Algarve investe 7 milhões de euros a promover o destino em mercados estratégicos

Por a 4 de Maio de 2021 as 13:03

O Turismo do Algarve lançou um “forte programa de promoção” com um investimento que ascende os 7 milhões de euros, dirigido aos principais mercados da região, de forma a “captar turistas no período do verão e a incentivar as reservas de última hora”.

O destino apostou na criação de campanhas, em parceria com algumas das principais companhias aéreas europeias e operadores turísticos que trabalham com o Algarve, tendo como objetivo “reforçar a notoriedade” do mesmo, mas também “despertar o interesse de novos visitantes e converter esse interesse em reservas durante os próximos meses de verão”.

Atualmente, são já 26 as campanhas promocionais que estão a avançar em mercados estratégicos para a região, como o Reino Unido, França, Alemanha, Holanda, Bélgica, Dinamarca, Itália e Suíça.

Segundo o Turismo do Algarve, estas campanhas têm vindo a ser lançadas, de forma faseada, desde abril, de acordo com o levantamento de restrições de viagens e com o comportamento dos viajantes de cada país.
“As ações estão assentes numa estratégia de divulgação multiplataforma, que integra e combina um conjunto de canais digitais e impressos, criteriosamente selecionados em cada um dos mercados, promovendo o Algarve como um destino seguro e colocando em destaque a diversidade de experiências que a região tem para oferecer”, esclarece a região.

A estas 26 ações irão, brevemente, juntar-se outras campanhas semelhantes, já definidas pelo Turismo do Algarve, de forma a ir acompanhando a abertura progressiva dos vários países.

Com perspetivas para o verão mais positivas do que o verão de 2020, João Fernandes, presidente do Turismo do Algarve, indica que “ainda que possam sempre surgir condicionantes imprevistas, os sinais que temos quanto à retoma da procura dos mercados externos são positivos”. “Tudo aponta para o restabelecimento progressivo da livre circulação na Europa, tendo em conta a evolução do processo de vacinação e os avanços para a criação do certificado verde digital que têm sido anunciados pela Comissão Europeia”, acrescenta.

Estas campanhas têm contado com a participação de companhias aéreas, como a Ryanair, a Easyjet ou a British Airways, e  operadores turísticos. “Temos vindo a contar com um enorme empenho por parte destes parceiros, em torno de um objetivo comum, o que permitiu já ao Algarve recuperar a capacidade aérea regular do Aeroporto de Faro e retomar grande parte das ligações perdidas em 2020”, explica João Fernandes.

“Tudo indica que as pessoas continuam a querer viajar e que existe uma procura que tem estado “reprimida” pelo contexto da pandemia. A nossa expectativa é que, durante os próximos meses, o ambiente seja mais propício para a realização de reservas. Como tal, queremos com estas campanhas incentivar as reservas de última hora, mostrando às pessoas que ainda vão a tempo de marcar as suas férias num destino que está totalmente preparado para os receber, com segurança, qualidade e flexibilidade”, conclui.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *