Edição digital
Assine já
PUB
Meeting Industry

Edição 2022 do Festuris Gramado quer puxar a recuperação do turismo

A 34ª edição do Festuris Gramado (Rio Grande do Sul-Brasil), que está agendada para os dias 03 a 06 de novembro deste ano, quer ser a “ponta de lança” na recuperação do turismo no país, e a comercialização de espaços já está cerca de 30% superior a 2019.

Publituris
Meeting Industry

Edição 2022 do Festuris Gramado quer puxar a recuperação do turismo

A 34ª edição do Festuris Gramado (Rio Grande do Sul-Brasil), que está agendada para os dias 03 a 06 de novembro deste ano, quer ser a “ponta de lança” na recuperação do turismo no país, e a comercialização de espaços já está cerca de 30% superior a 2019.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
DUO Hotel Lisbon: A nova unidade hoteleira da Hilton em Lisboa
Hotelaria
Soltour lembra: “Este verão, a felicidade está aqui. Nos Bahia Principe Hotels & Resorts”
Distribuição
Conselho Executivo do Turismo da ONU reuniu-se para colocar o setor na agenda económica global
Meeting Industry
GEA destaca Marrocos em campanha de vendas
Distribuição
Azores Airlines já abriu rotas do Funchal para Toronto e Boston
Aviação
Portugal desce um lugar mas continua a ser um dos países mais pacíficos do mundo
Destinos
FEITUR com programação centrada na atividade turística, gastronomia e música
Destinos
TUI Portugal lança campanha de incentivo de vendas para o Dubai
Distribuição
DHM promove oferta de reuniões e incentivos junto de agências de negócios francesas
Alojamento
Lufthansa City Center leva 250 operadores e agentes de viagens a Braga e Guimarães
Destinos

A feira de negócios turísticos está, inclusive, a expandir a sua área de exposição dentro dos pavilhões do Serra Park para atender a crescente procura do mercado, e acredita que poderá ser a maior edição de todos os tempos do evento.

De acordo com os organizadores, o volume atual de vendas para exposição no Festuris deve ser comemorado e indica a recuperação da cadeia do turismo após dois anos de incertezas e um impacto devastador no setor. Nas duas últimas edições, a feira não parou e se adaptou às restrições impostas pela pandemia.

Marcas importantes que não participaram das últimas edições estão já a manifestar a sua intenção em regressar à feira, incluindo companhias aéreas, destinos internacionais e outras marcas do turismo brasileiro, indica o CEO do Festuris, Eduardo Zorzanello.

Face ao crescimento da feira este ano, a ampliação também se dará no sentido de reposicionar alguns segmentos, a exemplo do Espaço Luxury, que estará em uma área maior e também a presença de buyers e expositores de diferentes procedências.

Paralelamente, a aposta do Festuris será em mais experiências dentro da feira, networking qualificado entre os participantes, além de mais uma edição do Meeting Festuris, evento que acontece nas manhãs do evento.

Além da feira geral, o Festuris trabalha com espaços segmentados: Luxury, Green Experience, Business & Innovation, LGBT+ e Wedding.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
DUO Hotel Lisbon: A nova unidade hoteleira da Hilton em Lisboa
Hotelaria
Soltour lembra: “Este verão, a felicidade está aqui. Nos Bahia Principe Hotels & Resorts”
Distribuição
Conselho Executivo do Turismo da ONU reuniu-se para colocar o setor na agenda económica global
Meeting Industry
GEA destaca Marrocos em campanha de vendas
Distribuição
Azores Airlines já abriu rotas do Funchal para Toronto e Boston
Aviação
Portugal desce um lugar mas continua a ser um dos países mais pacíficos do mundo
Destinos
FEITUR com programação centrada na atividade turística, gastronomia e música
Destinos
TUI Portugal lança campanha de incentivo de vendas para o Dubai
Distribuição
DHM promove oferta de reuniões e incentivos junto de agências de negócios francesas
Alojamento
Lufthansa City Center leva 250 operadores e agentes de viagens a Braga e Guimarães
Destinos
PUB
Meeting Industry

Conselho Executivo do Turismo da ONU reuniu-se para colocar o setor na agenda económica global

Os líderes do turismo de todo o mundo reuniram-se novamente tendo enfatizado a importância económica vital do sector, ao mesmo tempo que o colocam firmemente na agenda política. A 121ª sessão do Conselho Executivo do Turismo da ONU, que decorreu em Barcelona, pôs ênfase especial nas prioridades partilhadas de investimentos no turismo, na educação e na aceleração da inovação em todo o setor.

Publituris

A 121ª sessão do Conselho Executivo do Turismo da ONU, reunida em Barcelona, acolheu representantes de 47 países, incluindo 18 ministros do Turismo, para promover a visão da organização para o setor à medida que este alcança a recuperação total dos impactos da pandemia. De acordo com dados da ONU sobre Turismo, cerca de 285 milhões de turistas viajaram internacionalmente no primeiro trimestre de 2024, o que corresponde a uma subida de 20% face ao mesmo período do ano passado, enquanto as receitas do turismo internacional cresceram novamente para 1,5 biliões de dólares em 2023.

Abrindo a sessão, o Secretário-Geral do Turismo da ONU, Zurab Pololikashvili, sublinhou a necessidade de abraçar a inovação, crescer e direcionar o investimento para o setor, a fim de impulsionar a sua transformação positiva. “Com o turismo a recuperar da maior crise da sua história, agora é o momento de canalizar a nossa energia para construir uma maior resiliência contra quaisquer choques futuros”, disse, avançando que, ao mesmo tempo, “temos de garantir que o crescimento do turismo beneficia as pessoas em todo o mundo, acima de tudo, expandindo o acesso à educação e às oportunidades de emprego e aproveitando o poder das novas tecnologias.”

O Secretário-Geral apresentou então o seu relatório aos membros, resumindo as realizações do Turismo da ONU desde a última reunião do Conselho, colocando ênfase especial nas prioridades partilhadas de investimentos no turismo, na educação e na aceleração da inovação em todo o setor. Além disso, os membros adotaram o Plano de Trabalho para a Agenda do Turismo das Nações Unidas para a Europa, incluindo três projetos centrados no futuro dos destinos de viagens de inverno, na regulamentação das plataformas de aluguer de curta duração e nas estratégias para mitigar os efeitos dos investimentos verdes nas PME do turismo.

Em Barcelona, ​​o Conselho Executivo deu um passo significativo no compromisso do Turismo da ONU de criar um quadro jurídico harmonizado para o setor global, a fim de aumentar a confiança nas viagens internacionais, e aprovou a decisão para o centro jurídico inovador, dando início ao trabalho para aumentar o portfólio crescente de Escritórios Regionais e Temáticos do Turismo da ONU, à medida que continua a aproximar-se dos seus membros no terreno.

O Conselho Executivo foi atualizado sobre o planeado Escritório Regional para África, a ser inaugurado em Marraquexe, e o Escritório Regional para as Américas, localizado no Rio de Janeiro. Mantendo esta dinâmica, a liderança do Turismo da ONU assinou um Memorando de Entendimento com o Ministério do Turismo da Grécia para estabelecer um Centro de Investigação e Monitorização do Turismo Costeiro e Marítimo na Região do Mediterrâneo Oriental.

A 122ª sessão do Conselho Executivo do Turismo da ONU será realizada em Cartagena das Índias, Colômbia, enquanto a 123ª será organizada pela Espanha no primeiro semestre de 2025, e a 124ª sessão pelo Reino da Arábia Saudita no segundo semestre de 2025.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

BTL 2024 “termina” com entrega de prémios e revelações para 2025

O evento de lançamento da edição de 2025 da Bolsa de Turismo de Lisboa– BTL -iniciou-se com o término da edição de 2024. Anunciados os vencedores dos prémios referentes à edição de este ano, foram revelados o Município Convidado e Região Convidada para 2025.

Publituris

Antes mesmo do arranque do evento que dava por terminada a edição da BTL 2024, foi conhecida uma das principais novidades para o futuro do maior certame do turismo em Portugal: a nomeação da presidente do Conselho Estratégico da BTL, Rita Marques ex-secretária de Estado do Turismo.

Revelada esta nomeação, a tarde de quinta-feira, 6 de junho, terminou com diversos anúncios, desde logo os vencedores dos prémios da BTL 2024. Assim, foram entregues os prémios de “Stand Nacional” – Açores; Criatividade – TAP Air Portugal; “Sustentabilidade” – Açores. As Menções Honrosas foram para: “Stand Nacional” – ERT Alentejo e Ribatejo; “Stand Internacional” – Marrocos, Cabo Verde e TAP Air Portugal; “Inovação” – Europalco; “Criatividade” – Município de Coimbra. Os “Prémios Personalidade”, por sua vez, distinguiram: Dionísio Pestana (Pestana Hotel Group); Jorge Rebelo de Almeida (Vila Galé Hotéis); José Ribau Esteves (presidente da Câmara Municipal de Aveiro); e Rita Marques (ex-secretária de Estado e atual presidente da Fundação Livraria Lello). Os “Prémios Parceiros Excelência BTL” foram entregues à AVK Audiovisuais e Opção Global.

Por fim, o “Prémio Júri BTL”, do qual o jornal Publituris fez parte, decidiu entregar uma nova distinção referente ao evento que se destacou no ano 2023 pelo seu impacto na promoção da marca “Portugal”: Jornada Mundial da Juventude, organizada de 1 a 6 de agosto de 2023, em Lisboa.

O evento serviu ainda para anunciar o “Município Convidado” da edição e 2025 da BTL – Leiria – e a “Região de Turismo Convidada” – Alentejo e Ribatejo.

De referir que no início do evento, António Ramalho, presidente da Comissão Executiva da Lisboa FCE, entidade organizadora da BTL destacou a trajetória de crescimento da BTL, em particular nos últimos anos. “A BTL tanto traduz como contribui para o bom momento do turismo nacional e a procura que temos registado por parte de empresas e entidades permite-nos perspetivar, com muito otimismo, a edição de 2025”.

Recorde-se que a BTL 2025 estará de volta à Feira Internacional de Lisboa de 12 a 16 Março de 2025.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Rita Marques nomeada presidente do Conselho Estratégico da BTL

A ex-secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, é a nova presidente do Conselho Estratégico da BTL.

Publituris

A Fundação AIP, entidade promotora da BTL, nomeou Rita Marques, ex-secretária de Estado do Turismo e atual presidente da Fundação Livraria Lello, para a Presidência do Conselho Estratégico da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL).

Este órgão consultivo reunirá “personalidades de reconhecido mérito e experiência profissional e terá como missão contribuir para o desenvolvimento de uma estratégia que permita à BTL consolidar e desenvolver a sua posição como um dos principais eventos do setor turístico na Europa, bem como garantir o seu alinhamento com o mercado e com os objetivos das empresas e entidades que nela participam”, revela a Fundação AIP, em comunicado.

O presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, justificou o convite endereçado, destacando a vasta experiência e competência de Rita Marques no sector, admitindo que “traz uma visão inovadora e um conhecimento profundo das dinâmicas do turismo nacional e internacional”.

De referir que a última edição da BTL obteve os melhores resultados de sempre, com mais de 79.000 visitantes, mais de 1.500 expositores, 85 destinos internacionais e 200 Hosted Buyers, oriundos de 42 mercados emissores que realizaram mais de 2.800 reuniões com empresas e entidades portuguesas.

Por sua vez, Rita Marques expressou entusiasmo ao aceitar o convite, sublinhando a importância da BTL para o desenvolvimento do turismo em Portugal. “Aceitei este desafio com grande honra e sentido de responsabilidade. A BTL é um evento crucial para a promoção do nosso turismo e estou empenhada em contribuir para que se torne ainda mais relevante e inovador”, declarou Rita Marques, destacando ainda a importância de “adotar estratégias que respondam às novas tendências e exigências do mercado turístico global”.

Recorde-se que a próxima BTL- Bolsa de Turismo de Lisboa está marcada para 12 a 16 de março de 2025 na FIL – Parque das Nações, em Lisboa.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Fundação INATEL lança debate sobre economia social e incluiu o turismo

A Conferência “Diálogos INATEL Economia Social”, que decorreu em Lisboa e reuniu especialistas nacionais e internacionais para discutir e refletir sobre o futuro da economia social e solidária, incluiu também o setor do turismo social como catalisador do desenvolvimento sustentável.

Publituris

Sob o tema “Os desafios da inovação na Economia Social”, o evento reuniu especialistas nacionais e internacionais para discutir e refletir sobre o futuro da economia social e solidária, destacando as oportunidades e tendências de inovação no setor.

O objetivo principal da conferência foi promover a reflexão e uma maior cooperação entre diferentes entidades e organizações, visando criar soluções inovadoras para os desafios contemporâneos e construir uma sociedade mais justa e inclusiva.

Entre as várias questões abordadas, realce para o painel III que analisou o “Turismo Social como catalisador do desenvolvimento sustentável”. Este painel explorou como o turismo social pode promover o desenvolvimento sustentável, para públicos mais vulneráveis, com impacto social nos territórios e economias locais.

Esta temática foi identificada como um exemplo notável de economia social. O turismo social, ou turismo para todos, apoia públicos mais vulneráveis, promove o lazer inclusivo, o acesso sócio-cultural e beneficia as economias locais, foi destacado. A Fundação INATEL sendo um membro ativo, há 50 anos, da Organização Internacional de Turismo Social (ISTO), é uma organização- modelo nesta área de intervenção, apontou a conferência.

Em jeito de conclusão, a Fundação INATEL reafirma seu compromisso em continuar a promover encontros de especialistas e incentivando a inovação na economia social.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Eventos Publituris

Estão lançados os “Portugal Meeting Forums by Publituris” 2024

O jornal Publituris dá início a um dos eventos mais relevantes de incentivo ao segmento MICE em Portugal – Portugal Meeting Forums by Publituris – com o lançamento do website do evento que se realizará no início de outubro de 2024, em Oeiras.

Publituris

Nos dias 1, 2 e 3 de outubro de 2024, o jornal Publituris vai organizar o seu evento MICE dirigido ao mercado internacional – “Portugal Meeting Forums by Publituris”.

A 8.ª edição deste evento, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, TAP Air Portugal, Vila Galé Hotéis, MiceBuzz e YVU, os “Portugal Meeting Forums by Publituris” irão receber agentes de viagem provenientes de vários mercados (Europa – Brasil – Canadá – EUA), assim como responsáveis pela organização e planeamento de eventos, incentivos e congressos em empresas multinacionais.

O objetivo é mostrar, divulgar e sublinhar Portugal como destino fundamental, na organização de eventos MICE, com foco exclusivo no mercado português, na sua diferenciação, oferta e mais-valia.

O evento arranca no dia 1 de outubro, com a chegada dos buyers internacionais, seguido de um Cocktail Dinatoire no Vila Galé Collection Palácio dos Arcos.

O segundo dia, 2 de outubro, será dedicado, em exclusivo, a reuniões, a realizar no Vila Galé Collection Palácio dos Arcos, com um working lunch. À noite, o jantar será num local emblemático na Costa do Estoril.

O último dia, 3 de outubro, suppliers & buyers terão oportunidade de ter um dia completo para visitar a região de Oeiras, palco deste evento, ao qual se seguirá uma famtrip, para os buyers internacionais, de dois dias à região do Alentejo, com alojamento e refeições incluídas.

Para esta edição já estão confirmados os seguintes suppliers:

Bomporto Hotels
Hard Rock Cafe
Savoy Signature
Portugal Green Travel (DMC)
WOW
Highgate Portugal
Pestana Hotel Group
GR8 events
HF Hotels
Amazing Evolution
SANA Hotels
Bensaude Hotels Collection
Açoreana DMC

Para saber mais sobre os “Portugal Meeting Forums by Publituris” 2024 visite o site em: https://meetingforums.publituris.pt/2024/

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Praga continua entre os destinos de MICE mais procurados do mundo

A capital checa melhora, ano após ano, no segmento do MICE, não só em termos do volume de reuniões e conferências ali realizadas, mas também do número de delegados que chegaram para esses eventos. Em 2023, foram realizados quase cinco mil eventos profissionais em Praga, com a presença de quase 700 mil pessoas. Numa comparação internacional, Praga também ficou em sexto lugar no ranking dos destinos MICE mais procurados do mundo, tendo superado cidades como Madrid, Seul, Londres, Berlim ou Tóquio.

Publituris

Em 2023, de acordo com dados do Prague Convention Bureau e do Czech Statistical Office, um total de 4.889 reuniões e conferências foram realizadas na cidade, com a participação de 691.103 delegados, representando um aumento de 25% e 12%, respetivamente. Porém, ainda não o suficiente para superar o ano recorde de 2019.

“Em termos de número de delegados, estamos com quase 97% do desempenho de 2019, mas do volume de eventos, estamos apenas com 82%”, afirma Roman Muška, diretor geral do Prague Convention Bureau, organização que representa oficialmente a indústria do MICE de Praga. O responsável acrescenta que estes dados apenas confirmam a tendência dos últimos anos: menos reuniões e conferências, mas com uma participação muito maior de delegados. “Nas nossas estatísticas vemos que o número de eventos com a presença de 500 ou mais delegados tem aumentado ano após ano. Ao mesmo tempo, vemos uma subida na duração média de um evento, para uma média de quatro dias, contra os de dois dias“.

Nos seus documentos de estratégia turística, Praga estabeleceu-se como alvo de uma clientela de elevado poder aquisitivo, especialmente os delegados das reuniões que, por um lado não sobrecarregam o destino na alta temporada turística, já que os congressos são frequentemente realizados nos meses de primavera e outono, mas também têm em média até três vezes mais gastos em comparação com os turistas comuns. A atração de uma clientela sofisticada também é bem-sucedida graças à retoma de eventos internacionais especializados a Praga.

De acordo com dados do Bureau, o número de reuniões e conferências internacionais em Praga aumentou 54%, equilibrando assim a proporção de eventos internacionais (49,3%) e locais (50,7%).

“A maioria dos eventos vem do continente europeu (88%). No entanto, se focarmos em países individuais, em 2023, os Estados Unidos da América voltaram ao primeiro lugar como país de origem após quatro anos, seguidos pelo Reino Unido, Alemanha, França e Bélgica”, explica Roman Muška.

O responsável explica que, para seguir no topo dos destinos de reuniões no futuro é preciso continuar desenvolvendo e investindo na indústria de reuniões.

“Além dos congressos associativos, nos quais estamos focados há muito tempo e que são apoiados sistematicamente pela autarquia de  Praga na forma de vários incentivos, não podemos negligenciar o segmento de conferências corporativas e eventos de incentivo, que têm altas taxas de gastos nos destinos e, portanto, encaixam-se no direcionamento da cidade para clientes de alto poder aquisitivo”, comenta.

A partir de 2022, pode-se observar um renascimento da indústria de reuniões não só em Praga, mas também noutros destinos globais. Além disso, de acordo com o recente “Relatório dos 60 Anos da ICCA” da Associação Internacional de Congressos, o número de congressos mais do que duplicou nos últimos 60 anos, pelo que a competição que Praga enfrenta é imensa.

Em 2024, segundo estimativas de especialistas, a indústria de congressos deverá superar os números de 2019 em 37% em termos de número de delegados e 1% em termos de eventos.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Abertas inscrições para 51ª edição da Abav Expo em Brasília

A edição 2024 da Abav Expo, uma das maiores feiras de Turismo da América Latina, vai acontecer em Brasília, de 26 a 28 de setembro, e volta ao Rio de Janeiro em 2025, ainda sem data definida. As inscrições para participação já estão abertas.

Publituris

A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) abriu as inscrições para a 51ª Abav Expo, que este ano tem como destino anfitrião Brasília, no Distrito Federal. A feira acontecerá de 26 a 28 de setembro de 2024 no CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil, com o apoio da Secretaria de Turismo do Distrito Federal.

O processo de credenciamento está aberto diretamente no site https://abavexpo.com.br/ e os interessados podem aceder à sua categoria de inscrição, que está dividida em sete: Profissionais do setor; Agente de Viagens ABAV; Agente de Viagens; Trade; Guia de Turismo (disponível só a partir do dia 27 de maio); Imprensa & Profissionais de Mídia Digital; Assessoria de Imprensa; Imprensa; Criador de Conteúdo/Influencer. Após o preenchimento do formulário, os pedidos serão analisados e confirmados pela organização do evento.

“Estamos muito felizes em levar a 51ª Abav Expo de volta a Brasília após 22 anos. Esperamos mais de 30 mil visitantes nesta edição. Será uma oportunidade para reunir os principais players e compartilhar conhecimento para impulsionar o setor”, diz Ana Carolina Medeiros, presidente da Abav Nacional, citada pelo jornal brasileiro Mercado e Eventos.

Segundo o mesmo órgão de comunicação social, o espaço onde vai decorrer a 51ª edição da Abav Expo é o maior centro de convenções da América Latina, com mais de 65 mil m2 de área construída e localizado a 15 minutos do Aeroporto Internacional de Brasília. O evento ocupará os pisos 1, 3 e 4 do CICB, num total de 33.525m2 de área, uma infraestrutura completa para eventos corporativos, com suporte tecnológico, ambiente climatizado, mais de 129 salas modulares, sala VIP, lounges, estacionamento coberto, restaurante e cafeteria próprios, seis geradores de emergência e outros recursos. O empreendimento é sustentável e utiliza métodos modernos para a preservação do meio ambiente.

A ABAV Expo reúne os principais players do setor e promove a conexão com o principal canal de distribuição do turismo brasileiro: os agentes de viagens. Depois de Brasília, a feira volta ao Riocentro em 2025.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Braga acolhe Conferência das Cidades Criativas da UNESCO em julho

A XVI Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO vai ter lugar em Braga de 1 a 5 de julho deste ano, e prevê atrair cerca de 600 delegados de todo o mundo.

Publituris

Este encontro anual tem como principal objetivo a criação de um espaço transnacional de discussão, rumo à troca de experiências em torno das ideias, boas práticas e políticas públicas na área da cultura.

Decorrendo em data de celebração dos 20 anos da criação da rede, a conferência de Braga pretende fazer um balanço do trabalho desenvolvido, fomentar novas ideias de colaboração entre cidades criativas de diferentes países, e ao mesmo tempo, apontar soluções para um futuro habitado por cidades mais resilientes, inclusivas e sustentáveis. Assim, terá um foco especial no contributo que as novas gerações podem dar à construção de novas ideias e projetos, convidando os jovens para a participação em momentos de discussão e trabalho de campo.

Tendo como ponto central o Fórum Braga – onde decorrerão os trabalhos das diferentes delegações, assim como os painéis principais de apresentação e discussão, a XVI Conferência de Cidades Criativas vai ainda organizar um encontro especialmente vocacionado para presidentes de Câmara, assim como um alargado programa de atividades culturais aberto à população a ser implementado em diversos espaços do centro da cidade, que incluirá propostas nas diferentes áreas criativas abrangidas pela rede: Artesanato e Artes Folclóricas, Cinema, Design, Gastronomia, Literatura, Música e Media Arts, de acesso livre.

A par de Braga (Cidade Criativa em Media Arts), a XVI Conferência de Cidades Criativas incluirá ainda ações desenvolvidas em parcerias com as cidades de Amarante (Cidade Criativa em Música), Barcelos (Cidade Criativa em Artesanato e Artes Folclóricas) e Santa Maria da Feira (Cidade Criativa em Gastronomia).

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

30 anos de democracia sul-africana e potencial ilimitado de África marcam arranque da Africa’s Travel Indaba 2024

A Africa’s Travel Indaba arrancou esta terça-feira, 14 de maio, em Durban, assinalando os 30 anos da democracia sul-africana e invocando o potencial ilimitado que o continente africano oferece ao turismo, sob o tema “Unlimited Africa”.

Inês de Matos

A ministra do Turismo da África do Sul, Patricia De Lille, inaugurou esta terça-feira, 14 de maio, a edição de 2024 da Africa’s Travel Indaba, uma das maiores feiras de turismo africanas e que este ano celebra os 30 anos da democracia sul-africana, assim como o potencial ilimitado que o continente africano oferece ao turismo, sob o tema “Unlimited Africa”.

A governante sul-africana, que começou por elogiar a cidade de Durban, em cujo Centro Internacional de Convenções Inkosi Albert Luthuli decorre mais uma edição da feira, lembrou que esta edição da Africa’s Travel Indaba acontece “num ano em que a África do Sul celebra 30 anos de liberdade e democracia”.

“Em todo o nosso belo país há muitas viagens ao longo da história que podemos fazer e precisamos que essas viagens sejam comercializadas de forma mais agressiva junto dos nossos visitantes, especialmente neste momento em que celebramos 30 anos de democracia”, afirmou Patricia De Lille, depois de nomear alguns dos locais de interesse turístico associados à luta contra o Apartheid que podem ser visitados por todo o país.

Segundo a governante, que pretende diversificar a oferta turística sul-africana, o turismo ligado à luta contra o Apartheid vem apenas demonstrar que, na África do Sul, as “possibilidades são ilimitadas” para o setor do turismo.

Tal como a África do Sul, também o continente africano tem, segundo Patricia De Lille, um vasto potencial turístico, algo que fica refletido no tema escolhido, este ano, para a feira de turismo de Durban, “Unlimited Africa”.

“O nosso potencial é ilimitado porque o nosso continente possui diversas paisagens, culturas e experiências que oferecem possibilidades ilimitadas de exploração e crescimento”, acrescentou a ministra do Turismo da África do Sul.

O potencial turístico africano volta a estar, este ano, em exposição na Africa’s Travel Indaba, que conta com a participação de 26 países africanos, incluindo a estreia do Burkina Faso, Eritreia e Guiné, numa lista de participantes ainda composta por Angola, Botswana, Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Essuatíni, Etiópia, Gana, Quénia, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Mauritânia, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Ruanda, Senegal, África do Sul, Tanzânia, Togo, Uganda, Zanzibar e Zimbabué.

“Estes países representam um total de 344 produtos que serão apresentados, o que representa um aumento de 14% em comparação com os 301 produtos do ano passado”, congratulou-se ainda a governante.

A Africa’s Travel Indaba pretende ainda afirmar-se como um espaço de negócio e, este ano, conta com a participação de 1.200 expositores e 1.100 buyers provenientes de 55 países, incluindo dois de Portugal –  a Pinto Lopes Viagens e a Quadrante – o que, segundo Patricia De Lille, prova que esta é uma “feira verdadeiramente global”.

“Estamos confiantes de que a Africa’s Travel Indaba continuará a ser um ambiente fértil para fechar negócios que promovam parcerias e impulsionem o crescimento”, afirmou ainda a governante.

A Africa’s Travel Indaba 2024 decorre até quinta-feira, 16 de maio, em Durban.

*O Publituris viajou a convite do Turismo da África do Sul.

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Meeting Industry

Turismo de Cascais apresenta plataforma “Awe&Some” na IMEX

Dá pelo nome de Awe&Some e pretende facilitar as reservas e atrair eventos de média e grande dimensão, no segmento Meetings Industry, para Cascais.

Publituris

O Turismo de Cascais apresentou a plataforma Awe&Some na feira IMEX, que se realiza até 16 de maio, em Frankfurt, na Alemanha, sob forma de uma ativação de marca, num stand imersivo próprio, ao lado do stand de Portugal, no qual pretende criar a sensação de “Awe” e ainda acrescentar o “Some”.

O município convida os presentes na feira para entrar num cubo gigante decorado com um QR Code, onde é possível assistir a um filme 3D, que apresenta Cascais e o conceito do site que poderá ser explorado à saída do cubo.

A plataforma Awe&Some Cascais é uma das grandes apostas do Turismo de Cascais para este ano e tem o principal objetivo de facilitar as reservas e atrair eventos de média e grande dimensão, no segmento Meetings Industry. Este novo produto 100% digital apresenta a oferta da região como um todo, dividida por hubs, e permite encontrar e reservar facilmente serviços, espaços & More (experiências).

Em comunicado, o município refere que “através desta nova dinâmica, empresas, associados e público em geral podem aceder ao melhor que Cascais tem para oferecer, desde hotéis, venues, restaurantes, serviços e fantásticas experiências”.

Para inspirar e mostrar o verdadeiro potencial de Cascais, foram criados hubs como Adrenaline&Surprise, Coastline&All In, Education&Growth, Foodie&Luxury e Live&Eat Like a Local, para potenciar a organização de eventos, encontros, conferências ou festas incríveis e criar a sensação de espanto. Existe ainda a possibilidade de criar o próprio hub/evento, através de um pedido dinâmico, selecionando os parceiros pretendidos enquanto visualiza no mapa a distância entre eles.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.