Governo prolonga interdição aos cruzeiros até 16 de março

Por a 1 de Março de 2021 as 11:07

O Governo prolongou, até 16 de março, a proibição de desembarque nos portos nacionais para os navios de cruzeiro, naquela que é a 16.ª prorrogação da interdição, de acordo com um despacho publicado esta segunda-feira, 1 de março, em Diário da República.

De acordo com a Lusa, esta nova proibição de desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos nacionais produz efeitos “até às 00:00 horas do dia 16 de março” e pode ser novamente prorrogada em função da evolução da situação epidemiológica no país.

“A situação epidemiológica, quer em Portugal quer noutros países, permanece por controlar”, lembra o diploma publicado em Diário da República e que entra em vigor à meia-noite desta terça-feira, 2 de março, quando terminava a última prorrogação.

“A experiência internacional demonstra o elevado risco decorrente do desembarque de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro”, lê-se no documento, que mantém, no entanto, a autorização de atracação de navios de cruzeiro nos portos nacionais para espera (‘em lay-up’) não apenas para reparação naval, ainda que sob determinados condicionalismos.

Recorde-se que a interdição aos cruzeiros foi determinada pelo Governo pela primeira vez às 00:00 horas de 14 de maio de 2020, numa medida que vigorou até 15 de junho, mas que foi sucessivamente prorrogada, como medida de contenção da COVID-19.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *