Assine já

Fotos de banco de imagens por Vecteezy

Distribuição

Comunicação é um dos pontos-chave na retoma do turismo

Embora todos reconheçam vários aspetos a ter em conta na retoma do turismo, a comunicação é chave. Por isso, os players da área têm de estar muito bem preparados, admitindo-se que “o agente tem de saber mais do que o passageiro que pesquisa tudo na internet”.

Publituris

Fotos de banco de imagens por Vecteezy

Distribuição

Comunicação é um dos pontos-chave na retoma do turismo

Embora todos reconheçam vários aspetos a ter em conta na retoma do turismo, a comunicação é chave. Por isso, os players da área têm de estar muito bem preparados, admitindo-se que “o agente tem de saber mais do que o passageiro que pesquisa tudo na internet”.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Mais de 95% das agências e operadores alemães dependem de ajudas do Estado
Distribuição
Roadshow das Viagens do Publituris regressa de 12 a 14 de outubro
Meeting Industry
DHM
Reportagem | Punta Cana: O maravilhoso mundo dos hotéis AM Resorts
Destinos
“Turismo. Opções estratégicas” é o tema central do congresso da APAVT
Agências

*texto Beatrice Teizen

O segundo painel do seminário luso-brasileiro, promovido pela Airmet Brasil e Portugal, que teve no Panrotas Brasil e Publituris os media partners e moderadores, abordou o tema distribuição e as principais mudanças nas relações e desafios na nova era para o turismo após o início da pandemia de COVID-19. Um dos pontos-chave levantados foi a importância da comunicação – clara – com os consumidores.

“Percebemos que a questão da comunicação iria mudar inevitavelmente. Havia muito uma cultura em Portugal de as lojas de shopping, de rua etc., terem um funcionamento um pouco inflexível. E, do dia para noite, tudo mudou. Passamos a sentir uma proximidade muito maior com os clientes e, por mais afastados que estivéssemos do ponto de vista físico, na tecnologia estávamos muito próximos. No Brasil é diferente, os relacionamentos são muito mais calorosos. Temos que começar a desenvolver competências nessa área. Temos todo o conhecimento, expertise, todas as condições para prestar um serviço de excelência, mas temos muita dificuldade em comunicar isso. Mudámos a nossa forma de nos relacionar”, afirmou o diretor-geral da Airmet Brasil e Portugal, Luís Henriques.

Informação e capacitação
O atendimento dos agentes também foi transformado, e, mais do que nunca, o agente tem de possuir todas as informações e respostas às dúvidas dos passageiros na ponta da língua. Para isso, capacitações, profissionalização e disseminação de conhecimento são fundamentais.

“Precisamos de estar muito mais atualizados e lembrar que informação nem sempre é conhecimento. Estamos na era digital, mas percebemos que existia muito mais informação do que conhecimento e prática. Por isso, a capacitação e preparação da equipa e dos parceiros devem ser evidenciadas. Além disso, a cultura organizacional, junto à empatia e necessidade desse mercado devem ser um tripé que precisa ser muito bem trabalhado”, afirmou Fabiana Lima, CEO e fundadora da Club Turis.

O diretor da Lusanova Brasil, Daniel Marchante, destacou, por sua vez, a necessidade do mercado proporcionar webinars com informações sobre os destinos, por exemplo, para que os agentes de viagens estejam munidos de todas as informações necessárias.

“O agente tem de estar muito bem preparado e informação é a palavra-chave. O agente precisa saber mais do que o passageiro que pesquisa tudo na internet. Se não, pode perder esse viajante para o on-line. Ter o conhecimento do destino, do produto, é fundamental até para o futuro do nosso negócio e mercado, considerou Marchante.

“Parceirar”
Com a pandemia, surgiu um novo consumidor e, também, por que não, uma nova palavra. “Parceirar” quer dizer que, sem parcerias, o mercado não consegue caminhar e é muito mais demorado e difícil para se chegar ao objetivo.

“Escolher os nossos parceiros é um sucesso muito mais acertado. Colaboração, ‘parceirar’ e contar com o apoio vai fazer toda a diferença. Precisamos de bons parceiros, bons profissionais, melhorar a nossa comunicação”, salientou Fabiana Lima.

Para finalizar, a CEO da Club Turis admite que “é muito mais do que tecnologia, estamos a caminhar para um atendimento próximo, uma cultura humanizada. Além de recursos tecnológicos, precisamos de empatia, operação consultiva. E ‘parceirar’ significa isso, essas escolhas assertivas”, concluiu Fabiana Lima.

Finalmente, Aroldo Schultz, diretor da Schultz Brasil e Portugal, considerou que “o sentimento de trabalhar em conjunto para prosperar é o mesmo”, referindo ainda que “quem conseguiu se manter, respeitar os agentes, o consumidor, selecionar os fornecedores certos, vai ter muito futuro”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Alojamento

Nova edição: merytu, sustentabilidade, Quadrante e Animação Turística

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

Pensada em 2020 e lançada no ano passado, esta plataforma pretende facilitar o contacto entre quem emprega e quem procura emprego liberal e flexível. Apesar de ter uma especial incidência na hospitalidade, a merytu pretende abranger todo o turismo a nível nacional, entre outros setores de atividade já em vista.

Nesta edição, saiba também o que está a fazer o operador turístico Quadrante, que decidiu mudar alguns paradigmas para estar mais próximo dos agentes de viagens, e conheça as conclusões a que chegou Cláudia Seabra, investigadora da Universidade de Coimbra, que foi estudar o impacto da COVID-19 na sustentabilidade no turismo.

Os Publituris Portugal Travel Awards 2022 estão a chegar e, por isso, os nomeados voltam a integrar esta edição, até porque a votação para eleger os vencedores termina já a 7 de outubro.

Até lá, ainda é possível votar nos 104 nomeados em 15 categorias que concorrem na edição deste ano e que serão conhecidos no dia 18 de outubro, a partir das 19h00, na Quinta da Pimenteira, em Lisboa. A votação está disponível aqui.

Nesta edição, publicamos ainda um dossier sobre animação turística, segmento que continua a encontrar vários constrangimentos e cuja recuperação ainda é tímida. Integrada neste trabalho, está também uma entrevista ao presidente da APECATE, associação que representa a animação turística, congressos e eventos, que se queixa dos parcos apoios destinados a este setor.

Além do Check-in, as opiniões desta edição são de Francisco Jaime Quesado (economista), Mafalda Almeida (professora do ISCE), António Paquete (economista) e Luiz S. Marques (investigador).

Boas leituras!

A versão completa desta edição é exclusiva para subscritores do Publituris. Pode comprar apenas esta edição ou efetuar uma assinatura do Publituris aqui obtendo o acesso imediato.

Para mais informações contacte: Carmo David | [email protected] | 215 825 43

Nota: Se já é subscritor do Publituris entre no site com o seu Login de assinante, dirija-se à secção Premium – Edição Digital e escolha a edição que deseja ler, abra o epaper com os dados de acesso indicados no final do resumo de cada edição.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Edição Digital: merytu, sustentabilidade, Quadrante e Animação Turística

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

A nova edição do Publituris, a última do mês de setembro, faz capa com a nova plataforma merytu, que pretende dar resposta a uma problemática do setor do turismo: os Recursos Humanos.

Pensada em 2020 e lançada no ano passado, esta plataforma pretende facilitar o contacto entre quem emprega e quem procura emprego liberal e flexível. Apesar de ter uma especial incidência na hospitalidade, a merytu pretende abranger todo o turismo a nível nacional, entre outros setores de atividade em vista.

Nesta edição, saiba também o que está a fazer o operador turístico Quadrante, que decidiu mudar alguns paradigmas para estar mais próximo dos agentes de viagens, e conheça as conclusões a que chegou Cláudia Seabra, investigadora da Universidade de Coimbra, que foi estudar o impacto da COVID-19 na sustentabilidade no turismo.

Os Publituris Portugal Travel Awards estão a chegar e, por isso, os nomeados voltam a integrar esta edição, até porque a votação para eleger os vencedores termina já a 7 de outubro.

Até lá, ainda é possível votar nos 104 nomeados em 15 categorias que concorrem na edição deste ano e que serão conhecidos no dia 18 de outubro, a partir das 19h00, na Quinta da Pimenteira, em Lisboa. A votação está disponível aqui.

Nesta edição, publicamos ainda um dossier sobre animação turística, segmento que continua a encontrar vários constrangimentos e cuja recuperação continua a ser tímida. Integrada neste trabalho, está também uma entrevista ao presidente da APECATE, associação que representa o setor da animação turística, congressos e eventos, que se queixa dos parcos apoios destinados ao setor.

Além do Check-in, as opiniões desta edição são de Francisco Jaime Quesado (economista), Mafalda Almeida (professora do ISCE), António Paquete (economista) e Luiz S. Marques (investigador).

Leia a edição aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Viagens El Corte Inglés renova estrutura em Portugal

O Grupo Viagens El Corte Inglés acaba de anunciar a renovação da sua estrutura em Portugal. Nuno Brás Francisco, que nos últimos 22 anos no grupo desempenhou funções na área Financeira e Direção de Pessoas & Talento, assumirá o cargo de subdiretor de toda a operação no nosso país.

Publituris

Na nova equipa diretiva, António Alexandre Pereira irá liderar a área de Business Travel e respetiva equipa do segmento corporate em Portugal, enquanto na área do Leisure, Dora Pinto será responsável pela rede de lazer, potenciando sinergias entre a mesma e serviços transversais. Estes dois profissionais contam com mais de 20 anos ao serviço da empresa, e com vasta experiência no modelo de negócio das Viagens El Corte Inglés.

No aproveitamento de sinergias, a reorganização a empresa unifica os Departamentos de Produto e Marketing sob a direção de Pedro Pereira, que integra ainda, como novidade, uma área

exclusivamente dedicada ao seu produto estrela: cruzeiros, com João Pereira como key account.

Como product manager da aviação e 18 anos no grupo, Vanessa Rosa estará encarregue da gestão das companhias aéreas e apoio à rede de vendas.

A nova estrutura contará também com um novo Departamento de Organização, liderado por Filipa Aldeia, também ela com 20 anos no grupo, que irá implementar novos procedimentos na melhoria do fluxo de comunicação, assegurar processos que visam garantir padrões qualidade da empresa de viagens, e apoio na expansão da rede de venda.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

W2M reorganiza estrutura diretiva em Espanha

A divisão de viagens do Grupo Iberostar reformulou a sua estrutura diretiva em Espanha, numa reorganização que afeta tanto a distribuição como a gestão hoteleira e que visa contribuir para o “reforço do projeto”.

Publituris

A World2Meet (W2M), a divisão de viagens do Grupo Iberostar, reformulou a sua estrutura diretiva em Espanha, reorganização que afeta tanto a distribuição como a gestão hoteleira e que visa contribuir para o “reforço do projeto”.

De acordo com o jornal espanhol Hosteltur,  na distribuição, Enric Riera, que liderou a distribuição da W2M nos últimos dois anos, passa a ter funções mais abrangentes, enquanto diretor-geral da W2M Clients.

Segundo a informação divulgada pela W2M, Enric Riera passa a ser responsável pela estratégia de relacionamento com os clientes, bem como pela redefinição do papel da rede de retalho do grupo e ainda pelo desenvolvimento de novos canais de venda.

Já Guillermo González Vallina passa a director-geral de Distribuição da W2M, substituindo Enric Riera no cargo que este desempenhava até à indicação para as novas funções.

Guillermo González Vallina conta com uma carreira de quase 20 anos em cargos de máxima responsabilidade em grandes empresas do setor do turismo e anteriormente desempenhava funções de diretor de Vendas para Espanha, Portugal e Norte de África na W2M.

A reestruturação levada a cabo abrange também a Azul Marino, a marca de agências de viagens da W2M, que passa a contar com Inma Fernández na administração, profissional que transita do grupo Ávoris.

Inma Fernández é acompanhada por Ana Sáinz, que vai assumir a direção de Desenvolvimento de Negócios para Grupos Estratégicos, assim como por Alicia Blanes, que passa a ser responsável pela direção Comercial da rede de agências.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Soltrópico renova oferta online para as Maldivas

O operador turístico destaca que a principal vantagem desta reformulação “é que toda a hotelaria e tipologia de quartos apresentados tem confirmação imediata”.

Publituris

A Soltrópico renovou e reformulou a oferta online para as Maldivas e conta agora com mais de 80 unidades hoteleiras disponíveis através do seu website, que passou também disponibilizar “uma maior diversidade de tipologias e opções de regime alimentar”.

De acordo com um comunicado enviado à imprensa, a Soltrópico explica que a oferta online para as Maldivas passou a reunir “um conjunto de mais-valias para os agentes de viagem que procuram uma resposta mais imediata para os seus clientes”.

O operador turístico destaca que a principal vantagem desta reformulação “é que toda a hotelaria e tipologia de quartos apresentados tem confirmação imediata, permitindo captar o cliente no momento e fechar a sua reserva com maior rapidez”.

“O destino Maldivas sempre foi estratégico para a Soltrópico no nosso portfolio de operação regular. No entanto, sentimos que o mesmo deveria ser otimizado e responder de forma mais efetiva aquilo que são as necessidades dos agentes de viagem. Sabemos os desafios e a exigência do cliente atual quer respostas rápidas e quisermos construir valor na oferta que disponibilizamos”, sublinha Sandro Lopes, diretor de Vendas da Soltrópico.

A nova oferta da Soltrópico para as Maldivas está já disponível aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Circuito “Indochina” volta à programação da Nortravel

O Circuito “Indochina, que engloba visitas ao Vietname, Laos e Camboja, regressa à programação do operador turístico Nortravel, em viagem de 15 dias com guia privativo.

Com deslocações a Hanoi, Baía De Halong, Luang Prabang, Cataratas Kuang Si, Grutas Pak Ou, Siem Reap, Angkor Wat, Banteay Srei, Danang, Hoi An, Hué, Ho Chi Minh, Delta Do Mekong e Túneis De Cu Chi, este circuito tem saída programada de Lisboa a 26 de novembro, com preço por pessoa em duplo desde 4.375€.

No entanto, o operador turístico já tem datas de partidas para este circuito para o início de 2023:  11 de fevereiro, 25 de março e 22 de abril, cujos preços serão divulgados oportunamente.

O pacote inclui 12 noites de alojamento em hotéis selecionados com pequeno-almoço, 11 almoços, um brunch e 13 jantares.

Das 16 visitas incluídas, destacam-se as seguintes: Espetáculo de marionetas sobre água, uma arte milenar vietnamita; Passeio num junco – barco tradicional – na Baía de Halong, com noite a bordo; Passeio de barco no Delta do Mekong; e visita dos túneis de Cu Chi usados pelos guerrilheiros vietnamitas na luta contra os americanos.

Esta oferta já está disponível em www.nortravel.pt para reservar online com confirmação imediata.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Distribuição

TUI Portugal e Qatar Airways lançam pacotes para o Mundial e Doha

A TUI Portugal e a Qatar Airways uniram-se para lançar uma série de propostas para levar os portugueses a conhecer Doha, capital do Qatar, incluindo durante o Mundial de Futebol de 2022.

Publituris

A TUI Portugal e a Qatar Airways uniram-se para lançar uma série de propostas para levar os portugueses a conhecer Doha, capital do Qatar, incluindo durante o Mundial de Futebol de 2022, que vai decorrer no país, entre 20 de novembro e 18 de dezembro.

“Operador turístico e companhia aérea trabalham em conjunto na promoção do destino como stopover para destinos de praia como Maldivas e Zanzibar, ambos na lista de mais procurados da TUI Portugal, mas também como destino final, já que Doha se assume como uma opção cada vez mais apelativa para quem procura combinar a vertente cultural com atividades de lazer ao livre”, indica a TUI Portugal, num comunicado enviado à imprensa.

Além da capital do Qatar, a parceria entre a TUI Portugal e a Qatar Airways vai ainda promover os pacotes para o Mundial de Futebol de 2022, disponibilizando três datas de saída, para combinar em função dos jogos mais apelativos para os viajantes.

As ofertas no âmbito desta parceria já podem ser consultadas online, através do site da TUI Portugal, e as reservas podem ser realizadas nas agências de viagens da rede do operador turístico.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Icárion reforça oferta para o Japão até final de 2023

Porque as fronteiras do Japão já estão reabertas para portugueses, o operador turístico Icárion, acaba de anunciar o reforço da sua programação para este destino asiático, prolongando todos os circuitos até ao final de 2023.

Publituris

Com propostas entre seis e 12 noites, desde o combinado mais simples de Quioto e Tóquio até programas mais enraizados na cultura japonesa, todos podem ser combinados com as várias praias da Tailândia (Krabi, Phuket e Koh Samui), Bali e Maldivas, indica o operador.

Francisca Ferreira, Product Manager, destaca a importância desta reabertura, para salientar que “o Japão sempre foi um destino bastante desejado pelo mercado português e mal foram anunciadas estas novas medidas, com maior liberdade para o viajante, notou-se logo a procura a aumentar”.

Assim, segundo a responsável, “faz todo o sentido a Icárion apostar numa programação vasta neste destino, com a opção de finalizar qualquer circuito com uma extensão às praias que já têm ligações aéreas”.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Grupo Airmet promove formações certificadas

O Grupo Airmet anuncia a realização, durante as próximas duas semanas, de um conjunto de formações certificadas em exclusivo para os seus associados.

Publituris

Os eventos irão decorrer em Lisboa e no Porto, e contar com a participação de parceiros convidados. Os Open Days serão divididos em três temáticas distintas: Grandes Viagens; Cruzeiros e Seguros de viagem.

“É com o objetivo de apoiar o crescimento e rentabilidade das agências, que a Airmet continuará a promover este tipo de eventos, cada vez mais dinâmicos”, refere Susana Fonseca, diretora operacional do grupo de gestão.

A responsável considera que “no mercado de trabalho cada vez mais exigente, empresas e colaboradores devem apostar na aprendizagem contínua”, até porque “há sempre algo a melhorar”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Distribuição

TUI Group espera regresso a resultados positivos em 2022

Depois de um verão que ficou ligeiramente abaixo dos níveis de 2019, as reservas para o Inverno fazem com que os responsáveis do grupo TUI apontem para bons resultado no final do exercício de 2022.

Publituris

Depois de revelar que a operação de verão totalizou mais de 12,9 milhões de reservas, correspondendo a uma subida de 1,4 milhões desde a atualização feita para o 3.º trimestre do presente exercício, os responsáveis do TUI Group estimam um “bom ano de 2022”.

As reservas globais de verão, indica o grupo, em nota de imprensa, corresponderam a 91% dos níveis de período homólogo de 2019, sendo que os meses de julho e agosto, atingiram 94% das reservas realizadas nos mesmos meses de 2019.

No que diz respeito aos preços, a TUI refere um aumento de 18% face a 2019, o que “ajuda a suavizar o impacto da corrente inflação”.

Considerando que as disrupções nos voos “continuam com custos elevados”, prevendo uma “melhoria para o quarto trimestre”, os responsáveis da TUI revelam que, relativamente à operação de Inverno 2022/2023, as reservas estão a 78% dos níveis do Inverno de 2018/2019, com as partidas para os meses de novembro e dezembro a contarem já com 81% face ao período anterior referido. Para este período, a TUI refere que os preços sofreram um incremento de 26%.

Para o próximo Inverno, o TUI Group antecipa que “as Canárias, Egito, México e Cabo Verde serão chave na oferta disponibilizada”.

Fritz Joussen, CEO, e Sebastian Ebe, CFO do TUI Group, respetivamente, refere que, em 2022, “assistimos a um forte verão quase ao mesmo nível do verão de 2019”, confirmando a “orientação para fechar o exercício de 2022 com um EBIT subjacente significativamente positivo”.

Ambos os responsáveis do grupo concluem ainda que “a tendência tem sido para férias de maior valor ou mais longas com um orçamento geral de férias mais alto”, admitindo que essa realidade é “encorajadora e mostra a importância atual das férias e experiências de viagem na era pós-pandemia”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.