50 ideias para o Turismo | A Digitalização e a Mobilidade

Por a 26 de Abril de 2018 as 14:30

Quando recebi o telefonema da Carina convidando-me para escrever um pequeno artigo que espelhasse uma “ideia” para o Turismo, foram várias as ideias que me surgiram. No entanto depressa conclui que seria sobre o aluguer de veículos sem condutor que deveria falar, sobretudo por ser uma atividade que sempre me fascinou e á qual me encontro ligado, tendo para o efeito escolhido – A Digitalização e a Mobilidade.

Como dizia Thomas Cook (pai do Turismo moderno) a mobilidade é a pedra angular do Turismo, pois sem mobilidade não existe Turismo, sendo que a própria palavra turismo tem a sua origem na expressão “tour” que significa na linguagem atual – Mobilidade.

Os cada vez maiores e desenfreados ritmos urbanos, obrigam os que aí vivem a paragens terapêuticas em que as práticas de lazer assumem um papel cada vez mais importante.

Na – Mobilidade – encontramos os vários meios de transporte (terrestre, marítimo e aéreo), tendo a sua utilização sido decisiva para o aparecimento do turismo organizado em finais do século XIX.

No que respeita ao transporte terrestre vou falar do aluguer de veículos sem condutor, nomeadamente do automóvel.

O surgimento das empresas de aluguer de automóveis é contemporâneo do aparecimento do automóvel no início do século XX, tendo sido os fabricantes de automóveis os primeiros a criarem empresas de aluguer do grande invento do século que permitia ir de um lado para outro de forma cómoda e rápida face aos transportes existentes na época, tendo levado as pessoas a descobrir outros destinos, ou seja, a fazer turismo.

Com o evoluir dos tempos e o aparecimento das novas tecnologias, nomeadamente da informática e do digital, também esta atividade fundamental para a manutenção e crescimento do Turismo que em 2017 pelo sétimo ano consecutivo de crescimento no sector turístico, de acordo com o Barómetro da Organização Mundial do Turismo (OMT): 3,9%. No total, foram 1,2 mil milhões de turistas em todo o mundo, mais 46 milhões que em 2015 e que continuará a crescer, torna indispensável a adaptação das novas tecnologias ao aluguer de veículos automóveis e outros meios de mobilidade, sendo que o transporte aéreo há já vários anos que adotou estas tecnologias.

É seguro que a internet transformou a economia e as relações de consumo, pelo que esta importante ferramenta deve ser considerada não como um simples meio de comunicação, mas sim como um ambiente – o ambiente digital, através do qual os modelos de negócio são agora criados. É o abandono dos modelos de negócio off-line e a construção dos novos modelos de negócio on-line.

Também agora o rent-a-car irá brevemente adotar as tecnologias digitais na elaboração dos contratos de aluguer, reservas e gestão de todo o tipo de operações de locação (já que a gestão e operações destas empresas há muitos anos que adotaram estas ferramentas).

Com publicação da legislação que vem permitir às empresas de aluguer de veículos sem condutor operar com maior celeridade no atendimento e celebração de contratos de aluguer de veículos garantir-se-á uma melhor satisfação dos clientes e uma melhor otimização dos recursos das empresas.

Estou certo que a nova legislação (assim se espera) irá permitir que alugar um automóvel ou outro meio de mobilidade seja tão fácil como que permitirá a qualquer pessoa contratar o veículo pretendido através do seu smartphone, tablet ou computador de forma quase instantânea.

Esta é sem dúvida uma “ideia” que irá seguramente fomentar o aluguer de veículos e trazer mais turistas ao nosso país, dando continuidade ao crescimento registado há mais de quatro anos.

Joaquim Robalo de Almeida, secretário-geral da ARAC – Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor 

Nota de editor: No âmbito da celebração do seu 50º aniversário, o Publituris convida, em todas as suas edições de 2018, uma figura do sector a lançar uma “Ideia para o Turismo”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *