França testa “passaporte sanitário” com Air France

Por a 16 de Março de 2021 as 13:01

França está a realizar teste para a implementação de um passaporte sanitário, através de passageiros que cheguem através de voos da Air France, segundo avançou, recentemente, o ministro dos Transportes gaulês, Jean-Baptiste Djebbari, à imprensa do país.

Segundo o responsável do Governo de Emmanuel Macron, o objetivo destes testes, que beneficiará os viajantes sem COVID-19, serve para verificar se funciona adequadamente em tempo real e se ajudará a reduzir os controlos, acelerando, assim, os procedimentos de embarque e desembarque.

Djebbari referiu, no entanto, que estes testes não afetarão os viajantes da União Europeia nem alterará qualquer política em vigor quanto à entrada no país, mantendo-se a obrigatoriedade dos passageiros chegadas a território francês procedentes de países comunitários e da zona Schengen, de teste negativo à COVID-19.

Segundo ainda o ministro francês, este teste terá um alcance limitado e será realizado pela companhia aérea francesa em voos entre a França e os territórios ultramarinos de Guadalupe e Martinica, segundo o portal SchengenVisaInfo.com. Trata-se de uma aplicação móvel, na qual os passageiros terão de carregar um certificado de vacinação ou um teste COVID-19 recente.

Recorde-se que a Air France já tinha anunciado que iria iniciar um teste de quatro semanas, especificamente a partir da passada quinta-feira, 11 de março, em todos os seus voos com base principal no aeroporto Charles de Gaulle de Paris para Pointe-à-Pitre, em Guadalupe, e Fort de França, na Martinica. A companhia aérea francesa informou que compartilhará essas informações com os seus parceiros da aliança SkyTeam, que atualmente estão a realizar teste de várias soluções.

Refira-se que estes testes realizados pelo Governo francês e companhia aérea são independentes dos testes que a Comissão Europeia está a conduzir dentro dos planos para criar um ‘passe verde’ digital numa tentativa de restaurar as viagens para fins comerciais e turísticos.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *