Assine já
Tecnologia

App “WeDoVisit” sugere propostas personalizadas para visitar o Norte

A app “WeDoVisit” sugere um conjunto de propostas personalizadas que permitam aos turistas partir à descoberta da região Norte, de acordo com o seu ideal de férias.

Publituris
Tecnologia

App “WeDoVisit” sugere propostas personalizadas para visitar o Norte

A app “WeDoVisit” sugere um conjunto de propostas personalizadas que permitam aos turistas partir à descoberta da região Norte, de acordo com o seu ideal de férias.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
App da ANA com nova funcionalidade para negócios
Aviação
IATA em parceria com Eurofins para reforçar ‘Travel Pass’
Aviação
‘Estadias’ é a app de entrada da Revolut no turismo
Homepage
Turistas podem conhecer Porto e Norte com “WeDoVisit”
Destinos

Através de um breve questionário, esta aplicação consegue traçar um perfil dos seus utilizadores e apresentar um conjunto de sugestões feitas à medida dos planos de viagem de cada um. As propostas têm em linha de conta não só as preferências de cada turista, mas também outros indicadores como a estação do ano em que visita a região, o tipo de companhia que terá consigo na viagem ou o estilo de férias que tem em mente.

Se, por um lado, dá resposta a um turista mais autónomo, que gosta de definir os seus planos de passeio e de conhecer o destino ao seu ritmo, privilegiando as ofertas que mais se adequam às suas motivações e interesses, por outro lado, a “WeDoVisit” posiciona-se como uma ferramenta útil para as empresas, proporcionando-lhes uma série de novas oportunidades que podem ser exploradas.

Lançada em março deste ano, a WeDoVisit conquistou a chancela do Turismo do Porto e Norte de Portugal e conta já com cerca de 700 utilizadores, provenientes de países como Portugal, Brasil, França, Espanha, EUA e Países Baixos. A relevância e a inovação desta ferramenta têm vindo a ser reconhecidas de forma crescente, estando a WeDoVisit entre os candidatos para a edição deste ano do Prémio Nacional de Turismo, na categoria de Turismo Inovador.

Numa altura em que o Porto e Norte ganha força entre os destinos mais procurados por turistas nacionais e internacionais, e em que os indicadores apontam para um verão promissor, a aplicação está também a despertar o interesse junto das empresas de turismo da região, que vêem na aplicação não só uma montra eficaz para promoverem as suas ofertas, mas também um canal estratégico para chegarem aos turistas de uma forma mais direcionada.

Neste contexto, a WeDoVisit tem vindo a estabelecer uma série de parcerias e de iniciativas de cross-selling com vários agentes do setor, de forma a potenciar a divulgação crescente da app junto de turistas nacionais e internacionais e uma maior diversidade no tipo de experiências apresentadas.

A expectativa é a de que a aplicação permita também gerar oportunidades de captação de turistas para locais menos convencionais e tradicionalmente menos visitados como, por exemplo, as zonas do interior.

O projeto está, nesta fase, focado em implementar-se junto do mercado nacional, prevendo, a médio prazo, poder chegar aos mercados internacionais. A extensão da sua área de ação a novas regiões é outra das possibilidades que também está em cima da mesa.

A WeDoVisit é uma app gratuita, com conteúdos em português e em inglês, e está disponível para sistemas Android e iOS através do site: www.wedovisit.com.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Tecnologia

RoomRaccoon integra sistema da Cendyn para oferecer canais de distribuição globais aos hotéis independentes

O RoomRaccoon, um sistema de gestão hoteleira, anunciou uma nova parceria com a Cendyn,  concretizada através da integração bidirecional entre o RoomRaccoon e o Pegasus Central Reservation System (CRS).

Publituris

Esta permite que os hotéis “distribuam facilmente tarifas, disponibilidade e inventário em sistemas de distribuição global (GDS) para um público de mais de 600 mil pessoas, em mais de 120 mercados em todo o mundo, além das OTAs”, esclarece a RoomRaccoon em comunicado.

A empresa assegura que, através desta integração, “os hotéis independentes podem conseguir reservas de valor significativo provenientes do GDS, com uma tarifa média diária até 30-35% superior às tarifas médias”.

A integração, possível através da World Hospitality Solutions (WHS), “possibilita aos hoteleiros a distribuição automática e em tempo real das tarifas, inventário e disponibilidade diretamente do Channel Manager RoomRaccoon para o Pegasus CRS, de forma a evitar as complexidades de uma extranet GDS”.

“Esta integração melhorada simplifica o fluxo de dados entre o Pegasus CRS e o RoomRaccoon PMS, o que permite aos gestores hoteleiros tomar decisões mais informadas sobre preços, procura e distribuição, removendo a barreira entre a informação do perfil dos hóspedes, tarifas e inventário”, referiu Sarah Tissot, Vice-President of Distribution & Partnerships na Cendyn.

Já Steven Reffin, Head of Partnerships da RoomRaccoon, afirma que “com o regresso dos eventos e negócios presenciais, que exigem que os colaboradores viajem para feiras, conferências e reuniões, esta é a melhor altura para os hotéis independentes explorarem este mercado e maximizar as receitas”.

A Cendyn é uma empresa catalisadora para a transformação digital na indústria hoteleira, que ajuda hotéis em todo o mundo a promover uma maior rentabilidade e a fidelização dos hóspedes através de uma plataforma tecnológica integrada que alinha receitas, comércio electrónico, distribuição, marketing e equipas de vendas. Com escritórios nos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Singapura, Banguecoque e Índia, a Cendyn serve dezenas de milhares de clientes em 143 países. Em janeiro de 2022 fundiu-se com a Pegasus.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Tecnologia

HiJiffy lança assistente de voz especializado em hotelaria

Ao interagir esta tecnologia, os hóspedes podem descrever as suas dúvidas ao detalhe. O assistente virtual, por sua vez, oferecerá respostas de voz que replicam de perto uma interação de tipo humano.

Publituris

A HiJiffy lançou um assistente de voz especificamente desenhado para o setor hoteleiro, “capaz de lidar com comunicações complexas”, como indicado em comunicado. Este assistente virtual multilíngue utiliza frases completas e oferece respostas de voz instantâneas, que a empresa garante reproduzir “uma interação muito próxima da humana”.

Por enquanto, o assistente encontra-se disponível para WhatsApp e Facebook Messenger, sendo que a HiJiffy prevê o funcionamento da tecnologia noutros canais, como o chat do website do hotel ou as apps de mensagens de outras redes sociais.

A tecnologia inclui múltiplas opções de personalização de voz – do género à pronúncia, do tom de voz à cadência –, permitindo aos hoteleiros adaptá-la de acordo com as suas orientações e preferências de marca.

“O assistente de voz vem elevar a experiência dos hóspedes ao permitir que estes façam todo o tipo de perguntas relacionadas com a sua estadia ao longo da jornada, desde a pré-reserva até ao pós-estadia”, afirma o CTO da HiJiffy, José Mendonça.

A empresa assegura ainda que “esta nova funcionalidade pode ajudar os hoteleiros com a geração de leads e na criação de perfis de clientes, fornecendo dados concretos para apoiar a tomada de decisões estratégicas no futuro” – já que inclui uma “poderosa capacidade de extração de dados”.

Como funciona?

Este assistente de voz utiliza sistemas de reconhecimento automático da fala (ASR) e de compreensão da linguagem natural (NLU) para processar as conversas e interpretar a intenção do cliente.

Faz também uso do Neural Text-to-Speech (TTS) para reproduzir a prosódia natural e a articulação clara das palavras, reduzindo a fadiga auditiva quando os hóspedes interagem com o sistema de IA, tornando as interações mais naturais e envolventes.

Para isso, a equipa responsável pelo desenvolvimento da tecnologia concentrou-se em “garantir o melhor desempenho do voicebot em termos de latência (tempo de processamento) e taxa de erro de palavras (deteção de erros)”.

Ao interagir com a solução de conversação, os hóspedes podem descrever as suas preocupações ou dúvidas ao detalhe. O assistente virtual, por sua vez, oferecerá respostas de voz que replicam de perto uma interação de tipo humano.

“A tecnologia por detrás do voicebot da HiJiffy é mais avançada do que a tecnologia tradicional de reconhecimento de voz em sistemas padrão de resposta de voz interativa (IVR), tipicamente limitada ao processamento de comandos simples como «sim» e «não»”, afirma o CTO da HiJiffy em comunicado.

“Ao contrário dos sistemas IVR padrão, que dependem de entradas manuais do hóspedes (por exemplo, prima o número X para selecionar a opção Y…), o nosso assistente de voz movido por IA facilita uma experiência de fluxo livre, uma vez que não está limitado por um guião ou menu pré-definido. Isto faz com que este novo sistema de comunicação de última geração esteja mais bem equipado para orientar um hóspede para a direção certa, dentro de um modelo completamente self-service e personalizado”, sublinha José Mendonça.

A solução, que atualmente se encontra em beta testing num número restrito de hotéis, estará em breve disponível para todos os clientes que a solicitem. De momento, a HiJiffy fornece soluções de comunicação movidas por IA a 1.600 hotéis em todo o mundo, trabalhando em Portugal com marcas como o Grupo Pestana, Hotéis Vila Galé ou Nau Hotels & Resorts.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Clever Hospitality Analytics lança novo módulo de análise personalizada para a hotelaria

O novo módulo de análise personalizada é independente da Plataforma Clever e permite a construção de tabelas e gráficos ajustados a cada negócio hoteleiro.

Publituris

A Clever Hospitality Analytics lançou o Clever Data Studio, um novo módulo de análise personalizada, que é independente da Plataforma Clever e que permite a construção de tabelas e gráficos ajustados a cada negócio hoteleiro.

De acordo com um comunicado da Clever Hospitality Analytics, o Clever Data Studio funciona numa lógica de “self-service” e “proporciona aos seus utilizadores
ferramentas avançadas que facilitam a criação de relatórios” com dados do
PMS e POS, para que o foco do negócio seja a “eficiência na tomada de decisões informadas e baseada nos dados recolhidos”.

“Compreendendo a dificuldade que os hoteleiros têm em conseguir soluções
para analisar detalhadamente apenas os indicadores que interessam para o crescimento do negócio hoteleiro, este módulo permite a criação de relatórios customizados, através da escolha de uma seleção de dimensões, indicadores e períodos a analisar”, explica a Clever Hospitality Analytics.

O novo módulo incorpora uma funcionalidade que permite converter diretamente os dados em gráficos, ferramenta que “possibilita a gravação de layouts para simplificar a localização dos mesmos e, ainda, a sua partilha entre colegas, em poucos cliques, para que cada equipa tenha acesso aos relatórios com relevância para a sua operação”.

“Estes relatórios personalizados são passíveis de serem verificados a qualquer momento e em qualquer lugar, para que os utilizadores da plataforma possam analisar os seus indicadores da maneira mais conveniente e completa possível”, acrescenta a Clever Hospitality Analytics.

De acordo com Luís Brites, CEO da Clever, “o Clever Data Studio vem revolucionar a análise de dados e métricas que qualquer gestor hoteleiro necessita”, de forma rápida e intuitiva, numa vantagem que, segundo o responsável, permite que os profissionais se dediquem a tarefas mais importantes.

“O uso de tecnologia deve servir a finalidade de libertar os «knowledge workers» das tarefas repetitivas e de pouco valor acrescentado, para que se dediquem a utilizar o seu talento na criação de valor nas suas organizações”, afirma Luís Brites.

Para que os hoteleiros possam experimentar o Clever Data Studio, a Clever Hospitality Analytics está a oferecer a primeira mensalidade aos utilizadores que se registem aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Em webinar: Consolidador.com dá a conhecer funcionalidades da sua plataforma online

O Consolidador.com promove um webinar, esta quinta-feira, dia 20 de outubro, pelas 11 horas, com o objetivo de dar a conhecer as funcionalidades disponíveis na sua plataforma online.

A sessão, que estará aberta a todos os agentes de viagens, mediante inscrição, tem como principal intuito dar a conhecer em detalhe todas as funcionalidades disponíveis na sua plataforma. Após a apresentação, será dada a oportunidade aos agentes de esclarecer todas as suas dúvidas.

O webinar contará também com a participação de um representante da Biosphere Tourism Portugal, onde será feita uma breve apresentação do programa e as vantagens na adesão das agências de viagem a este projeto.

O consolidador aéreo para agências de viagens IATA e NÃO IATA permite ter acesso a mais de 500 companhias aéreas e a mais de 500 mil hotéis e atividades de lazer em todo o mundo.

Fundada em 2009 em Portugal, a empresa apoia diversos grupos de gestão e as agências de viagens independentes na área da consolidação, disponibilizando a possibilidade de efetuarem reservas e emissões de forma rápida e intuitiva quer disponham ou não de um GDS próprio, Amadeus ou Galileo.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Tecnologia

Travelport+ oferece conteúdo simplificado e uma gama mais ampla de opções de fornecedores

O Travelport+, recentemente lançado, passa a oferecer aos agentes de viagens mais opções de reservas de voos, hotéis e carros para passageiros, com novas conexões de fornecedores, trazendo maior número de ofertas e serviços auxiliares.

Publituris

A Travelport acaba de anunciar mais conteúdo aos agentes de viagens através do Travelport+. Os novos e ampliados acordos com a Booking.com e a Hertz agora trarão mais opções de tarifas de hotéis e aluguer de veículos para os agentes que utilizam o Travelport+. As agências ligadas à Travelport também terão acesso a maiores opções de conteúdo da Air France-KLM e da Lufthansa Group NDC no final de 2022.

Com o aumento da procura por viagens, a Travelport está a garantir que os agentes de viagens tenham mais opções prontamente disponíveis para os seus clientes, fornecendo ainda mais conteúdo para garantir que todos tenham a melhor experiência possível de venda. O conteúdo da Air France-KLM NDC está a ser introduzido no Travelport+, e a empresa também iniciará o lançamento do conteúdo NDC da Lufthansa Group para agências selecionadas, em 2022, com muito mais para vir no início de 2023.

A Travelport também está a adicionar três novas companhias aéreas à plataforma – Congo Airways, FlyGTA e US-Bangla Airlines, juntamente com 11 companhias com serviços auxiliares e quatro com Branded Fares.

Por outro lado, a nova parceria com a Booking.com desbloqueia uma nova gama de tarifas em 140 mil propriedades hoteleiras acessíveis através da plataforma Travelport+ e crescerá para mais de um milhão de propriedades no início de 2023, bem como a padronizar mais conteúdo de hotéis para permitir buscas mais fáceis e maior clareza nas tarifas.

O Travelport+ agora oferece tarifas pré-pagas de aluguer de carros Hertz no âmbito de uma parceria de distribuição ampliada de conteúdo. Os agentes de viagens que usam o Travelport+ agora terão mais oportunidades de geração de receita com aluguer de veículos reservados através da plataforma e poderão oferecer uma melhor experiência ao cliente.

Igualmente, a Travelport está fortemente focada em tornar o processo de gestão de reeemissões ainda mais fácil para os agentes que utilizam a plataforma Travelport+. Nos próximos meses, os clientes que mudarem para Travelport+ terão acesso à próxima geração do Automated Exchanges da Travelport, que automatiza tarefas complexas de reemissão manual de passagens.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

TripWonder estreia-se em Lisboa

A nova plataforma online que quer revolucionar a forma como viajamos, TripWonder, acaba de chegar a Lisboa.

Publituris

Com uma aposta em itinerários personalizados e na experiência e conhecimentos de pessoas locais, a TripWonder, que se estreia em Lisboa, quer mudar a forma como se viaja e como se experiência cada destino.

A nova plataforma promete, assim, mostrar os lugares mais escondidos de uma cidade, pouco turísticos que merecem mesmo a pena visitar, as melhores atrações para quem quer fugir das enchentes de turistas, ou que restaurantes recomendam os locais.

Para tal, isso, a startup portuguesa conta com uma plataforma com dezenas de “Locals” (pessoas locais) que a ajudam a garantir uma experiência totalmente personalizada e genuína, mesmo antes da chegada ao destino. No site da Tripwonder os “Travelers” poderão encomendar itinerários com base numa vasta seleção de interesses escolhidos por si previamente. Com essa informação os Locais registados na plataforma preparam as recomendações perfeitas com os conhecimentos de quem melhor conhece o destino.

Numa primeira fase, a startup decidiu apostar na cidade de Lisboa para lançar a sua nova plataforma online e conta já com mais de 26 lisboetas dispostos a desvendar todos os segredos da cidade.

Para quem está a pensar visitar a capital portuguesa, basta entrar no site da TripWonder, preencher o formulário com as informações necessárias, incluindo o destino, duração da viagem, categorias de interesse e orçamento, e a seguir é só selecionar um “Local” para desenhar o itinerário perfeito para a sua estadia.

A plataforma oferece ainda uma opção de criação de itinerários urgentes para pedidos de última hora que garantem um roteiro personalizado em apenas 24h.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hospitality Talks
Homepage

“Hospitality Talks” reúnem hoteleiros e empresas tecnológicas para mitigar escassez de mão-de-obra no setor

A iniciativa conjunta da HiJiffy, RM hub, Climber RMS e OTA Insight vai juntar “cerca de uma centena de gestores hoteleiros”.

Publituris

A 11 e 13 de outubro, em Lisboa e Porto, respetivamente, hoteleiros e especialistas em tecnologia vão reunir-se nas “Hospitality Talks” para discutir formas de mitigar a falta de trabalhadores no setor.

A iniciativa conjunta da HiJiffy, RM hub, Climber RMS e OTA Insight vai juntar “cerca de uma centena de gestores hoteleiros” com o objetivo de identificar “os contextos em que a adoção de soluções tecnológicas e de revenue management podem funcionar como um trunfo na mitigação desta problemática”, indica a HiJify em comunicado.

As conclusões das Hospitality Talks serão incluídas num plano estratégico, “posteriormente disponibilizado aos diferentes stakeholders”, desde players da indústria, até decisores políticos. O intuito passa por “catalisar um compromisso conjunto no sentido de converter Portugal num exemplo de sucesso a nível a europeu”.

“É fundamental esclarecer que a adoção de soluções tecnológicas não visa eliminar a componente humana, muito pelo contrário. O objetivo passa antes por automatizar tarefas repetitivas e de baixo valor acrescentado, maximizando a eficiência de processos”, sublinha Tiago Araújo, CEO da HiJiffy, no respetivo comunicado.

A mesma mensagem é reforçada pelo CEO da RM Hub, Rudi Azevedo, que explica que “a tecnologia permite que as empresas possam canalizar esforços para as áreas operacionais, podendo desta forma direcionar o seu esforço para melhorar a experiência do cliente externo e interno”.

Evento limitado a 50 participantes por edição

Os hoteleiros interessados em fazer parte das Hospitality Talks devem formalizar a inscrição gratuita na edição de Lisboa, que terá lugar a 11 de Outubro, no NEYA Lisboa Hotel, às 9h00, através deste link.

Por sua vez, os interessados em participar na edição do Porto, que decorre a 13 de outubro no Selina Navis Cowork, às 14h00, poderão fazê-lo gratuitamente através deste link.

O evento será limitado a 50 participantes, “por forma a assegurar um envolvimento ativo de todos os presentes”. No entanto, a HiJiffy sublinha que ainda existem vagas disponíveis.

Além das conclusões resultantes dos diferentes painéis de discussão, os hoteleiros serão também chamados a participar num inquérito final. Todos os insights serão depois plasmados num documento que visa funcionar como um plano estratégico.

“Com a iniciativa ‘Hospitality Talks’ procuramos trazer não só os dados e tendências mais relevantes e atuais do mercado hoteleiro, mas também partilhar dicas de como trabalhar com a falta de staff e manter uma estratégia de sucesso”, remata Joanna Tomaszkiewicz, responsável da OTA Insight.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

Guestcentric torna-se parceira da nova empresa de gestão de ativos hoteleiros AHM

Atualmente, a AHM gere cinco unidades hoteleiras independentes no norte de Portugal.

Publituris

A GuestCentric Systems associou-se a uma nova empresa de gestão de ativos hoteleiros, a ACE Hospitality Management (AHM), “para aumentar o negócio direto da empresa e apoiá-la na sua estratégia de crescimento de portefólio”, como indica em comunicado.

Atualmente, a AHM gere cinco unidades hoteleiras independentes no norte de Portugal. Através desta parceria, a AHM passa agora a contar com a GuestCentric Systems para a ajudar na sua estratégia “ambiciosa” de aumento de ativos. A agência de marketing digital especializada em hotelaria possui uma divisão própria, a Labs, com “uma vasta experiência em ajudar hotéis independentes a aumentar o seu negócio direto e, com isso, a melhorar significativamente a sua rentabilidade global”, asseguram em comunicado.

“Enquanto nova empresa de gestão de ativos hoteleiros, com planos de crescimento ambiciosos, precisávamos de um parceiro tecnológico focado na inovação, em quem pudéssemos confiar para otimizar a nossa presença online, comunicar a proposta de valor da marca e aumentar as vendas diretas” declara Cláudia Alves, Cluster Sales & Marketing Manager da ACE Hospitality Management.

Pedro Colaço, CEO da GuestCentric, acrescenta: “Há mais de 14 anos que a Guestcentric se orgulha de trabalhar ao lado de uma vasta gama de hotéis e de empresas de gestão hoteleira, para otimizar o crescimento do seu negócio direto. É com enorme entusiasmo que vemos a AHM fazer parte do nosso portefólio de clientes, e vemos isso como a confirmação de que nos considera o seu parceiro de eleição, para acompanhá-la na sua trajetória de crescimento sustentado”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

GuestCentric apoia Wotels Hub no aumento de vendas diretas

A GuestCentric Systems anuncia o seu apoio à Wotels Hub, cadeia híbrida de alojamento, na sua estratégia de aumento de vendas diretas, através da criação do novo website do grupo.

Publituris

A Wotels Hub, de acordo com a empresa de desenvolvimento de websites hoteleiros “é reconhecidamente a maior cadeia de hostels portuguesa, mas o grupo tem crescido e diversificado em termos de tipos de alojamento, oferendo atualmente nove unidades, entre guesthouses, hotéis e hostels”, com presença em Lisboa, Costa da Caparica, Ericeira, Peniche e Lagos.

O novo website da cadeia Wotels Hub, com o seu motor de reservas integrado, que comercializa as nove unidades, permitirá à empresa melhorar os seus processos interunidades, aumentar as vendas diretas e comunicar melhor a sua oferta diversificada – seja para casais, viajantes solo, famílias, ou grupos de amigos.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

GuestCentric deixa dicas para hotéis aumentarem reservas diretas este verão

À medida que os negócios se recompõem no verão de 2022, a Guestcentric Systems considera importante que os hoteleiros continuem a investir nos seus canais diretos e, neste sentido, deixa algumas sugestões para os hotéis aumentarem as suas reservas diretas.

Embora as OTAs (online travel agencies) possam dominar em termos de visibilidade online, os hotéis independentes têm a vantagem de conhecer os seus hóspedes e saber exatamente aquilo que estes gostam de fazer durante as suas estadias, indica este fornecedor de websites hoteleiros.

A GuestCentric desafia os hoteleiros a reavaliarem o seu principal canal de reservas diretas – o website do seu hotel – analisando como é que o site comunica a unidade hoteleira, como é que inspira os seus clientes com a história da sua marca, em que medida os conduz até à reserva efetiva. E deixa algumas dicas para ajudar o setor a obter mais reservas diretas neste verão.

Tendo em conta que o website do hotel é o primeiro ponto de contacto para os hóspedes compreenderem mais sobre o que podem esperar da unidade e do destino, será necessário, segundo a GuestCentric, assegurar que as visitas podem ser convertidas em reservas de estadias, para gerar mais negócio direto.  O primeiro passo é usar o poder visual do website para fazer com que os hóspedes sonhem em visitar o hotel.

Refira-se que um inquérito da Hospitality Net concluiu que a decisão de reservar é 60% emocional e 40% racional. As imagens não só valem mil palavras, como inspiram uma reação emocional nos hóspedes – que os levará a reservar ou a abandonar o website do hotel. Assim, a empresa diz que, usando o poder de fotografias e vídeos, durante a tomada de decisão dos hóspedes, o hotel consegue converter visitas em reservas.

Além disso, é importante saber o que os visitantes querem e orientar as suas decisões de reserva.

“Quando se trata de saber aquilo de que os hóspedes gostam, os hotéis têm uma grande vantagem sobre as OTAs porque observam, em primeira mão, as preferências dos clientes durante a sua estadia”, considera a Guestcentric Systems, para acrescentar que “o hotel deve assumir a liderança no processo de compreender bem os seus hóspedes. Caso contrário, é bem possível que deixe de beneficiar desta posição privilegiada”.

Depois de observar os hóspedes e compreender as suas preferências (ou aversões), há quatro passos que devem ser implementados pelo hotel no seu website: Criar ofertas e serviços em torno do que os hóspedes querem e incentivá-los a reservarem diretamente; Comunicar informações precisas e atualizadas sobre o hotel e destino; Manter e comunicar políticas flexíveis; Falar a mesma língua que os hóspedes.

Finalmente, a empresa destaca que, tal como no website do hotel, o motor de reservas deve encorajar todos os comportamentos ligados à compra em si. Assim, o melhor preço garantido, as ofertas especiais, promoções e alertas de ativação/recuperação de compras irão criar um sentido de urgência e inspirar os visitantes a reservar.

 

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.