Ryanair acusa Pedro Nuno Santos de estar “mais interessado em gastar dinheiro dos contribuintes a subsidiar a TAP” do que a investir no Montijo

Por a 26 de Maio de 2021 as 12:50

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, reuniu esta quarta-feira com o ministro português das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, onde condenou as “falsas declarações” do governante sobre a companhia aérea e acusou-o de gastar “o dinheiro dos contribuintes a subsidiar a TAP”.

“Tivemos uma discussão interessante, embora inútil, com o Ministro Santos esta manhã. Condenámos as suas falsas alegações nos últimos dias de que a Ryanair está a travar uma guerra comercial, quando isso é chamado de concorrência. Também rejeitámos as suas falsas alegações de que a Ryanair pratica “dumping social” quando pagamos à nossa tripulação de cabine mais do dobro do que o seu governo paga a enfermeiras e professores portugueses num ano”, sublinha Michael O’Leary em comunicado.

Na reunião, o CEO da Ryanair aproveitou para mencionar que a companhia aérea se opõe aos 3 mil milhões de euros dos contribuintes portugueses, que “deveriam ser gastos em hospitais portugueses, escolas portuguesas e no aumento do salário de professores e enfermeiras e que estão a ser desperdiçados na TAP, uma pequena companhia aérea que apenas ofereceu a Portugal tarifas elevadas”.

O’Leary realça ainda que a Ryanair, neste verão, vai operar mais de 120 rotas de / para Portugal. “É quase o dobro das 70 rotas oferecidas pela TAP e, ao contrário da TAP, não estamos a pedir 3 mil milhões de euros de subsídio ao contribuinte português”, adverte.

O CEO da Ryanair deixa um apelo final: “Apelamos ao Ministro Santos para que pare de desperdiçar dinheiro dos contribuintes na TAP e invista em infraestruturas, devendo a sua prioridade imediata ser a abertura do Aeroporto do Montijo, onde a Ryanair poderia – em 2 anos – transportar 5 milhões de passageiros e criar mais de 5.000 novos empregos muito bem  remunerados em Lisboa”.

2 comentários

  1. ANTONIO CELSO VASQUEZ FERRAO

    11 de Junho de 2021 at 10:45

    O ministro Nuno Santos devia era preocupar-se com a nova administradora que nomeou, cujo brilhante curriculum é ter trabalhado em companhias aéreas que faliram. Parabéns Ministro Santos, agora não há dúvidas que a TAP tem o destino traçado.

  2. Fernando Raimundo

    27 de Maio de 2021 at 7:29

    O Sr. Irlandêz guarde as suas ovelhas, e deixe os rebanhos dos outros, pois já temos demasiados ovelheiros neste pobre Pais. Têem muita piada estes iluminados ,com as contas dos outros ,explorando tudo e todos, para serem alguém. Por mim seria a última companhia Aérea do Mundo em que viajaria, nem de Graça.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *