Executivo açoriano quer promover a “boa cooperação” entre a TAP e a SATA

Por a 4 de Agosto de 2021 as 14:55

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, quer promover a “boa cooperação” entre a TAP e a SATA, defendendo que é  do “interesse da autonomia” que exista essa relação entre a companhia aérea nacional e a transportadora açoriana, avança a Lusa.

“A benefício, no interesse da autonomia e com respeito da independência das duas empresas, para cumprir um desiderato nacional e de interesse para os Açores, existe a oportunidade de uma boa cooperação entre ambas nas rotas e serviço expetável para a mobilidade turística e territorial”, afirmou o líder do executivo açoriano, que recebeu esta terça-feira, 3 de agosto, o presidente do Conselho de Administração da TAP, Manuel Beja, em audiência.

José Manuel Boliero salientou que está “absolutamente em aberto” a possibilidade de trabalhar em soluções de viabilização de ambas as transportadoras aéreas, apesar de realçar que o Governo Regional dos Açores não vai interferir na SATA e que é contra “qualquer interferência política do Governo na gestão” da companhia aérea açoriana.

“Uma coisa é o Governo Regional entender a importância estratégica das empresas, deste negócio e de obrigações de serviço público que correspondem à materialização e densificação dos princípios da continuidade territorial. Outra, é a intromissão geradora de ineficiência e de risco de insolvabilidade e de sustentabilidade das empresas”, acrescentou.

Já Manuel Beja disse que  “as parcerias existem” e “podem ser mantidas e reforçadas”, lembrando o acordo de code-share que existe entre a TAP e a SATA, uma “parceira na operação que se faz entre o continente e os Açores”, apesar de considerar que é  “claramente precoce” falar de entendimentos para além dos existentes.

O  presidente do Conselho de Administração da TAP falou também dos reembolsos na companhia aérea nacional na sequência dos voos cancelados devido à pandemia e explicou que “o processo genericamente não está finalizado” mas que “a TAP está a fazer todos os seus esforços” para o fazer “com a brevidade possível”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *