras incidirá em tópicos relevantes para a internacionalização das empresas e das marcas turísticas.

O Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, abrirá a Conferência com uma intervenção relacionada com a internacionalização do turismo e das suas empresas.

Fica aqui o programa completo que poderá consultar, igualmente, em https://visitportugalconference.pt/

09h00
Sessão de Abertura – António Costa Silva, Ministro da Economia e do Mar

09h15
Travel Trends – Dirk Herbert, Global Head of Thought-Leadership, Dentsu

FUTURO: COMO MARCAR UM DESTINO?

09h45
Estados Unidos: Insights do Ocidente
Celina Tavares, Diretora, Turismo de Portugal nos EUA
Oleg Kravets, Global Head of Commercial, Analytics and AI @TTC
Moderação: Mafalda Anjos, Jornalista

10h05
Japão e Coreia do Sul: Insights do Oriente
Inês Queiroz, Diretora, Turismo de Portugal no Japão / Coreia do Sul
Kim Jaewon, Jornalista, Nikkei Asia
Moderação: Mafalda Anjos, Jornalista

10h25
Como se constrói uma marca internacional com sucesso?
Lapo Elkann, Director Brand Promotion, FIAT Group

10h55
Coffee Break

MAR: O QUE NOS UNE

11h15
Brasil: o Mar que nos Une
Bernardo Cardoso, Diretor, Turismo de Portugal no Brasil
Fernando Mattar, Jornalista, Band TV
Moderação: Mafalda Anjos, Jornalista

11h35
Reino Unido: o Mar que nos Une
Cláudia Miguel, Diretora, Turismo de Portugal no Reino Unido
Daniel Manley, Big Blue Adventures
Moderação: Mafalda Anjos, Jornalista

GASTRONOMIA: IDENTIDADE E EXPERIÊNCIA TURÍSTICA

11h55
Uma estratégia para um ativo turístico de excelência
Lídia Monteiro, Vogal do Conselho Diretivo do Turismo de Portugal

12h10
Insights das Gastronomias Europeias
Jean-Pierre Pinheiro, Diretor, Turismo de Portugal na França
Marcelo Rebanda, Diretor, Turismo de Portugal na Itália
Maria de Lurdes Vale, Diretora, Turismo de Portugal na Espanha
Moderação: Mafalda Anjos, Jornalista

12h40
Do ativo à experiência turística
Sheree Mitchell, Presidente, Immersa Global

13h00
Almoço Livre

14h30
Abertura – Carlos Abade, Presidente, Turismo de Portugal

14h45
Conversas em torno da Inteligência Artificial (Demo Apple Vision Pro)
Rui Gidro, Sócio, Deloitte Portugal

TERRITÓRIO: DEIXAR A PEGADA CERTA

15h15
Alemanha: deixar a pegada certa
Oliver Zahn, Chairman of the DRV Outbound Tourism Committee
Bianca Wilkens, Jornalista na FVW
Moderação: Victor Jorge, Publituris

15h35
Nórdicos e China: Digitalização, evolução e o impacto nos destinos
Stig Sommerfeldt Kaspersen, Diretor, Turismo de Portugal nos Países Nórdicos
Tiago Brito, Diretor, Turismo de Portugal na China
Moderação: Carina Monteiro, T-News

15h55
Países Baixos: Experienciar um destino, a sua cultura e natureza
Susana Cardoso, Diretora do Turismo de Portugal nos Países Baixos e Bélgica
Anne Middelkamp, Ardanza Reizen

16h15
O aliado ESG na internacionalização das empresas
Sofia Santos, Sustainability Champion in Chief in Systemic

16h45
Sessão de Encerramento – Nuno Fazenda, Secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

Publituris co-organiza conferência dedicada ao Enoturismo na BTL

O jornal Publituris co-organiza uma conferência dedicada ao universo do Enoturismo. Segmento cada vez mais importante na promoção de Portugal a nível internacional e vital na diferenciação que se quer para o destino, a conversa está marcada para dia 29 de fevereiro, na BTL, a partir das 16h30.

Publituris

“Enoturismo – Um mundo de experiências” é o título da conferência que o jornal Publituris co-organiza em parceria com a Bolsa Turismo de Lisboa – BTL 2024, no próximo dia 29 de fevereiro, a partir das 16h30, no Auditório AVK.

Convidados para esta conferência estão Lídia Monteiro, vogal do Conselho Diretivo do Turismo de Portugal; Pedro Valle Abrantes, Managing Partner da TryPor; Alexandra Leroy Maçanita, Events & Wine Tourism Manager da Fita Preta; Luís Santos, General Manager do Palácio Ludovice Wine Experience Hotel; e Ana Maria Lourenço, Public Relations do World of Wine (WoW).

Segundo dados do Turismo de Portugal, recolhidos no final de 2022, existem cerca de 458 unidades de Enoturismo, cujo concentração é maioritariamente no Norte, Centro e Alentejo.

A origem dos visitantes destas unidades é, na sua maioria, internacional (54,7%), com maior destaque para os EUA e o Brasil, que lideram o Top com uma quota de 19,2% e 16,1% respetivamente, seguidos dos mercados europeus do Reino Unido, Alemanha e França.

A UN Tourism (nova designação da OMT – Organização Mundial do Turismo) já identificou o Enoturismo como um pilar relevante para os países que possuem uma forte componente ligação ao universo do vinho, sendo este, também, um dos segmentos que o Turismo de Portugal tem vindo a promover interna, mas fundamentalmente, a nível externo.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

Porto e Terceira recebem GLEX Summit 2024

Portugal volta a ser o palco da maior cimeira de exploradores do mundo. Com início no Porto, a Global Exploration Summit (GLEX Summit) segue viagem para a ilha Terceira, nos Açores.

Victor Jorge

Entre os dias 15 e 19 de junho, a Global Exploration Summit (GLEX Summit) volta a reunir a elite da exploração em Portugal e, desta vez, a cidade do Porto acolhe o programa do primeiro dia da cimeira que reúne a elite mundial de exploradores e cientistas. Depois da estreia na Invicta, a GLEX Summit viaja, pelo segundo ano consecutivo, até à ilha da Terceira, para mais dois dias de partilha de algumas das mais extraordinárias histórias da exploração e ciência associadas ao Espaço, Oceanos e conservação do Planeta.

Organizada pela Expanding World, com a chancela e curadoria do The Explorers Club, a GLEX Summit estreia-se na cidade do Porto, a 15 de junho, com a GLEX Ignition Session. O dia inaugural da quinta edição da cimeira vai ser totalmente dedicado à evolução da exploração espacial. Nos dias 18 e 19 de junho, com sessões abertas ao público, a GLEX Summit regressa aos Açores com um programa inspirador onde vão ser partilhadas as mais recentes descobertas, as tecnologias mais inovadoras e as novas missões que estão a revolucionar o futuro do planeta.

Sob o mote “What’s Next?”, um dos destaques da edição deste ano vai ser dedicado à revolução da próxima década de exploração lunar, com destaque para a missão Artemis, que vai levar uma tripulação de astronautas a pisar a Lua, pela primeira vez, desde 1972, incluindo a primeira mulher.

Esta missão da NASA representa um ponto de viragem na consolidação da exploração espacial, já que para além de pretender abrir portas para futuras missões, tem como grande objetivo estabelecer uma presença humana sustentável e duradoura na Lua.

A Alfândega do Porto e o Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo vão ser o palco onde a linha da frente dos exploradores e cientistas vão apresentar e partilhar as descobertas mais recentes, as mais recentes tecnologias e as futuras missões que estão a revolucionar o futuro do Espaço, dos Oceanos e do Planeta.

E como as alterações climáticas também ditam o futuro, este vai ser outro tema em grande destaque na GLEX Summit, onde vai ser abordado o papel do Espaço e dos Oceanos para a recolha de dados que permitam investigar e mitigar os efeitos dessas alterações.

Manuel Vaz, responsável da Expanding World salienta o “orgulho e privilégio” de trazer para Portugal o maior encontro de exploradores do nosso planeta. “O GLEX Summit 2023 foi uma experiência inspiradora e enriquecedora que nos trouxe a linha da frente de exploradores em todas as áreas, desde o Alasca até a floresta Amazónica, incluindo os oceanos e os confins do espaço. Para além dos oceanos e da conservação da natureza, um dos tópicos em foco desta edição é a próxima década na lua com a missão Artemis que levará os primeiros europeus à Lua”, refere Manuel Vaz.

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos
Agenda

ALTS Madeira já esgotado

A primeira edição do Access Luxury Travel Show (ALTS) na Madeira já esgotou a capacidade disponível para expositores.

Publituris

A primeira edição do Access Luxury Travel Show (ALTS) na Madeira, que ocorrerá de 14 a 17 de fevereiro, já esgotou a capacidade disponível para expositores. Este evento exclusivo, que será realizado pela primeira vez na ilha da Madeira, reunirá um grupo seleto de expositores regionais, nacionais e internacionais, e mais de 40 buyers internacionais especializados no segmento de viagens de luxo.

Os compradores, criteriosamente selecionados e convidados, estão entre os melhores designers de viagens de luxo do mundo. Vão ter a oportunidade única de estabelecer parcerias durante as sessões de networking B2B e de descobrir ou redescobrir as maravilhas que a Madeira tem a oferecer neste segmento exclusivo.

Entre os expositores confirmados, destacam-se os parceiros especiais desta edição do ALTS – o Turismo da Madeira, o Hotel Savoy Signature Madeira, que vai sediar o evento, e a INSIDER Luxury DMC Madeira, que organiza todo o programa para os visitantes.

A lista inclui também marcas de renome na indústria de alojamento como a Barceló Hotels and Resorts, Bomporto Hotels, Editory Hotels Collection, Porto Bay Hotels & Resorts, Reid’s Palace by Belmond, VidaMar Hotels & Resorts, 1905 Zino’s Palace, além de Creta Maris Resort e Santo Collection Resorts & Villas (Grécia), GF Victoria (Espanha), METT Hotel & Beach Resort Marbella (Espanha), Maxx Royal Resorts (Turquia), Meliá Hotels International Luxury Brands, Royal Hideaway Hotels, The St. Regis Maldives Vommuli Resort (Maldivas) e The Lux Collective. A presença dos cruzeiros de luxo da Silversea, DMCs como Bliss Maldives DMC (Maldivas), Going2Italy DMC (Itália), HL Adventure DMC (Islândia e Noruega), a app VAMOOS Travel e o Turismo das Seychelles enriquece ainda mais o evento.

“Estamos muito satisfeitos com a extraordinária procura de espaço por parte dos expositores para o ALTS na Madeira, que superou todas as nossas expectativas e praticamente esgotou o espaço disponível. Quanto aos buyers, também estamos quase a alcançar o limite dos lugares disponíveis, que foram exclusivamente por convite”, explica Daria Mironova, Head of Business Development da ALTS.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

Estratégia do município para o futuro sustentável do destino Porto é apresentada terça-feira

É já na terça-feira, dia 16 de janeiro, que o município apresenta o Mapa de Visão para o Futuro Sustentável do Destino, numa sessão que terá lugar pelas 9 horas, na Casa da Música da cidade.

Publituris

Centrado na aposta na Visão para o Futuro Sustentável do Destino Porto, o município lança, agora, um mapa que procura ser um documento orientador das estratégias, desafios e principais tendências do setor do turismo na cidade.

O “Yours Truly, Porto” é apresentado esta terça-feira, 16 de janeiro, a partir das 9 horas, na Casa da Música, durante o BOOST – Building Better Tourism, encontro internacional do setor, organizado pelo NEST – Centro de Inovação do Turismo.

A sessão contará, para além da participação da vereadora do Turismo e Internacionalização da Câmara Municipal do Porto, Catarina Santos Cunha, com a presença do secretário de Estado para o Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, do presidente do Turismo Porto e Norte, Luís Pedro Martins, do presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade, e do diretor executivo do NEST, Roberto Antunes.

De acordo com nota de imprensa da autarquia, o “Yours Truly, Porto” é um documento aberto à cidade, colaborativo, dinâmico e orgânico, que reflete sobre as estratégias, os desafios e as principais tendências do setor do turismo na cidade, realçando ainda que este mapa pretende dar a conhecer, de forma intuitiva e transparente, a estratégia do município para o futuro sustentável do destino Porto.

Mostrar o Porto como uma cidade de e para todos – para viver, visitar, trabalhar, estudar ou investir – potenciando a sua coesão, diversidade e equilíbrio, é a principal missão deste trabalho agregador, que privilegia a partilha, a discussão e a aprendizagem. Neste sentido, a Câmara do Porto vai convidar todos os interessados a ser parte ativa desta visão, abrindo um canal para partilha de opiniões, contributos ou projetos a integrar.

Refira-se que a Visão para o Futuro Sustentável do Destino Porto, apresentada em setembro de 2022, representa uma nova estratégia para o setor, focada no turismo positivo, com novas narrativas, enrobustecendo a atratividade da cidade e garantindo, simultaneamente, a sustentabilidade para os seus moradores, refere ainda a mesma nota.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

2ª Conferência Regional da OMT sobre a Marca África realiza-se em abril na Zâmbia

A 2ª Conferência Regional da OMT sobre a Marca África sob o tema: “Promover África para desbloquear o potencial de crescimento do setor do turismo” será realizada em Livingstone, na Zâmbia, de 16 a 18 de abril de 2024.

Publituris

A conferência, segundo nota da OMT, está aberta à participação dos Estados Membros e dos Membros Afiliados da organização. Estão igualmente convidados delegações, profissionais e especialistas, técnicos do turismo, representantes de instituições de financiamento e serviços financeiros, partes interessadas dos sectores público e privado que impulsionam a gestão e a transformação do setor do turismo em África com vista a promover o continente como um destino atraente e competitivo.

O evento acolherá também o Diálogo de Think Tank da Marca África da OMT. A participação neste fórum fechado está reservada aos diretores executivos e diretores gerais das Organizações Nacionais de Turismo (NTOs) de África que discutirão sobre estratégias eficazes de comunicação, marketing e branding a serem implementadas, a fim de construir uma imagem sólida e consistente do continente, com o objetivo final de reconstruir a confiança do mercado e reativar o setor do turismo de África na fase pós-pandemia.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

AHRESP debate produto turístico e segurança na região algarvia

“Estruturação e Valorização do Produto Turístico” e “Algarve – Destino Seguro” serão os temas em debate na última jornada regional promovida pela AHRESP em 2023.

Publituris

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) vai realizar a Jornada Regional do Algarve, no dia 15 de dezembro, na sede da AHETA, em Albufeira.

O evento, de inscrição gratuita, mas obrigatória, vai ser dedicado ao tema “Destino Algarve” e conta com a participação de oradores de diversas áreas em dois painéis de debate.

A sessão de abertura terá as intervenções do presidente da AHRESP, Carlos Moura, e do presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Martins Rolo.

O primeiro painel fará uma reflexão sobre “Estruturação e Valorização do Produto Turístico”, com base em diferentes fatores, como valores de dormidas, estratégias para atração de turistas, fluxo aeroportuário, alternativas turísticas ao sol e mar e contará com a participação de André Gomes, presidente da ERT do Algarve; António Loureiro, diretor-geral da IBEROJET; e Paulo Pinheiro, CEO Autódromo Internacional do Algarve.

O segundo painel será subordinado ao tema da segurança na região algarvia. Os oradores – Agostinho Costa, comentador e especialista em assuntos de segurança; José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira; e Hélder Martins, empresário e presidente da AHETA – irão abordar diversas questões, como a ameaça de atos terroristas, aumento da criminalidade, segurança balnear e riscos sísmicos na região algarvia.

A Jornada Regional do Algarve é a última de um ciclo de eventos que a AHRESP realizou por todo o país, incluindo o arquipélago dos Açores, ao longo de 2023.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

Sessão de encerramento do projeto Itinerários Napoleónicos dia 15 no Bussaco

A Câmara Municipal de Mealhada e a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, promovem, esta sexta-feira, dia 15 de dezembro, pelas 15 horas, no Palace Hotel Bussaco, a sessão de encerramento do projeto Itinerários Napoleónicos, que contará com a participação do presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade e do secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda.

Publituris

De acordo com o programa da sessão, a abertura ficará a cargo de António Jorge Franco, presidente da Câmara Municipal de Mealhada, Emílio Torrão, presidente Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Raúl Almeida, presidente da Entidade Regional Turismo do Centro de Portugal e Carlos Abade, presidente do Turismo de Portugal.

A fase de encerramento do projeto, enquadramento e apresentação do vídeo promocional serão feitos por Jorge Brito, secretário Executivo da CIM-RC, o Grupo de trabalho Jogo “Napoleão Bonaparte, o princípio do fim”, e o Grupo de trabalho Agenda de Eventos. Haverá também uma apresentação das soluções tecnológicas de realidade aumentada e realidade virtual, por Helder Rocha, do Unloop, enquanto o encerramento da sessão será feito por Nuno Fazenda, secretário de Estado do Turismo Comércio e Serviços

O projeto Rede dos Itinerários Napoleónicos em Portugal desenvolvido ao abrigo da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, do Turismo de Portugal (Programa Valorizar), consiste num consórcio de 13 municípios (Almeida, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Elvas, Loures, Lourinhã, Mafra, Mealhada, Mortágua, Penacova, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira), tendo como entidade líder a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, lembra nota publicada na página oficial do Turismo de Portugal.

São territórios que estiveram diretamente associados ao período das Invasões Francesas em Portugal, que no final da primeira década do século XIX marcaram profundamente a história política, sociocultural e económica do país, nas mais diversas áreas, traduzindo-se em múltiplas manifestações de natureza material e imaterial, sendo que algumas das quais são ainda recordadas e vivenciadas.

A valorização turística do património histórico-militar associado à temática napo​leónica é o mote deste projeto, com um foco particular no desenvolvimento de conteúdos interativos nos recursos associados a este património, de relevância para a dinamização da oferta de turismo cultural no nosso país, bem como para o desenvolvimento de um produto turístico diferenciador, diz ainda o Turismo de Portugal.

​Refira-se que a aposta no Turismo Militar, no âmbito da Estratégia Turismo 2027, pretende reforçar a coesão territorial do país e a valorização turística das regiões do interior, através da qualificação do seu património cultural e do estímulo ao desenvolvimento de serviços turísticos associados a esse património. O objetivo passa pela atração de visitantes e pelo aumento do tempo médio de estada do turista nestes territórios, acrescenta a nota.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

APENO reúne profissionais de Enoturismo em encontro nacional em janeiro

Associação Portuguesa de Enoturismo (APENO) vai debater temas relevantes para o setor, assim como projetos, parcerias e novidades para 2024 num encontro nacional a realizar a 31 de janeiro.

Publituris

A Associação Portuguesa de Enoturismo (APENO) vai realizar o 2.º Encontro Nacional dos Profissionais de Enoturismo no dia 31 de janeiro, com o apoio da Universidade Europeia, no pólo de Carnide, em Lisboa.

Este evento anual reúne profissionais do setor a trabalhar em adegas, agências de viagens, empresas de animação turística, restaurantes, garrafeiras, hotéis ou outros espaços que pratiquem Enoturismo, em ambiente rural ou urbano. Com uma componente nacional e internacional, o evento conta com a presença de profissionais experientes que irão trazer contributos e visões para a melhoria do setor, além de influentes personalidades públicas ligadas ao mundo do vinho e do turismo, com poder de decisão nesta área.

“O nosso objetivo é discutir e debater temas que contribuam para elevar o nível de qualidade dos serviços de Enoturismo em Portugal. Este ano vamos mostrar que o Enoturismo é um negócio rentável, vamos abordar a internacionalização do Enoturismo português, e revelar projetos e parcerias que terão um impacto positivo no setor. E também dar a conhecer em primeira mão os passos que já demos em direção à criação de uma legislação nacional para o Enoturismo, falar da legislação mundial já existente, entre outros temas pertinentes e urgentes que vão contribuir para a organização do setor”, refere Maria João de Almeida, presidente-executiva da APENO.

O programa será lançado oficialmente no início do próximo ano. Além dos painéis onde estarão presentes vários convidados nacionais e internacionais, o evento contará ainda com um momento especial – a Bolsa de Emprego APENO. Durante este momento, que decorrerá no final do evento, candidatos de todo o país terão a oportunidade de se inscrever para trabalhar em Enoturismo e também de conhecer alguns dos associados da APENO.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agenda

APECATE alerta: empresas de Animação Turística correm o risco e não poder operar na floresta no próximo Verão

A APECATE vai promover, no próximo dia 11 de dezembro, pelas 15:00, no Grande Hotel do Luso, no âmbito do “APECATE Day”, um debate sobre a lei dos incêndios e quais as suas implicações no setor do turismo e animação turística.

Publituris

A APECATE irá realizar no próximo dia 11 de dezembro, um debate sobre o Decreto-Lei n.º 82/2021, de 13 de outubro, que veio criar o Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) e estabelecer as suas regras de funcionamento, e que segundo a associação liderada por António Marques Vidal, é “muito prejudicial para a atividade das empresas de eventos e animação turística”, tendo as alterações feitas no Decreto-Lei n.º 49/2022, de 19 de julho e no Decreto-Lei L n.º 56/2023, de 14 de julho, colocado “mais uma série de entraves e limitações ao exercício das empresas de animação turística e dos eventos”.

“Com as alterações climáticas e a tipologia da nossa floresta, perante estas leis, as empresas de animação turística e eventos podem ser impedidas de operar mais de 30 a 50 dias por época alta (primavera e verão), o que se traduzirá na falência de muitas delas, nomeadamente as que operam nas zonas mais interiores”, afirma António Marques Vidal, presidente da direção da APECATE.

Este é um assunto sobre o qual a APECATE se tem manifestado e promovido o debate junto de várias entidades envolvidas. Segundo a associação, “não é colocada em causa a pertinência e a necessidade do tema abordado pelo decreto-lei, mas sim algumas questões de conteúdo e da forma que, na sua aplicação, vão inviabilizar o normal funcionamento das empresas e de toda a atividade económica”, não sendo percetível, para a APECATE, que essas medidas “contribuam efetivamente para o objetivo a que se propõem”.

Assim, para a APECATE, enquanto entidade que congrega e representa as empresas de congressos, animação turística e eventos em Portugal, é “fundamental continuar a discussão e criar estratégias para ultrapassar o contexto criado pelas leis anteriormente referidas”.

É precisamente nesse contexto que surge o “APECATE Day” no qual este tema estará em debate contando, a reunião, com a presença do presidente e da vice-presidente da Entidade de Turismo do Centro.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.