Assine já
Distribuição

Presidente da APAVT admite um 2023 “menos robusto” no outgoing e em algum incoming europeu

“Prevemos um 2023, ao nível do mercado português, e de outros mercados emissores europeus, menos robusto que em 2022. Diria que a nossa operação de verão em 2023 é bem espectável que seja menos robusta”, alertou o presidente da APAVT.

Carolina Morgado
Distribuição

Presidente da APAVT admite um 2023 “menos robusto” no outgoing e em algum incoming europeu

“Prevemos um 2023, ao nível do mercado português, e de outros mercados emissores europeus, menos robusto que em 2022. Diria que a nossa operação de verão em 2023 é bem espectável que seja menos robusta”, alertou o presidente da APAVT.

Sobre o autor
Carolina Morgado
Artigos relacionados
“Temos uma lista credível, de gente conhecida e transversal”
Homepage
“Turismo: Os desafios do crescimento” é tema do 44º congresso da APAVT
Distribuição
“Conseguir pagar os reembolsos a todos os nossos clientes é o desafio da nossa sobrevivência”, alerta Costa Ferreira
Distribuição
“Há uma grande probabilidade do verão ser melhor” e permitir retoma turística
Homepage

Num encontro com jornalistas, sexta-feira em Lisboa, e respondendo a uma questão colocada pelo Publituris, Pedro Costa Ferreira apontou que, no verão do próximo ano “teremos, por um lado, a poupança forçada já gasta, e por outro lado, menor rendimento disponível decorrente da inflação e, sobretudo, do peso que tem as prestações para habitação própria da classe média portuguesa”.

Assim, o dirigente admite que os destinos de proximidade tenhas oportunidades nesta conjuntura. Neste caso apontou a Madeira e os Açores “podem ter uma oportunidade acrescida, pois como se sabe, durante a pandemia também a tiveram. Isto também pode voltar a incluir destinos do continente”.

Preocupado está também com os principais mercados emissores europeus para Portugal. “Já há notícias muito desagradáveis do Reino Unido no que diz respeito à desvalorização da libra, que é uma da espécie de inflação ainda maior. E temos do ponto de vista do mercado alemão um histórico, é que, assim que há uma perspetiva de menor rendimento disponível, há menor consumo. Aliás, a Alemanha já está a entrar em recessão. Estou a falar de dois mercados fortíssimos para Portugal, mas teremos que olhar também para outros mercados europeus”.

Por outro lado, acrescentou, “se olharmos para o olharmos para o mercado norte-americano e para a valorização do dólar, teremos uma oportunidade espetacular, e sabendo que este mercado, e todos os mercados de longo curso são estratégicos do ponto de vista do turismo português, quem sabe. não teremos aqui, nas dificuldades. Uma oportunidade para acelerarmos alguns aspetos”.

Costa Ferreira sublinha, no entanto, que a “incerteza é total”, referindo que estamos a dar respostas como o mundo é atualmente “com a inflação, com a guerra como está, mas nada está garantido. A incerteza é total”.

Em relação a este ano, o presidente da APAVT sublinha que “já está tudo praticamente gasto. Foi um dos componentes da expressão inflacionária em que vivemos e não nos apanhou de surpresa.

Indica que, em 2020 “dizíamos que ia haver uma poupança forçada e que o retorno ia ser off/on e foi, e dissemo-lo, contra a maioria de estudos de consultores e outros analistas que indicavam regressos mais atenuados no tempo. Nós sempre dissemos que se houvesse condições do ponto de vista pandémico que a procura voltaria num dia, e voltaria mais forte do que nunca, e foi oque aconteceu” salientou Pedro Costa Ferreira no encontro com jornalistas.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Artigos relacionados
Distribuição

Em webinar: Consolidador.com dá a conhecer funcionalidades da sua plataforma online

O Consolidador.com promove um webinar, esta quinta-feira, dia 20 de outubro, pelas 11 horas, com o objetivo de dar a conhecer as funcionalidades disponíveis na sua plataforma online.

A sessão, que estará aberta a todos os agentes de viagens, mediante inscrição, tem como principal intuito dar a conhecer em detalhe todas as funcionalidades disponíveis na sua plataforma. Após a apresentação, será dada a oportunidade aos agentes de esclarecer todas as suas dúvidas.

O webinar contará também com a participação de um representante da Biosphere Tourism Portugal, onde será feita uma breve apresentação do programa e as vantagens na adesão das agências de viagem a este projeto.

O consolidador aéreo para agências de viagens IATA e NÃO IATA permite ter acesso a mais de 500 companhias aéreas e a mais de 500 mil hotéis e atividades de lazer em todo o mundo.

Fundada em 2009 em Portugal, a empresa apoia diversos grupos de gestão e as agências de viagens independentes na área da consolidação, disponibilizando a possibilidade de efetuarem reservas e emissões de forma rápida e intuitiva quer disponham ou não de um GDS próprio, Amadeus ou Galileo.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Distribuição

Expo Abreu regressa em 8ª edição e promete descontos até 60%

A 8ª edição da Expo Abreu vai ter lugar no fim-de-semana de 22 e 23 de outubro, promovendo, mais uma vez, descontos em viagens que podem chegar aos 60%.

Publituris

Com descontos que podem chegar aos 60% nas mais de 110 lojas da rede espalhadas por todo o país, em abreu.pt e nos stands temáticos que, mais uma vez, estarão localizados nos principais centros comerciais, a Expo Abreu vai decorrer a 22 e 23 deste mês de outubro.

“A viagem que nos une” é o mote do Jornal Expo Abreu’22 e marca, segundo a empresa, “um momento de reencontro com os clientes, de quem desvendamos experiências vividas com a Agência Abreu”. Contados na primeira pessoa, estes testemunhos, refere ainda a Agência Abreu são resultado do passatempo “Viajante Abreu”, e “esta é uma forma de agradecermos a confiança que nos transmitem”.

O catálogo já está a ser distribuído nas lojas da rede em todo o país e está disponível online. Os stands localizados nos centros comerciais vão, igualmente, contar com a brochura.

Seja a pensar nas escapadas dos feriados ou em férias mais longas, este catálogo apresenta produtos e pacotes como os mercados de Natal nas cidades europeias, o fim de ano na Madeira, bem como destinos tropicais como as Caraíbas ou o Índico.

O Jornal Expo Abreu’22 destaca também o produto neve, cuja temporada se está a aproximar, e inclui ainda propostas para Europa, Estados Unidos, Médio Oriente, bem como o regresso das Grandes Viagens.

De regresso à Expo Abreu está também a Disneyland Paris, representando-se em espaços temáticos dedicados aos mais pequenos, no Braga Parque e no Oeiras Parque.

Entre as sugestões estão também dois dos produtos preferidos do cliente Abreu: Circuitos e Cruzeiros. Nos Cruzeiros, o destaque vai para o Exclusivo no Mediterrâneo, que irá celebrar 35 anos de canções a bordo de um cruzeiro.

Sobre este cruzeiro, refira-se que 16 de abril de 2023, o MSC Fantasia fará um itinerário de sete dias no Mediterrâneo, com partida e chegada de Lisboa. A bordo, os fãs de Tony Carreira terão oportunidade de assistir aos concertos e participar em ações-surpresa que o artista está a preparar. Para promover esta partida única, o próprio Tony Carreira vai estar presente em centros comerciais onde irá decorrer a Expo Abreu: 23 e 30 de outubro, no Braga Parque e Marshopping Matosinhos, respetivamente; e 6 de novembro no Fórum Almada.

Para Pedro Quintela, diretor de Vendas e Marketing, da Agência Abreu, “a realização da 8º edição da Expo Abreu, num ano onde sentimos de forma mais concreta a liberdade de viajar, é um marco importante, daí termos convidado os nossos clientes a falar sobre o quão bom é voltar a viajar connosco”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Solférias e Exoticoonline lançam programa especial para São Luís do Maranhão

Os operadores turísticos Solférias e Exoticoonline acabam de lançar no mercado um programa especial para mais um destino no Nordeste do Brasil. Trata-se de São Luís do Maranhão.

Publituris

Em nota de imprensa conjunta, os dois operadores turísticos referem que respondem, assim, ao desafio lançado pelo Governo do Estado do Maranhão a comercializar um voo especial para o destino e dar oportunidade aos portugueses de “conhecer todos os seus recantos e belezas”.

A Solférias e a Exoticoonline indicam ainda que é uma boa oportunidade, já que este programa o permite, de o mercado português descobrir “as encantadoras praias de São Luís”, bem como “explorar o incrível Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e as suas conhecidas lagoas entre dunas”.

Contando com o apoio da operadora Taguatur, que irá comercializar Portugal Continental e Açores como destinos turísticos, este voo especial, em equipamento Azores Airlines, tem data de saída agendada para o dia 12 de dezembro de 2022.

O programa de sete noites, encontra-se disponível para saídas de Lisboa e/ou de Ponta Delgada e apresenta preços a partir de 1.321 euros por pessoa em quarto duplo.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Nos últimos 12 meses: Lisbon Helicopters pôs mais de 6.500 pessoas a voar

Desde o seu relançamento de atividade, após o período pandémico, ou seja, nos últimos 12 meses, a Lisbon Helicopters, empresa especializada em voos turísticos de helicóptero na região metropolitana de Lisboa, conseguiu pôr mais de 6.500 pessoas a passear pelos céus da região.

Publituris

Este número se traduz em mais de 3.300 voos efetuados para mostrar Lisboa pelos ares, o que significa um crescimento superior a 175% face ao período homólogo.

Duarte Moreira, responsável comercial da empresa indica, em nota de imprensa, que “esta é uma operação muito sui generis e com um potencial de crescimento inigualável no mercado turístico de Lisboa”, para adiantar que “tivemos um relançamento da nossa atividade com um esforço comercial ímpar e que trouxe excelentes resultados.”

Contribuiu, igualmente, para este aumento, segundo o responsável “a meteorologia, a qual ajudou bastante, permitindo voar durante uma grande parte do Inverno. Ao mesmo tempo pudemos perceber que este é um produto que tem uma forte capacidade de atração de públicos diversos, não só de turismo estrangeiro, como de experiências com clientes nacionais”, destacou.

Fundada em 2013, a Lisbon Helicopters integra o grupo HELIBRAVO, operador há mais de 20 anos de voos de helicóptero e avião. A sua atual frota de helicópteros permite proporcionar experiências diversificadas que vão desde rotas à descoberta da cidade, experiências personalizadas para ocasiões especiais, eventos de teambuilding e ativação de marca, bem como serviços VIP de transporte.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Tecnologia

Travelport+ oferece conteúdo simplificado e uma gama mais ampla de opções de fornecedores

O Travelport+, recentemente lançado, passa a oferecer aos agentes de viagens mais opções de reservas de voos, hotéis e carros para passageiros, com novas conexões de fornecedores, trazendo maior número de ofertas e serviços auxiliares.

Publituris

A Travelport acaba de anunciar mais conteúdo aos agentes de viagens através do Travelport+. Os novos e ampliados acordos com a Booking.com e a Hertz agora trarão mais opções de tarifas de hotéis e aluguer de veículos para os agentes que utilizam o Travelport+. As agências ligadas à Travelport também terão acesso a maiores opções de conteúdo da Air France-KLM e da Lufthansa Group NDC no final de 2022.

Com o aumento da procura por viagens, a Travelport está a garantir que os agentes de viagens tenham mais opções prontamente disponíveis para os seus clientes, fornecendo ainda mais conteúdo para garantir que todos tenham a melhor experiência possível de venda. O conteúdo da Air France-KLM NDC está a ser introduzido no Travelport+, e a empresa também iniciará o lançamento do conteúdo NDC da Lufthansa Group para agências selecionadas, em 2022, com muito mais para vir no início de 2023.

A Travelport também está a adicionar três novas companhias aéreas à plataforma – Congo Airways, FlyGTA e US-Bangla Airlines, juntamente com 11 companhias com serviços auxiliares e quatro com Branded Fares.

Por outro lado, a nova parceria com a Booking.com desbloqueia uma nova gama de tarifas em 140 mil propriedades hoteleiras acessíveis através da plataforma Travelport+ e crescerá para mais de um milhão de propriedades no início de 2023, bem como a padronizar mais conteúdo de hotéis para permitir buscas mais fáceis e maior clareza nas tarifas.

O Travelport+ agora oferece tarifas pré-pagas de aluguer de carros Hertz no âmbito de uma parceria de distribuição ampliada de conteúdo. Os agentes de viagens que usam o Travelport+ agora terão mais oportunidades de geração de receita com aluguer de veículos reservados através da plataforma e poderão oferecer uma melhor experiência ao cliente.

Igualmente, a Travelport está fortemente focada em tornar o processo de gestão de reeemissões ainda mais fácil para os agentes que utilizam a plataforma Travelport+. Nos próximos meses, os clientes que mudarem para Travelport+ terão acesso à próxima geração do Automated Exchanges da Travelport, que automatiza tarefas complexas de reemissão manual de passagens.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Lusanova lança Circuitos Ibéricos Natal e Fim de Ano

A Lusanova já tem disponível no seu site os novos pacotes para o Natal e Fim de Ano. O operador turístico informa ainda que todos os Circuitos Ibéricos, têm alojamento em hotéis de quatro estrelas e autocarro de turismo com guia acompanhante.

Publituris

Para o Natal, a Lusanova tem pacotes para Fátima com Óbidos, em viagem de quatro dias, a preço de 675 euros por pessoa, com partida no dia 24 de dezembro, enquanto para o Natal Transmontano são três dias de viagem, saída a 23 de dezembro, com o custo de 440 euros por pessoa.

No que diz respeito à passagem de ano há propostas para Granada com Serra Nevada (quatro dias, partida a 31 de dezembro e preço de 675 euros), em Sevilha com Córdova (três dias, saída a 30 de dezembro e custo de 585 euros) e em Toledo com Madrid (595 euros por pessoa, viagem de quatro dias e partida a 30 de dezembro).

Há ainda sugestões para fim de ano em Vila Real com Bragança (partida a 30 de dezembro, três dias a custar 530 euros), na Galiza com Santiago (ao preço de 485 euros por pessoa, viagem de três dias e saída a 30 de dezembro), e finalmente, no Algarve, com o custo de 430 euros, três dias e saída também a 30 de dezembro.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

TOUR10 reforça equipa de contratação em Portugal

A TOUR10 indica que está a reforçar a sua equipa para “estreitar a relação comercial com os hoteleiros e obter mais contratos diretos”.

Publituris

A central de reservas de hotelaria TOUR10 Travel reforçou a sua equipa de contratação em Portugal, com a entrada de João Cruz para o departamento de contratação e de Ana Cassiano para Area Revenue.

Numa nota enviada à imprensa, a central de reservas indica que está a reforçar a sua equipa para “estreitar a relação comercial com os hoteleiros e obter mais contratos diretos”, de forma a dar manter a qualidade do serviço disponibilizado às agências de viagens.

João Cruz conta com uma vasta experiência na área da contratação e vendas e, ultimamente, desempenhava funções na MGM Hotels & Resorts, do M.G. Muthu Group, enquanto Ana Cassiano, que dedicou toda a sua carreira profissional à hotelaria, transita do operador MTS GLOBE, onde desempenhava funções de stock Management, Key Account Manager, Revenue & Yield.

Além de João Cruz e Ana Cassiano, a equipa da TOUR10 em Portugal conta com mais cinco elementos e a plataforma indica que pretende recrutar mais um colaborador para a área comercial para a zona sul e ilhas, até ao final do ano.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

ACTEP considera este um “bom momento” para agências de viagens de Portugal apostarem no turismo ‘outbound’ chinês

Para Yong Liang, presidente da Associação do Turismo Chinês em Portugal (ACTEP), esta é a “oportunidade certa” para aposta no turismo ‘outbound’ chinês.

Publituris

A poucos dias da realização do 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China (CPC), a partir do dia 16 deste mês, Yong Liang, presidente da Associação do Turismo Chinês em Portugal (ACTEP), salienta que a China “abre portas à entrada de agências de viagens portuguesas no seu importante mercado turístico de ‘outbound’”. A associação afirma ainda, em comunicado, que “o ajustamento político das agências de viagens estrangeiras na China é um sinal positivo de que a China está disposta a abrir ainda mais o mercado turístico de ‘outbound’ e reforçar as ligações com o resto do mundo, incluindo Europa e Portugal”, destacando a “oportunidade que será para as agências de viagens portuguesas”.

De acordo com o responsável da associação, as agências de viagens com investimento estrangeiro, que estejam já estabelecidas ou venham a estabelecer-se em Pequim, Xangai ou Chongqing, estão agora autorizadas a organizar operações turísticas para chineses viajarem para fora.

Esta decisão advém de uma decisão que o Conselho de Estado da China aprovou no dia 8 de outubro, relativa ao ajuste provisório de certas disposições do regulamento sobre a atividade das agências de viagens, que se manterão em vigor até 8 de abril de 2024.

Embora o turismo ‘outbound’ da China ainda esteja suspenso, Yong Liang considera que esta abertura é um sinal “muito positivo”, indicando que a China irá expandir ainda mais o seu mercado de ‘outbound’ e está disposta a “fortalecer ainda mais as ligações com o resto do mundo, incluindo a Europa e Portugal”, refere o presidente da ACTEP.

As agências de viagens com capital estrangeiro vão poder implementar o sistema de licenciamento para os turistas chineses viajarem para o estrangeiro, embora para obter as necessárias qualificações empresariais precisem de cumprir determinadas condições, designadamente a necessidade de um período prévio de dois anos de operação no país.

Por isso, Yong Liang admite que “este é um bom momento para as agências de viagens de Portugal com forte vontade de se expandir para o enorme mercado turístico chinês”, frisando que a criação de agências de viagens na China “não só pode proporcionar oportunidades para as empresas de turismo portuguesas organizarem turistas chineses para viajarem em Portugal e noutros países da Europa, mas também expandir-se mais na área do recetivo, quando turistas portugueses e de países de língua portuguesa forem à China para turismo”.

Contudo, e uma vez que o turismo de ‘outbound’ da China ainda não está aberto, o impacto direto deste ajustamento “não será imediato”, salienta o presidente da ACTEP. Mas, conclui, “agora é a oportunidade certa, depois, pode ser demasiado tarde para entrar, quando a epidemia diminuir”, manifestando a disponibilidade da ACTEP para ajudar as agências portuguesas nestes processos.

De resto, Yong Liang recorda que a China foi, antes da pandemia, “o maior mercado turístico do mundo e voltará a sê-lo em poucos anos”. “Todo o esforço promocional que a ACTEP agora fez será muito útil para garantir que Portugal está bem posicionado para esta recuperação, razão pela qual queremos envolver as autoridades turísticas portuguesas, nacionais e regionais e as agências de viagens portuguesas neste esforço”, conclui Yong Liang.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Magnet promoveu encontro entre agentes de viagens e a TAP

Com o lema “Porque é a conversar que a vida e os negócios acontecem”, o consolidador Magnet promoveu, quinta-feira, em Lisboa, o seu primeiro “Magnet Air Talks”, encontro entre agentes de viagens, seus parceiros, desta vez com a TAP.

Publituris

Tratou-se, segundo a nota de imprensa do consolidador, enviada sexta-feira, de um evento de informação e formação exclusivo para clientes Magnet, onde estes ficaram a conhecer as novas ferramentas e as novidades da companhia aérea nacional TAP, importantes para o seu negócio:  Rotas, a importância e funcionamento do site TAP Agents e a informação, em primeira mão, sobre o novo tarifário da transportadora,  a ser lançado já esta terça-feira, dia 11 de outubro.

O evento teve lugar no Lisbon Golf Club em Belas, mas permitiu a quem não pode estar presente, participar também por via digital.

A Magnet diz ainda, na sua nota, que quer apostar neste modelo de reuniões híbridas que permitem de forma simples aproximar os seus clientes das companhias aéreas.

Nuno Vargas, Managing Director & Founder da Magnet assegura que “estamos já a preparar mais eventos para os próximos tempos”, pois “queremos que este seja um evento de referência no mercado, que garanta acima de tudo o desenvolvimento dos conhecimentos técnicos dos nossos clientes”.

O responsável destacou ainda que “as pequenas e médias agências que não são IATA, nem sempre têm oportunidade de falar diretamente com as companhias aéreas e estes  eventos servem precisamente para estreitar relações, criar contactos diretos e atualizar informação que no dia a dia de uma agência pode significar mais vantagem competitiva e soluções adequadas nas alturas certas.”

Refira-se que o consolidador Magnet comemora. este ano, 10 anos com o lançamento de uma nova ferramenta de reservas e emissões que permite aos seus clientes, agências de viagens não IATA, acesso às melhores tarifas do mercado através dos principais NDC e GDS.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Citur Global acrescenta denominação DMC e apresenta nova identidade visual

A Citur Global, empresa fundada em maio de 2019, acaba de apresentar a sua nova denominação e identidade visual. Acrescenta a denominação DMC e passa a englobar a área de M&I (Meeting Industry).

Publituris

A empresa, que assinala três anos de existência e entra numa nova fase, apresenta-se ao mercado com design renovado, que para além do trabalho que tem vindo a realizar nos FIT (Free Independent Tourist) passa agora a englobar também uma nova área de M&I (Meeting Industry), transmitindo o DNA da marca.

Em nota de imprensa, a Citur Global (CIT), indica que “a nossa nova imagem é moderna, inovadora e progressista”.

Por outro lado, e “aproveitando a nossa reputação internacional”, a empresa alterou a sua denominação e adicionou ao naming a descrição “DMC”, que “referencia de imediato a nossa área de atuação”.

O conceito da nova marca é, de acordo com a DMC, “manifestar todo o movimento gerado pelos fluxos de turistas que nos visitam, “From There to Portugal”, ligando clientes a serviços, bem como as novas ideias e programações produzidas pela equipa”, para destacar que “modernizar a marca e celebrar as conquistas já alcançadas é o nosso objetivo”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.