Revive Natureza recebe 161 propostas de privados

Por a 12 de Abril de 2021 as 9:35

Os concursos para a atribuição de direitos de exploração de sete imóveis que integram o fundo Revive Natureza receberam 161 propostas de privados desde que foram lançados em novembro de 2020.

Todos os imóveis a concurso receberam propostas,  que vão passar agora à fase de análise, sendo que os que registaram maior procura foram o Antigo Posto Fiscal do Burgau (Faro), o Antigo Posto Fiscal de Sagres (Faro e o Antigo Posto Fiscal de Foz do Lima (Viana do Castelo). A Casa da Vela e a Antiga Sede da Guarda Fiscal na Figueira da Foz no distrito de Coimbra, mas também a antiga Sede dos Serviços Florestais – Quinta do Seixal (Leiria) e  Moradias em Leiria completam a lista de imóveis a concurso.

O Fundo Revive Natureza poderá vir a conceder financiamento às entidades a quem for atribuído o direito de exploração dos imóveis, criando-se, assim, as melhores condições para a concretização dos respetivos investimentos.

Para a Secretária de Estado de Turismo, Rita Marques, “a recuperação e valorização de imóveis públicos, devolutos há décadas, na sua maioria localizados em espaços com valores patrimoniais naturais, que dispõem de um elevado potencial de atração turística, continua a ser uma prioridade”. “Mais uma vez, o interesse por parte dos privados na recuperação e valorização destes ativos, ultrapassou as melhores expectativas, evidenciando que o mercado acredita no futuro do setor”, acrescentou.

A Turismo Fundos fará a gestão global da rede de imóveis do Estado, distribuídos de norte a sul do país, entre os quais se contam, na sua maioria, antigas casas de guardas florestais e antigos postos fiscais, que serão arrendados ou concessionados para fins turísticos, através de concurso, ficando sujeitos a um conjunto de regras de utilização e de gestão em rede, nomeadamente quanto ao uso da marca Revive Natureza, consumo de produtos locais, sustentabilidade ambiental e valorização do território.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *