Alitalia recebe mais 12,8 milhões de euros de Bruxelas

Por a 13 de Maio de 2021 as 12:23

A Comissão Europeia (CE) acaba de decidir favoravelmente à ajuda prestada pelo Governo italiano no valor de 12,835 milhões de euros, medida que tem como objetivo “compensar a companhia aérea pelos danos sofridos em determinadas rotas devido à pandemia da COVID-19” durante o mês de janeiro de 2021.

Este valor junta-se às três autorizações previamente dadas, elevando para 310 milhões o apoio dado pela Governo, agora de Mari Draghi à companhia aérea italiana.

A Alitalia possui mais de 95 aeronaves, tendo transportado, em 2019, mais de 20 milhões de passageiros a partir do hub de Roma e outros aeroportos italianos.

“As restrições impostas a Itália e a outros países para limitar a propagação de uma segunda e terceira vaga da pandemia do coronavírus afetaram fortemente as operações da Alitalia. Como resultado, a Alitalia sofreu perdas operacionais significativas até pelo menos 31 de janeiro de 2021”, refere a CE na nota de imprensa.

Assim, a Comissão concluiu que a medida italiana irá “compensar os danos sofridos pela Alitalia que estão diretamente relacionados com o surto de coronavírus, uma vez que a perda de rentabilidade em certas rotas como resultado das medidas de contenção durante o período relevante pode ser considerada um dano diretamente relacionado com a ocorrência excecional”, lâ-se na nota.

Por fim, a CE salienta que a medida é “proporcionada, uma vez que a análise quantitativa rota a rota apresentada pela Itália identifica adequadamente os danos imputáveis às medidas de contenção e, por conseguinte, a compensação não excede o necessário para reparar os danos nessas rotas”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *