Assine já
Emprego e Formação

Glion e Les Roches procuram novos alunos em Portugal

Com vista a atrair futuros talentos para os setores da hotelaria e turismo, as escolas de Hospitality Management Glion e Les Roches vão promover as suas ‘personal meetings’ em Portugal.

Publituris
Emprego e Formação

Glion e Les Roches procuram novos alunos em Portugal

Com vista a atrair futuros talentos para os setores da hotelaria e turismo, as escolas de Hospitality Management Glion e Les Roches vão promover as suas ‘personal meetings’ em Portugal.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Glion e Les Roches presentes em feira de informação para estudar no estrangeiro
Emprego
Les Roches e Glion procuram jovens portugueses interessados em formação internacional
Emprego e Formação
Les Roches Marbella abre inscrições para Hospitality Management
Emprego e Formação
Les Roches lançam nova pós-graduação
Homepage

Lisboa, Cascais e Porto são as cidades onde vão ter lugar estes encontros, entre os dias 26 e 29 deste mês, sempre das 14h00 e as 18h00.

A sessão de Lisboa está marcada para terça-feira no  Hotel Myriad by Sana, enquanto em Cascais decorrerá no Hotel Cascais Miragem Health & Spa, nos dias 27 e 28, e na Invicta está agendada para o dia 29, no Sheraton Porto Hotel & Spa – 29 de abril

Estas one-to-one online meetings têm como objetivo apresentar as várias tipologias formativas em detalhe aos jovens portugueses que pretendem dar continuidade ao seu percurso académico a nível internacional.

Os interessados podem obter todas as informações necessárias sobre o funcionamento das escolas, o método de ensino, as oportunidades de carreira e também esclarecer eventuais dúvidas sobre o próximo intake.

A Glion e a Les Roches procuram em Portugal alunos com um perfil internacional, que gostem de viajar, tenham bom nível de inglês e interesse pela indústria hoteleira.

Os processos de admissão já estão a decorrer e há vagas disponíveis nos vários campus das duas instituições de ensino, nomeadamente Suíça e Espanha.

Os encontros individuais têm a duração de aproximadamente uma hora e devem ser agendados através do e-mail [email protected]

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Emprego e Formação

NOVA IMS anuncia reforço de formação em turismo e hotelaria

Pós-graduação de Business Intelligence & Analytics for Hospitality and Tourism, assim como quatro microcredenciações nas áreas de Business Intelligence, Business Analytics, Transformação Digital e Marketing Digital, são apostas de formação da NOVA IMS para os setores de turismo e hotelaria.

Publituris

As novas ofertas formativas, que contam com condições vantajosas para os alunos, com o apoio do PRR, foram apresentadas publicamente na conferência “Digital Analytics for Hospitality & Tourism by TIA | PRR”, que decorreu recentemente, no Salão Nobre do Colégio Almada Negreiros da Universidade Nova de Lisboa.

Segundo a entidade, os novos cursos disponibilizados para a área do turismo têm como foco principal a análise e a ciência dos dados, recorrendo a técnicas inovadoras e novas tecnologias digitais, com o objetivo de aumentar a vantagem competitiva do setor, facilitar o processo de tomada de decisão com base em métodos analíticos e compreender os novos desafios e oportunidades criados pela transformação digital. Serão ainda disponibilizados modelos de análise para monitorizar o valor criado por cada turista em Portugal e potenciar o setor.

Com o apoio do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e como forma a promover o acesso à nova oferta curricular, a NOVA IMS avança com condições promocionais, especificas em cada curso, que vão desde descontos entre 40% a 100%, para todos os alunos residentes em território nacional durante a realização do respetivo curso.

Miguel de Castro Neto, diretor da NOVA IMS, refere que “face à nossa experiência prévia, foi possível atestar da capacidade da formação especializada nesta área, promover a aquisição de competências que vieram a ter um impacto profissional direto a quem frequentou este tipo de cursos, mas também aproximar o que fazemos na academia com as necessidades do mercado”, para destacar que os novos programas da NOVA IMS “têm sempre uma forte componente de ligação ao mercado, uma vez que usamos dados e casos reais para os alunos trabalharem nestes programas”.

O reforço da oferta curricular ao nível da pós-graduação conta ainda com as parcerias institucionais do Turismo de Portugal, a Confederação do Turismo de Portugal, o Nest (Centro de Inovação do Turismo), a Hurb e os grupos Pestana e Vila Galé.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Salário mínimo no Vila Galé será fixado nos 900 euros

O grupo Vila Galé  anunciou em conferência de imprensa esta quarta-feira, 11 de janeiro, que vai proceder ao aumento médio dos salários dos colaboradores em 11%, além de fixar o salário mínimo nos 900 euros.

Carla Nunes

O grupo Vila Galé  anunciou em conferência de imprensa esta quarta-feira, 11 de janeiro, que vai proceder ao aumento médio dos salários dos colaboradores em 11%, além de fixar o salário mínimo nos 900 euros.

De acordo com os responsáveis pelo grupo, o aumento de 11% nos salários será feito de forma proporcional, sendo que quem tem salários mais baixos terá um aumento maior e quem tem salários mais altos terá um aumento menor.

Relativamente ao aumento do salário mínimo praticado no grupo para os 900 euros, Jorge Rebelo de Almeida e Gonçalo Rebelo de Almeida, presidente do Conselho de Administração e CEO do Vila Galé, respetivamente, garantem que, a par do aumento, os colaboradores mantém o conjunto de benefícios oferecidos pelo grupo, onde estão incluídos seguro de saúde, férias gratuitas e descontos até 65% nos hotéis Vila Galé, prémios anuais de produtividade e planos de formação contínua ou bolsas de apoio à educação.

Serão ainda criadas soluções para apoiar o acesso à habitação e contribuir com outros apoios sociais e incentivos para os seus colaboradores.

O Vila Galé tem cerca de 1.350 colaboradores em Portugal. O investimento do grupo em recrutamento cifra-se nos quatro milhões de euros, sendo que as próximas quatro aberturas do grupo (Vila Galé Monte do Vilar, Vila Galé Nep Kids, Vila Galé Collection São Miguel e Vila Galé Collection Tomar) resultarão na contratação de pelo menos 150 colaboradores.

Sobre o autorCarla Nunes

Carla Nunes

Mais artigos
Emprego e Formação

Curso Avançado de Escanção na Escola de Hotelaria e Turismo do Douro

A Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, em Lamego, vai ministrar, a partir de 16 de janeiro, um Curso Avançado de Escanção, com a duração de 150 horas, decorrendo até 6 de junho de 2023.

Publituris

Esta ação formativa terá módulos como Biologia do vinho, Marketing de vinhos e Enogastronomia, e ainda aquisição de conhecimentos sobre diferentes vinhos nacionais e internacionais, construção de uma cave e elaboração de uma carta de vinhos, entre outras, anuncia a Escola, que avança que as aulas têm lugar em formato presencial, dois dias por semana (segunda-feira e terça-feira), em Lamego, entre as 15:00 e as 19:00.

Em plena região demarcada do Douro, o estabelecimento de ensino aposta, assim, segundo a imprensa local, em formação que vai permitir aos formandos saber “gerir uma garrafeira e promover os produtos e a sua história, fazer harmonizações entre iguarias e vinhos e aumentar as vendas e proveitos são atividades para as quais os profissionais especialistas de vinhos poderão adquirir competências”, para acrescentar que este curso “vem no seguimento do sucesso das três edições do curso de escanção-inicial já realizadas”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

FITUR Talent destaca educação e formação como impulsionadores do desenvolvimento do turismo

A FITUR irá focar-se na evolução e gestão do talento nas organizações e empresas nos últimos anos, bem como nas principais tendências e novas estratégias de motivação e remuneração dos colaboradores, entre outros grandes desafios.

Publituris

A FITUR, Feira Internacional de Turismo, organizada pela IFEMA MADRID, que será realizada de 18 a 22 de janeiro, destacará mais uma vez o talento e a educação & formação como motores do desenvolvimento do turismo e da dinâmica económica na FITUR Talent.

A quarta edição deste fórum, coordenado pela Educación 3.0, terá como foco a evolução e gestão do talento nas organizações e empresas nos últimos anos, as principais tendências futuras, novas estratégias para motivar e recompensar os funcionários e outros grandes desafios relacionados com esta temática.

De referir que foi na edição de 2020 que a FITUR lançou este novo espaço monográfico centrado nas pessoas, no talento, educação & formação, competências e formação profissional. “Num setor caracterizado pela constante evolução, as empresas precisam de profissionais com a melhor e mais completa formação”, refere a organização do evento, em comunicado, salientando que “estas são pessoas ágeis e preparadas para interagir com o novo turista digital (exigente, hiperconectado e omnichannel) e que possuem o conhecimento necessário para gerir as novas tecnologias que estão a impactar o negócio do turismo (big data & analytics, inteligência artificial, chatbots, blockchain, IoT, etc.).

Assim, a FITUR Talent analisará o que a indústria da educação pode oferecer a esses profissionais; se as universidades e centros de formação têm atualizado os seus conteúdos para esta realidade; que papel terá a nova Formação Profissional Dupla neste novo cenário; quais são as chaves que os gestores de formação precisam levar em conta para se adaptar à procura de uma indústria em que as máquinas estão a assumir progressivamente as tarefas mais rotineiras e as pessoas estão sendo utilizadas em funções de maior valor.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

École Ducasse e École d’Hôtellerie et de Tourisme du Luxembourg criam nova formação público-privada

Com base numa parceria de mais de quatro anos, a École Ducasse e a École d’Hôtellerie et de Tourisme du Luxembourg (EHTL) reforçam a sua colaboração através da criação de um curso de formação ad hoc, concebido para estudantes das indústrias hoteleira, restauração e turismo.

Publituris

Com base numa parceria de mais de quatro anos, a École Ducasse e a École d’Hôtellerie et de Tourisme du Luxembourg (EHTL) reforçam a sua colaboração através da criação de um curso de formação ad hoc, concebido para estudantes das indústrias hoteleira, restauração e turismo, como indicado em comunicado.

Desta forma, a École Ducasse vai ministrar um curso de competências certificado centrado na gastronomia a partir de maio de 2023, que fará parte do currículo educacional nacional luxemburguês da EHTL. Os alunos da EHTL vão assim juntar-se a este programa de dez semanas da École Ducasse “Les Essentiels des Arts Culinaires”, baseado num processo de seleção que envolve a apresentação de um dossier de candidatura.

Este curso de formação intensiva, com uma forte dimensão prática, permitirá aos participantes descobrir os fundamentos da cozinha francesa, bem como dominar as bases da abordagem culinária e filosofia de Alain Ducasse. Os estudantes vão implementar técnicas contemporâneas e tradicionais e descobrir os segredos dos grandes clássicos franceses, selecionando, preparando e cozinhando os melhores produtos.

O curso compreenderá os seguintes módulos de aprendizagem: Técnicas fundamentais das artes culinárias; Bistronomia e cozinha tradicional; Cozinha mediterrânica; Técnicas fundamentais de fabrico em pastelaria; Gestão financeira de restaurantes; Licenças de higiene e de funcionamento e, por fim, um estágio num restaurante.

No final deste programa, os estudantes recebem a certificação profissional de Chef(fe) de partie en restauration gastronomique (cozinheiro de restauração gourmet), reconhecida oficialmente em França.

As duas instituições decidiram anunciar este reforço da sua parceria na 14ª edição da Expogast – Salão Internacional de Gastronomia do Luxemburgo, criada em 1972 e que celebra este ano o seu 50.º aniversário.

“A parceria com a École Ducasse dará aos estudantes da École d’Hôtellerie et de Tourisme do Luxemburgo uma vantagem considerável na abordagem das profissões de hotelaria e gastronomia, bem como uma oportunidade de descobrir as aberturas profissionais facilitadas pelos diplomas de artes culinárias”, referiu Michel Lanners, diretor da École d’Hôtellerie et de Tourisme do Luxemburgo.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Restauração

Já estão abertas as inscrições do concurso para jovens sommeliers que leva os vencedores a Itália

A iniciativa “Viaje no seu futuro! Jovem Sommelier De Vinhos Italianos” é dividida numa competição de duas partes. No final, dois participantes ganham um curso de formação em Itália.

Publituris

O concurso para jovens sommeliers tem inscrições abertas até 15 de dezembro, de acordo com informação avançada em comunicado. A iniciativa “Viaje no seu futuro! Jovem Sommelier De Vinhos Italianos”, lançada no âmbito da Semana da Cozinha Italiana no Mundo, vai levar dois participantes até Itália para um curso de formação, na Escola Internacional de Cozinha Italiana da ALMA, em Colorno, em Parma.

O concurso está aberto a portugueses até aos 40 anos que sejam sommeliers, escanções, profissionais da indústria hoteleira e da restauração, distribuição de alimentos e bebidas ou estudantes em escolas superiores especializadas e centros de formação. Os candidatos devem ter conhecimentos teóricos e práticos da viticultura em geral, devendo também estar interessados em desenvolver um conhecimento profissional sobre o vinho italiano, tanto em termos de vinhas clássicas italianas como também da sua geografia vinícola.

A iniciativa está divida em duas fases. A primeira diz respeito à fase de qualificação, na qual serão admitidos os candidatos que satisfaçam os requisitos básicos da inscrição e que possam comprovar os seus conhecimentos, sujeitos à avaliação dos organizadores. Aqui os candidatos serão submetidos a uma prova escrita, com perguntas gerais relativas à enologia, à enografia e à técnica de degustação, seguida de uma prova prática sobre a identificação e descrição da organolética do vinho italiano.

Por fim, a segunda fase contará apenas com a participação de cinco candidatos – os que obtiverem a melhor pontuação na fase de qualificação.

Dos cinco participantes serão selecionados dois vencedores, que terão a oportunidade de participar num curso de formação teórico e prático, com a duração de uma semana, na Escola Internacional de Cozinha Italiana da ALMA em Colorno (Parma). O curso inclui visitas a adegas, restaurantes italianos, produtores de vinho e provas de produtos típicos dos territórios italianos mais representativos da gastronomia e da cultura vínica daquele país. O prémio inclui ainda as despesas de viagem e alojamento.

Para participarem, os interessados devem preencher o formulário disponibilizado na página da Embaixada de Itália em Lisboa (https://amblisbona.esteri.it/ambasciata_lisbona/pt), enviando-o, juntamente com o seu CV, para o email [email protected]

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

EHTO organiza primeiro concurso de pastelaria literária

O concurso “Once Upon a Pastry” decorre na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) no início do próximo ano e é aberto a todos os alunos de hotelaria do país.

Publituris

De 11 a 12 de janeiro de 2023, a Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) terá a decorrer a primeira edição do concurso de pastelaria Once Upon a Pastry, onde os participantes serão desafiados a escolher uma obra literária e criar uma sobremesa baseada na mesma.

A iniciativa, que parte da turma de Gestão e Produção de Pastelaria desta instituição, “pretende incentivar a criatividade, inovação e o hábito da leitura nos concorrentes”, como indicado em comunicado enviado pela EHTO.

No mesmo documento é adiantado que o concurso é “pensado e desenhado de alunos para alunos”, já que constitui “o projeto final da turma de Gestão e Produção de Pastelaria” desta escola. Além das provas teóricas e práticas, a iniciativa contará com mostras de produtos e um jantar.

O painel de jurados será composto por: Ricardo Duque, representante da Óbidos Creativa; José Pinho, presidente do F(Ó)LIO; Lara Figueiredo, pasteleira no restaurante Midori, do Penha Longa Resort, e Francisco Siopa, chef executivo de pastelaria do Penha Longa Resort.

A competição Once Upon a Pastry é aberta a todos os alunos de hotelaria do país, sendo que as inscrições devem ser realizadas através de um formulário até 2 de dezembro.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

Vagos assina protocolo do programa ‘Formação + Próxima’ com Turismo de Portugal

O programa “Formação + próxima”, do Turismo de Portugal, visa capacitar os colaboradores do setor do turismo, de forma gratuita, através de formação de empresários, gestores, quadros intermédios e operacionais em regime presencial e à distância. 

Publituris

O município de Vagos irá assinar, no próximo dia 18 de novembro, o protocolo referente ao programa “Formação + Próxima” com o Turismo de Portugal.

O programa “Formação + próxima”, do Turismo de Portugal, visa capacitar os colaboradores do setor do turismo, de forma gratuita, através de formação de empresários, gestores, quadros intermédios e operacionais em regime presencial e à distância.

O intuito desta formação passa por acrescentar valor ao tecido empresarial da região através de um programa que seja mais próximo das pessoas e mais próximo das necessidades dos territórios. Pretende-se, desta forma, profissionalizar o turismo do concelho e todos os serviços complementares a este setor, de forma a valorizar os nossos recursos endógenos e integrá-los numa rede de oferta turística abrangente e consolidada.

O plano de formação previsto tem a duração de dois anos e abrangerá áreas diretamente ligadas ao turismo como o reconhecimento do território para melhor o promover, línguas estrangeiras, gastronomia, gestão de alojamentos, animação turística, assim outras áreas ligadas à gestão de negócios, marketing, vitrinismo, empreendedorismo, entre outros.

Antes da assinatura do protocolo haverá uma sessão que servirá para refletir sobre a importância de qualificar pessoas, os desafios da formação para o turismo, a oferta existente/a criar e os novos paradigmas, contando para tal com a participação de Ana Paula Pais, diretora do Departamento de Formação do Turismo de Portugal; Adriana Rodrigues, da Turismo do Centro; José Luís Marques, diretor da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra; e Silvério Regalado, presidente da Câmara Municipal de Vagos.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

École Ducasse – Nai Lert Bangkok Studio abre na capital tailandesa em dezembro

Com uma oferta formativa de cursos práticos e académicos, a instituição celebra “o património da cozinha francesa e tailandesa”.

Publituris

O grupo Nai Lert prepara-se para inaugurar a École Ducasse – Nai Lert Bangkok Studio a 14 de dezembro deste ano. O novo espaço combina um centro de formação tanto para entusiastas como para profissionais, uma área para eventos e um café aberto ao público.

Com uma oferta formativa de cursos práticos e académicos, a École Ducasse – Nai Lert Bangkok celebra “o património da cozinha francesa e tailandesa, ao mesmo tempo que ecoa as tendências da gastronomia contemporânea e a filosofia do fundador, Alain Ducasse”, como se pode ler em comunicado.

As aulas são ministradas em tailandês, inglês e francês, sendo que as turmas são compostas por “um número relativamente pequeno de alunos por turma, permitindo um relacionamento one-to-one por parte do chef da formação”. A instituição irá também formar chefs profissionais que queiram continuar a reforçar os seus conhecimentos sobre temas gastronómicos, tais como “Menu 3 estrelas”, “Cozinha vegetariana” ou “Peças de pastelaria artística”.

Escola divide-se por três andares

Aninhado no centenário Parque Nai Lert, o edifício da École Ducasse – Nai Lert Bangkok Studio foi construído de raiz e abrange mais de 1.400 metros quadrados em três andares. Dois destes andares são dedicados às cinco cozinhas e oficinas da escola, a um laboratório de chocolate e gelados, a uma adega de vinhos e a uma sala de eventos.

As cozinhas foram concebidas pela equipa da École Ducasse para assegurar que as instalações, aparelhos e layout são todos de última geração, cumprindo os padrões profissionais, como indicado em comunicado.

O edifício contempla ainda um espaço para eventos, que pode ser adaptado para várias ocasiões, como seminários e formação de equipas, festas after hours, lançamentos de produtos, reuniões de trabalho e demonstrações, filmagens e jantares empresariais.

Já no rés-do-chão, com vista para o Nai Lert Park, encontra-se o École Ducasse Bangkok Café, onde será servido o pequeno-almoço francês com criações dos chefs executivos de cozinha e pastelaria da École Ducasse.

O primeiro Studio da École Ducasse fora de Paris

Banguecoque foi considerado o local “ideal” para a formação especializada em culinária e pastelaria, motivando também a escolha para o primeiro Studio fora de Paris, “graças ao excecional património culinário da Tailândia”, como se pode ler em comunicado.

A equipa de profissionais do Studio do Chef Alain Ducasse oferecem um conjunto único de conhecimentos, composta por Meilleurs Ouvriers de France (Melhores Artesãos de França), campeões mundiais, chefs e pasteleiros de renome, artesãos e especialistas em hospitalidade, juntamente com equipas tailandesas.

“Este é um marco significativo para o Grupo Nai Lert, pois com o Nai Lert Bangkok Studio – École Ducasse prosseguimos o nosso compromisso com a excelência, enriquecemos a educação culinária e trazemos uma nova experiência gastronómica holística à Tailândia”, disse Naphaporn “Lek” Bodiratnangkura, CEO do Grupo Nai Lert, acrescentando que a instituição “irá contribuir para abrir novas paisagens culinárias no país”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

ADHP e AHETA assinam protocolo de cooperação para formação

A ADHP – Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal e a AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve assinaram um protocolo com o intuito de “reforçar o contributo para a qualificação dos profissionais da hotelaria e do setor do turismo”.

Publituris

Este protocolo de cooperação, assinado a 28 de setembro, permite que os associados da AHETA beneficiem de condições especiais nas iniciativas de formação da ADHP. Prevê ainda fomentar a “realização de programas de formação técnico-científica e educacional”, em linha com os novos desafios do setor, como indicado em comunicado.

A assinatura deste protocolo vem no seguimento do anúncio de duas novas edições do Curso de Especialização em Direção Hoteleira (CEDH), a principal iniciativa de formação organizada pela ADHP. A primeira edição de 2022 teve início a 11 de outubro e a segunda arranca a 8 de novembro.

“A hotelaria e o turismo exigem cada vez mais formação especializada, para que as equipas estejam em linha com as expectativas e os objetivos das empresas. Este protocolo vai contribuir de forma decisiva para a ação da ADHP e da AHETA nessa dimensão, trazendo benefícios significativos para os associados das duas organizações ao aproximar os projetos formativos e ao desenvolver novos dinamismos baseados numa troca de know how técnico e científico”, refere Fernando Garrido, presidente da ADHP.

Por sua vez Helder Martins, presidente da AHETA, considera este “um passo muito importante, tendo em vista a disponibilização de oportunidades de formação no setor, algo de extrema importância para a melhoria da qualidade do serviço a prestar aos nossos hóspedes”.

“A formação profissional é, igualmente, uma das apostas da nova direção da AHETA. Quer com a ADHP, quer com outras entidades, temos tido oportunidade de identificar as reais necessidades de formação dos nossos associados, para que na próxima época baixa seja possível proporcionar oportunidades de formação a todo o setor”, menciona o dirigente.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.