Processo de desconfinamento pode atrasar, admitiu ministra da Presidência

Por a 17 de Junho de 2021 as 16:55

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, admitiu, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, que Portugal venha a travar a passagem a uma nova fase de desconfinamento, prevista para a próxima semana, face à evolução negativa da situação epidemiológica da covid-19.

“Semanalmente, fazemos aqui a avaliação do ponto de situação a nível nacional e ela hoje afasta-se claramente da zona verde [da matriz de risco], o que significa que para a semana, quando estava prevista uma nova fase de desconfinamento, ela muito dificilmente com estes números – e se continuarem estes números – se poderá verificar”, afirmou a governante em conferência de imprensa no final da reunião de hoje do Conselho de Ministros.

Mariana Vieira da Silva reconheceu também que a situação da pandemia de covid-19 é “mais preocupante” do que nas semanas anteriores e indicou a degradação dos indicadores da matriz: incidência, que em Portugal continental subiu para 90,5 casos por 100 mil habitantes e índice de transmissibilidade (Rt), que é agora de 1,13.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *