Assine já

Duomo Santa Maria Del Fiore, Bargello, Ponte Vecchio, Palazzo Vecchio in Florence architecture and landmark, skyline.

Distribuição

Nortravel oferece a Europa em mini circuitos de quatro dias

O operador turístico Nortravel apresenta ao mercado uma oferta de mini circuitos de quatro dias para algumas cidades e regiões da Europa.

Publituris

Duomo Santa Maria Del Fiore, Bargello, Ponte Vecchio, Palazzo Vecchio in Florence architecture and landmark, skyline.

Distribuição

Nortravel oferece a Europa em mini circuitos de quatro dias

O operador turístico Nortravel apresenta ao mercado uma oferta de mini circuitos de quatro dias para algumas cidades e regiões da Europa.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Solférias lança programação de verão para Porto Santo
Distribuição
Solférias aposta em Saïdia na sua operação de verão 2022
Distribuição
Lusanova lança programação especial da Páscoa
Distribuição
Solférias renova aposta em Hurghada este verão
Distribuição

Estes programas já estão disponíveis em nortravel.pt para reserva online com confirmação imediata.

Trata-se, segundo a Nortravel, de “uma ótima sugestão para os viajantes que pretendem umas férias curtas com o máximo de aproveitamento de tempo e qualidade”.

Em nota de imprensa, o operador turístico indica ainda que, com este novo conceito, “vai ao encontro do desejo dos habituais clientes de circuitos que pretendem escapadinhas na Europa com a garantia e qualidade que estão acostumados com a Nortravel”, com preços desde os 935 euros por pessoa em duplo.

Os mini circuitos “O Melhor de Amesterdão e Países Baixos”, “Toscânia Clássica”, “Berlim e Saxónia” e “Baviera Completa” incluem uma refeição diária, para além dos pequenos almoços buffet, hotéis de três e quatro estrelas bem localizados, todas as visitas acompanhadas pelo guia exclusivo em português e guias locais (quando indicado), seguro (incluindo cobertura Covid-19), taxas de aviação e IVA.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Distribuição

Airmet já tem 300 agências em Portugal

O ano de 2022 termina com a Airmet a atingir as três dezenas de agência no nosso país. Luís Henriques, diretor-geral do grupo, refere que 2023 será o início de uma nova jornada de “ainda maior crescimento”.

Publituris

O grupo Airmet atingiu a marca das 300 agências de viagens em Portugal, feito irá ser celebrado, segundo avança o grupo em comunicado, durante a sua 19.ª Convenção Nacional a realizar entre 27 e 29 de janeiro do próximo ano, no Funchal, Madeira.

Luís Henriques, diretor-geral do Grupo afirma, na mesma nota, que “a Airmet foi o grupo que mais cresceu organicamente em Portugal durante 2022, se excluirmos fusões e aquisições”, salientando que “é um sinal claro que para crescer estruturalmente é fundamental criar valor acrescentado para as agências de viagens e nesta vertente, tenho a certeza de que somos o melhor grupo de gestão em Portugal”.

Num período em que o setor do turismo se reergue em pós-pandemia, o diretor-geral adianta ainda que “consideramos que as agências de viagem necessitam, mais que nunca, de um suporte seguro. Nós damos essa base e este crescimento é resultado desse trabalho consistente e árduo de toda a equipa, assim como da alteração de estratégia implementada no início 2021, que visa o aumento da rentabilidade das agências.”

Luís Henriques acrescenta que 2023 será o início de uma nova jornada de “ainda maior crescimento” que passará “pela implementação contínua de soluções inovadoras e um serviço exclusivo, que visa impulsionar a atividade dos nossos clientes”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Nova edição: Entrevistas APAVT, SETCS, TPNP, FITUR, Emirates e Réveillon

A próxima edição do jornal Publituris publica neste número várias entrevistas. A primeira é ao presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, a poucos dias do 47. Congresso da associação. Entrevistados foram, também, Rita Marques, na altura ainda SETCS, e Luís Pedro Martins, presidente do TPNP, por altura do WTM London, bem como Maria Valcare, diretora da FITUR, e David Quito, country manager da Emirates. O dossier desta edição é dedicado ao “Réveillon”.

Publituris

A próxima edição do jornal Publituris faz capa com uma entrevista a Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo (APAVT), a poucos dias do arranque do 47.º Congresso da associação que se realiza nos Açores, de 8 a 11 de dezembro.

Ao Publituris, Pedro Costa Ferreira admitiu não acreditar que 2023 acompanhe o crescimento do setor do turismo registado em 2022, até porque “incerteza” é a palavra-chave para o ano que vem. Também para 2023 não é esperada uma decisão relativamente ao novo aeroporto, embora saliente que, antes de uma primeira reunião da Comissão de Acompanhamento, a localização já esteja decidida, uma vez que há que defenda Alcochete.

No que diz respeito à TAP, o presidente da APAVT diz que o que a associação “precisa, é de uma TAP que consiga desenvolver o processo de crescimento e que consiga segurar o ‘hub’ português”, além de “ter êxito no processo de recuperação”.

O Publituris marcou presença, enquanto Media Partner, no World Travel Market London 2022. Nas inúmeras conferências realizadas durante o evento, não faltaram temas como os recursos humanos, tecnologia, sustentabilidade, os “novos” turistas” e o “novo” turismo. Contudo, a palavra “incerteza” esteve presente em todos os painéis num evento marcado pela necessidade de “repensar o turismo”.

Entrevistada imediatamente após o final da Conferência dos Ministros do Turismo, durante o World Travel Market London 2022 (WTM), a agora ex-secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços (SETCS), Rita Marques, entretanto substituída por Nuno Jorge Cardona Fazenda de Almeida, admitiu que “em momento algum identificamos a necessidade, depois de dois anos volvidos de pandemia, de melhorar ou alterar substancialmente a nossa estratégia”. Por isso, o otimismo para 2022 é grande e a possibilidade de se atingir os 20 mil milhões de euros em receitas é ainda maior.

Provavelmente na última entrevista que deu enquanto SETCS, Rita Marques salientou que, “mais do que ‘rethink tourism’, o que temos de fazer é execute the strategy’. Agora será outro a executá-la.

Também durante o WTM 2022, falámos com Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), que admitiu que o turismo está “finalmente de regresso”. A poucos dias de receber o prémio ‘Gold Trophy’ pelo filme promocional ‘The Majestic Adventures of Ofelia de Souza’, nos New York Festival TV & Film Awards, salientou que, sem guerra a região estaria a crescer a “números incríveis”. Contudo reconhece que “é importante não esquecer a necessidade de manter um plano B, porque não havendo uma pandemia, há uma guerra e haverá uma retração de muitas economias”.

Ainda na seção “Meeting Industry”, e a menos de dois meses do arranque do evento que dá o pontapé de saída no universo das feiras de turismo no mundo, Maria Valcare, diretora da FITUR, diz que “o fio condutor comum a tudo o que a FITUR mostra, é o crescimento sustentável”. Com várias FITUR dentro da FITUR, a novidade da edição de 2023 está na aposta no turismo desportivo com a FITUR Sports.

O “dossier” desta edição é dedicado ao Réveillon, momento alto para o turismo, que começa a ressentir-se do aumento dos preços provocado pela inflação, mas não no que à venda de viagens de Fim de Ano diz respeito. O Publituris conversou com oito operadores turísticos e agências de viagens, que garantem o crescimento da procura por programas nesta época muito desejada para destinos como a Madeira, Brasil e Cabo Verde. Num contexto de crise, o setor torna-se mais competitivo, mas “continua a existir mercado para todo o tipo de produtos”.

Constrangido por “limitações económicas e pandémicas”, o viajante português manifesta preocupação pelos grandes fluxos de passageiros nos aeroportos, taxas de ocupação das companhias aéreas e dos hotéis e, especialmente, pela questão da segurança sanitária (e agora também física) dos destinos a eleger. Agências e operadores “reajustam a oferta à procura expectável”, em função da “disponibilidade e necessidades dos clientes” que, “mais seletivos e exigentes”, não dispensam a celebração com jantar e festa caraterística do Réveillon.

E a um mês da grande festa que celebra a Passagem de Ano em quase todo o mundo, a Publituris reúne algumas das melhores programações turísticas que para o Réveillon 2022.

Nos “Transportes”, a comemorar uma década em Portugal, a Emirates está a viver um período positivo e a registar taxas de ocupação elevadas na rota de Lisboa, que volta a contar com dois voos diários.

David Quito, country manager da Emirates para Portugal, admite que “Portugal é, hoje, um destino fundamental para a Emirates, apesar do período negro da pandemia”.

Além dos “Check-in”, as opiniões desta edição pertencem a Jaime Quesado (economista e gestor), Miguel Mello do Rego (Allianz Partners Portugal), Sílvia Dias (Savoy Signature), Pedro Castro (SkyExpert), contando ainda com o “Observatório”, de António Paquete (economista e consultor de empresa), e de uma “Análise” de Luiz S. Marques (Dreams – Universidade Lusófona).

Boas leituras!

A versão completa desta edição é exclusiva para subscritores do Publituris. Pode comprar apenas esta edição ou efetuar uma assinatura do Publituris aqui obtendo o acesso imediato.

Para mais informações contacte: Carmo David | [email protected] | 215 825 43

Nota: Se já é subscritor do Publituris entre no site com o seu Login de assinante, dirija-se à secção Premium – Edição Digital e escolha a edição que deseja ler, abra o epaper com os dados de acesso indicados no final do resumo de cada edição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Edição digital: Entrevistas APAVT, SETCS, TPNP, FITUR, Emirates e Réveillon

A próxima edição do jornal Publituris publica neste número várias entrevistas. A primeira é ao presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, a poucos dias do 47. Congresso da associação. Entrevistados foram, também, Rita Marques, na altura ainda SETCS, e Luís Pedro Martins, presidente do TPNP, por altura do WTM London, bem como Maria Valcare, diretora da FITUR, e David Quito, country manager da Emirates. O dossier desta edição é dedicado ao “Réveillon”.

Publituris

A próxima edição do jornal Publituris faz capa com uma entrevista a Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo (APAVT), a poucos dias do arranque do 47.º Congresso da associação que se realiza nos Açores, de 8 a 11 de dezembro.

Ao Publituris, Pedro Costa Ferreira admitiu não acreditar que 2023 acompanhe o crescimento do setor do turismo registado em 2022, até porque “incerteza” é a palavra-chave para o ano que vem. Também para 2023 não é esperada uma decisão relativamente ao novo aeroporto, embora saliente que, antes de uma primeira reunião da Comissão de Acompanhamento, a localização já esteja decidida, uma vez que há que defenda Alcochete.

No que diz respeito à TAP, o presidente da APAVT diz que o que a associação “precisa, é de uma TAP que consiga desenvolver o processo de crescimento e que consiga segurar o ‘hub’ português”, além de “ter êxito no processo de recuperação”.

O Publituris marcou presença, enquanto Media Partner, no World Travel Market London 2022. Nas inúmeras conferências realizadas durante o evento, não faltaram temas como os recursos humanos, tecnologia, sustentabilidade, os “novos” turistas” e o “novo” turismo. Contudo, a palavra “incerteza” esteve presente em todos os painéis num evento marcado pela necessidade de “repensar o turismo”.

Entrevistada imediatamente após o final da Conferência dos Ministros do Turismo, durante o World Travel Market London 2022 (WTM), a agora ex-secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços (SETCS), Rita Marques, entretanto substituída por Nuno Jorge Cardona Fazenda de Almeida, admitiu que “em momento algum identificamos a necessidade, depois de dois anos volvidos de pandemia, de melhorar ou alterar substancialmente a nossa estratégia”. Por isso, o otimismo para 2022 é grande e a possibilidade de se atingir os 20 mil milhões de euros em receitas é ainda maior.

Provavelmente na última entrevista que deu enquanto SETCS, Rita Marques salientou que, “mais do que ‘rethink tourism’, o que temos de fazer é execute the strategy’. Agora será outro a executar essa estratégia.

Também durante o WTM 2022, falámos com Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), que admitiu que o turismo está “finalmente de regresso”. A poucos dias de receber o prémio ‘Gold Trophy’ pelo filme promocional ‘The Majestic Adventures of Ofelia de Souza’, nos New York Festival TV & Film Awards, salientou que, sem guerra a região estaria a crescer a “números incríveis”. Contudo reconhece que “é importante não esquecer a necessidade de manter um plano B, porque não havendo uma pandemia, há uma guerra e haverá uma retração de muitas economias”.

Ainda na seção “Meeting Industry”, e a menos de dois meses do arranque do evento que dá o pontapé de saída no universo das feiras de turismo no mundo, Maria Valcare, diretora da FITUR, diz que “o fio condutor comum a tudo o que a FITUR mostra, é o crescimento sustentável”. Com várias FITUR dentro da FITUR, a novidade da edição de 2023 está na aposta no turismo desportivo com a FITUR Sports.

O “dossier” desta edição é dedicado ao Réveillon, momento alto para o turismo, que começa a ressentir-se do aumento dos preços provocado pela inflação, mas não no que à venda de viagens de Fim de Ano diz respeito. O Publituris conversou com oito operadores turísticos e agências de viagens, que garantem o crescimento da procura por programas nesta época muito desejada para destinos como a Madeira, Brasil e Cabo Verde. Num contexto de crise, o setor torna-se mais competitivo, mas “continua a existir mercado para todo o tipo de produtos”.

Constrangido por “limitações económicas e pandémicas”, o viajante português manifesta preocupação pelos grandes fluxos de passageiros nos aeroportos, taxas de ocupação das companhias aéreas e dos hotéis e, especialmente, pela questão da segurança sanitária (e agora também física) dos destinos a eleger. Agências e operadores “reajustam a oferta à procura expectável”, em função da “disponibilidade e necessidades dos clientes” que, “mais seletivos e exigentes”, não dispensam a celebração com jantar e festa caraterística do Réveillon.

E a um mês da grande festa que celebra a Passagem de Ano em quase todo o mundo, a Publituris reúne algumas das melhores programações turísticas que para o Réveillon 2022.

Nos “Transportes”, a comemorar uma década em Portugal, a Emirates está a viver um período positivo e a registar taxas de ocupação elevadas na rota de Lisboa, que volta a contar com dois voos diários.

David Quito, country manager da Emirates para Portugal, admite que “Portugal é, hoje, um destino fundamental para a Emirates, apesar do período negro da pandemia”.

Além dos “Check-in”, as opiniões desta edição pertencem a Jaime Quesado (economista e gestor), Miguel Mello do Rego (Allianz Partners Portugal), Sílvia Dias (Savoy Signature), Pedro Castro (SkyExpert), contando ainda com o “Observatório”, de António Paquete (economista e consultor de empresa), e de uma “Análise” de Luiz S. Marques (Dreams – Universidade Lusófona).

Boas leituras!

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Lusanova lança online seleção de circuitos na Europa para 2023

A Lusanova já lançou no seu website os Circuitos Europa Seleção para 2023, que disponibilizam opções de viagem para vários países europeus e contam com saídas ao longo de todo o ano. Os preços começam nos 740 euros.

Publituris

A Lusanova já lançou no seu website os Circuitos Europa Seleção para 2023, opções de viagem para vários países europeus, com saídas ao longo de todo o ano e que apresentam preços desde 740 euros.

De acordo com o operador turístico, estes circuitos contam com “partidas garantidas” e incluem “mais refeições e visitas”, sendo mesmo possível escolher partidas em português.

Estes circuitos, que incluem opções para visitar a Alemanha; Bulgária e Roménia; Chipre; os países Bálticos e Escandinavos; Grécia; Islândia; Itália; Polónia; Reino Unido e Turquia, tem uma duração variável, entre quatro a 12 dias, e apresentam preços que começam nos 740 euros por pessoa, em quarto duplo.

“Todos estes pacotes já estão disponíveis para venda em www.lusanova.pt e estarão a ser divulgados via webmail e redes sociais para todas as agências de viagens do país”, acrescenta o operador turístico.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Sabre anuncia parceria para impulsionar uso de cartões virtuais em viagens B2B

A Sabre, a Conferma Pay e a Mastercard estabeleceram uma parceria que visa aumentar o uso de cartões virtuais para pagamento de viagens entre empresas B2B.

Publituris

A Sabre, a Conferma Pay e a Mastercard estabeleceram uma parceria que visa aumentar o uso de cartões virtuais para pagamento de viagens entre empresas B2B, com o objetivo de criar “um ecossistema de pagamento de viagens aberto e independente”.

“A digitalização dos pagamentos, graças aos cartões bancários virtuais, ajuda a enfrentar os desafios históricos associados às transações entre empresas (B2B), para viagens corporativas e de lazer”, sublinham as empresas parceiras.

De acordo com o comunicado divulgado, estes cartões virtuais de uso único oferecem uma “forma segura” de pagamento, uma vez que, através do número, é possível estabelecer a ligação entre a reserva e os pagamentos associados a fornecedores de terceiros.

“Os compradores e fornecedores de viagens podem facilmente acompanhar e conciliar pagamentos, beneficiar de opções flexíveis de preços e financiamento, e ter maior segurança através de garantias de pagamento com cartão”, explica o comunicado divulgado.

Como parte do acordo, a Mastercard fez um investimento minoritário na Conferma Pay, que, apesar de ter sido adquirida pela Sabre em agosto de 2022, vai continuar “a operar de forma independente e servirá toda a indústria de viagens e não só”.

“A indústria de pagamentos está no meio de uma revolução e há uma necessidade crescente de as empresas de viagens gerirem melhor toda a experiência de pagamento”, considera Kurt Ekert, presidente da Sabre, que defende que as empresas de viagens “precisam de soluções sofisticadas e conexões imaculadas”, motivo pelo qual a Sabre está “a dar passos estratégicos” para atender às
necessidades da indústria, de que é exemplo a aquisição da Conferma Pay.

De acordo com o responsável, esta “nova parceria com a Mastercard ajudará a Conferma Pay a construir novas e melhoradas capacidades digitais em cartões virtuais para transformar a experiência de pagamento dos emitentes”.

Recorde-se que a Conferma Pay conecta as empresas emissoras a mais de 700 empresas de gestão de viagens, todos os principais sistemas de distribuição global e mais de 100 ferramentas de reservas online, estando totalmente integrada nos principais esquemas de cartões e serve mais de 50 parceiros bancários, com emissões de cartões virtuais em quase 100 moedas.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Sem categoria

Airmet reforça equipa no Norte e Madeira

Com 23 anos de experiência, Célia Castro reforça a equipa comercial da Airmet no Norte e na Madeira.

Publituris

A rede de agências Airmet acaba de reforçar a sua equipa na zona Norte e Madeira, com a contratação de Célia Castro.

A nova comercial reúne 23 anos de experiência no setor do turismo, tendo passado pela Soltour, BedsOnline e Hotelbeds.

“Esta nova integração vem ao encontro dos valores e objetivos estabelecidos pela Airmet: proximidade, confiança, cooperação e inovação. Assistir os nossos associados de perto é o que torna a Airmet um grupo sólido e em constante desenvolvimento. Estamos confiantes que reforçar o nosso departamento comercial com profissionais experientes, é uma mais-valia não só para fortalecer o acompanhamento dos nossos associados, mas também para a angariação de novas agências”, refere Luís Henriques, diretor-geral da Airmet, em comunicado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Soltour Travel Partners lança nova linha de negócios costeira especializada em sol e praia

A Soltour Travel Partners estabeleceu uma parceria com a Guest Incoming para lançar uma nova linha de negócios costeira especializada em sol e praia, que inclui as costas espanholas e o Algarve.

Publituris

A Soltour Travel Partners estabeleceu uma parceria com a Guest Incoming para lançar uma nova linha de negócios costeira especializada em sol e praia, que inclui as costas espanholas e o Algarve.

Segundo um comunicado enviado à imprensa esta quinta-feira, 24 de novembro, a Soltour Travel Partners explica que esta nova linha de negócio costeira vai beneficiar “da perícia e do know-how da Guest Incoming”, uma nova agência de viagens para o Mediterrâneo, que conta com contratação direta de cerca de 2.000 hotéis e que é “líder em serviços e novas tecnologias”.

“O seu profundo conhecimento do setor posicionou-os, em poucos anos, como uma das melhores agências recetivas em Espanha, gerindo mais de 400.000 clientes por ano”, acrescenta a Soltour Travel Partners.

Segundo o comunicado divulgado, esta parceria com a Guest Incoming é “mais uma demonstração do compromisso da empresa com as agências, com as quais pretendem liderar o segmento de sol e praia desde a Costa Brava até ao Algarve, oferecendo soluções abrangentes e transformando-as em verdadeiros players chave no mercado”.

Esta nova linha de negócio costeira deverá diferenciar-se pela “qualidade”, assim como por uma “seleção de locais privilegiados e um serviço personalizado”, que vai disponibilizar “tarifas competitivas e exclusivas em hotéis preferenciais na costa espanhola e portuguesa”.

Costa Brava e Costa de Barcelona, assim como Costa Dorada, Costa Blanca (Benidorm-Gandia), Murcia, Costa del Sol (Torremolinos, Benalmadena, Fuengirola), Costa de la Luz (Matalascañas) e o Algarve são as zonas incluídas na nova linha de negócio.

“A nossa missão com esta aliança centra-se em oferecer às agências um produto da mais alta qualidade e garantia, que lhes ofereça segurança e confiança. Além disso, o nosso objetivo é acelerar o seu trabalho, uma vez que todas estas ofertas serão apresentadas através de um único interlocutor”, afirma Tomeu Bennasar, CEO da Soltour Travel Partners, salientando que “tudo isto foi possível graças ao Guest Incoming, um dos melhores parceiros possíveis em Espanha neste segmento”.

Entusiasmado com a parceria mostra-se também Omar Spezie, CEO da Guest Incoming, que sublinha que esta nova linha de negócio vai oferecer “às agências de viagens um método de despersonalização da procura, permitindo desfrutar da costa espanhola e portuguesa em qualquer altura do ano”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Meliá Escapes é a nova aposta da Meliá Hotels International e Logitravel para viajantes

O novo projeto ficará disponível em nove países.

Publituris

A Meliá Hotels International e a Logitravel juntaram-se para criar a Meliá Escapes, um novo projeto que oferece aos clientes várias possibilidades na hora de organizarem as suas viagens.

Integrando-os no programa de fidelidade da empresa hoteleira, os membros MeliáRewards podem agora adquirir pacotes de estadia e voos, para além de contratar diferentes experiências e serviços adicionais para a sua viagem – seja aluguer de carro, transfers, excursões ou compra de entradas.

Desta forma, e como indicado em comunicado, este novo projeto conta com a capacidade tecnológica e experiência na criação de pacotes dinâmicos da Logitravel, combinada com o conhecimento do cliente e a capacidade hoteleira da Meliá Hotels International.

Na mesa nota de imprensa, o Grupo Viajes El Corte Inglés indica que “este projeto pressupõe mais um passo na aposta da empresa pelo desenvolvimento de inovações tecnológicas que gerem propostas de valor acrescido na customer journey, através da criação de pacotes dinâmicos e da oferta de serviços auxiliares ou atividades no destino”.

A Meliá Escapes, acessível em melia.com, estará disponível em nove países. O acesso para os clientes MeliáRewards de Espanha, Reino Unido e Estados Unidos fica disponível a partir desta quarta-feira, sendo que, brevemente, será possível fazê-lo também em Itália, França, Alemanha, Portugal, México e Canadá. Em comunicado indicam que, numa fase futura, esperam que a Meliá Escapes seja disponibilizada em mais mercados.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Solférias e Viajar Tours lançam charters de Lisboa e Porto para Saïdia no verão

 A operação da Solférias e da Viajar Tours para Saïdia conta com um voo charter desde Lisboa e outro do Porto, ambos com partida aos sábados, com a primeira saída a decorrer a 3 de junho, enquanto a última acontece a 16 de setembro.

Publituris

A Solférias e a Viajar Tours vão voltar a contar com uma operação charter para Saïdia, em Marrocos, disponibilizando voos à saída de Lisboa e Porto ao longo do próximo verão, cuja programação foi já lançada de forma antecipada.

Segundo um comunicado dos operadores turísticos, “a estância balnear de Saïdia, a apenas 1h30 de voo à partida de Portugal, tem já um lugar relevante junto dos viajantes portugueses, sobretudo como um excelente destino para as férias de verão”, motivo pelo qual voltam a programar charters para este destino marroquino.

 A operação conta com um voo charter desde Lisboa e outro desde o Porto, ambos com partida aos sábados, com a primeira saída a decorrer a 3 de junho, enquanto a última acontece a 16 de setembro.

“A Solférias e o Viajar Tours, numa estreita colaboração com todos os seus parceiros no destino, mantêm a convicção que a antecipação da oferta vai aumentar ainda mais a capacidade dos agentes de viagem em responder à crescente procura dos viajantes nacionais, que optam por reservar as suas férias atempadamente”, acrescentam os operadores turísticos, na informação divulgada.

Todas as informações sobre a programação para Saïdia está já disponível através dos sites de ambos os operadores turísticos, através dos quais é também possível realizar a reserva.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Nortravel anuncia charters de Lisboa e Porto para Cabo Verde no verão de 2023

A Nortravel vai programar dois charters para a ilha do Sal, com partidas de Lisboa e Porto, assim como uma operação desde o Porto para a Boa Vista. Os preços começam nos 726 euros e as reservas online já estão disponíveis.

Publituris

O arquipélago de Cabo Verde vai ser uma das apostas da Nortravel para o próximo verão, com o operador turístico a anunciar charters com partida de Lisboa e Porto, com destino às ilhas do Sal e Boa Vista.

De acordo com um comunicado da Nortravel, para a ilha do Sal estão previstos charters com saída de Lisboa e do Porto, com as partidas de Lisboa a acontecerem todas as sextas, de 7 de julho a 8 de setembro, enquanto as partidas do Porto, que também decorrem às sextas-feiras, realizam-se entre 2 de junho a 29 de setembro.

Já no caso da ilha da Boa Vista, o operador turístico vai ainda programar um charter à partida do Porto, com saídas às quintas-feiras, entre 22 de Junho a 14 de Setembro.

“Estas propostas serão realizadas em modernos aviões Boeing 737/800 da companhia polaca Enter Air, com capacidade para 189 passageiros”, indica ainda a Nortravel no comunicado divulgado.

Para as partidas de Lisboa com destino ao Sal, o operador turístico disponibiliza preços desde 834 euros, em regime de alojamento e pequeno-almoço, enquanto no caso das partidas do Porto os preços começam nos 726 euros, também em regime de alojamento e pequeno-almoço.

Já para a operação com destino à Boa Vista, cujas partidas decorrem do Porto, a Nortravel está a disponibilizar valores que começam nos 1.019 euros, em regime de tudo incluído.

As propostas do operador turístico para o verão de 2023 em Cabo Verde já se encontram disponíveis para reservas online com confirmação imediata, através do site da Nortravel.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.