50 ideias para o Turismo | A obtenção de melhores resultados, com uma simples mudança de estratégia

Por a 16 de Agosto de 2018 as 11:47

Durante vários anos, tive oportunidade de expressar a minha opinião de que a BTL, pela sua configuração, era uma feira mais destinada ao Outgoing do que ao Incoming. Face à inteligência, a trabalho meticuloso que a direção da BTL tem desenvolvido, seria injusto não rectificar esta minha opinião, razão pelo qual considero que hoje representa uma feira com elevado nível organizacional e representatividade de presença de agentes de viagens de vários países emissores e muito importante de salientar, dos vários segmentos de mercado.

Contudo, no meu ponto de vista e, com base na minha observação como profissional do sector e também na auscultação que tenho levado a efeito junto de vários agentes de viagens que estiveram presentes nas últimas feiras, considero extremamente relevante que em futuras feiras exista um dia, exclusivamente, para reunir todos os agentes de viagens convidados, onde todas as entidades de turismo ou agências de promoção turística das respetivas regiões, possam efectuar a apresentação individual das potencialidades turísticas das referidas regiões que representam.

Há que manter o procedimento que tem sido posto em prática, uma vez que, além de Lisboa, posteriormente, alguns destes agentes de viagens vão conhecer outras regiões do Continente ou Ilhas.

Não podemos perder a excelente e única oportunidade de, em simultâneo, centenas de agentes de viagens convidados, poderem ter a possibilidade de numa única sessão de trabalhos de um dia, terem contacto com a fantástica e diversificada oferta de produtos turísticos, susceptíveis de atraírem importantes e desejáveis nichos de mercado.

Manuel Pinto, director-geral da PHC Hotels
Nota de editor: No âmbito da celebração do seu 50º aniversário, o Publituris convida, em todas as suas edições de 2018, uma figura do sector a lançar uma “Ideia para o Turismo”.

Um comentário

  1. Luis Lourenço

    17 de Agosto de 2018 at 18:44

    Conheço o Sr. Manuel Pinto há 35 anos e juntos fizemos múltiplas visitas porta a porta por todo o território Norte Americano. Ainda não encontrei e julgo que será difícil encontrar no futuro um profissional tão capaz de fazer os seus clientes sejam eles americanos, canadianos ou lmigrantes sentirem-se tão apreciados, tão confiantes, tão agradecidos como o fazem com ele. A sua companhia é contagiante fazendo daqueles que o acompanham mais focalizados, e mais energéticos.
    A sua dedicação as empresas que representa é total.
    E enquanto visita os clientes mantém intacta a gerência dos seus hotéis. O Sr. Pinto é também um professor nato e feliz da Universidade ou estabelecimento de ensino sobre turismo e gerência hoteleira que poderá contar com a sua colaboração.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *