Assine já
Carnaval
Rio de Janeiro volta a ter Carnaval, mas em abril

Não tendo sido festejado na data devida, o Carnaval volta ao Sambódromo do Rio de Janeiro no mês de abril. As autoridades brasileiras apontam para cerca de 400 mil visitantes. Já em termos de encaixe económico, este ascendeu a 7 mil milhões de euros, em 2020.

Mealhada também cancela festejos de Carnaval

Organização justifica a decisão pelo facto de “não estarem reunidas as condições necessárias” para a realização dos festejos de Carnaval, mas admite que ainda está a pensar numa forma de assinalar o dia de Carnaval.

Sines também cancela Carnaval devido à situação epidemiológica

Apesar do cancelamento justificado com a atual situação epidemiológica, autarquia admite realizar “um conjunto de iniciativas” para assinalar o Carnaval, que se festeja a 1 de março.

Torres Vedras também cancela festejos e desfiles de Carnaval

Segundo a autarquia de Torres Vedras, a situação pandémica ainda torna “inviável” a realização das celebrações, naquela que será apenas a terceira vez na história em que o Carnaval de Torres Vedras é cancelado.

Ómicron ameaça Carnaval no Brasil e cancela festejos de rua

Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador ou Olinda são algumas das cidades brasileiras que cancelaram os festejos de Carnaval de rua, apesar de manterem os desfiles no sambódromo e outros eventos.

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.