São Vicente pode vir a ter hotel-flutuante

Por a 8 de Abril de 2021 as 14:23

A Baía das Gatas na ilha cabo-verdiana de São Vicente pode vir a ter um hotel flutuante com 16 quartos e quatro suítes, de acordo com o projeto Baía Beach Club que se encontra em consulta pública.

No Estudo de Impacto Ambiental, a que a Lusa teve  acesso, os promotores assumem o objetivo de “criar uma oferta turística diferenciada”, aproveitando a “crescente procura de turistas” por São Vicente.

O projeto Baía Beach Club prevê a construção de um empreendimento ocupando uma área de 752 metros quadrados (m2) na praia e mais de 3.335 m2 sobre o mar, naquela conhecida baía de São Vicente.

Além dos ‘bungalows’, que podem alojar até seis pessoas cada, a área flutuante do hotel envolve espaços de estar e de convívio para os hóspedes e um restaurante para 64 pessoas.

A ligação entre as diferentes zonas “será feita por passadiços flutuantes” e “guardas de madeira para proteção de eventuais quedas ao mar”, refere o projeto.

Devido à falta de abastecimento de água da rede pública na zona da Baía das Gatas, os promotores preveem a instalação de uma central dessalinizadora, com capacidade de produção e abastecimento das necessidades totais do hotel, equivalente a 20 metros cúbicos por dia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *