Governo reforça linha de apoio à tesouraria de micro e pequenas empresa do turismo em 20M€

Por a 22 de Fevereiro de 2021 as 17:41

A Linha de Apoio à Tesouraria das Micro e Pequenas Empresas do Turismo foi reforçada em 20 milhões de euros, passando agora para uma dotação orçamental total de 120 milhões de euros, informou a Secretaria de Estado do Turismo em comunicado.

De acordo com a informação avançada, o reforço desta linha de apoio surge por despacho da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, que prevê ainda algumas alterações ao nível dos valores por empresa e dos reembolsos.

“Foi também fixado um valor adicional de 250 euros por empresa, a acrescer ao valor do prémio de desempenho, para as empresas que adiram ao Selo Clean & Safe e frequentem pelo menos uma das respetivas ações de formação em 2021. As alterações incluem, ainda, a aplicação de uma moratória para o início dos reembolsos, passando estes para 30 de junho de 2022”, refere a Secretaria de Estado do Turismo no comunicado divulgado.

Citada na nota enviada à imprensa, a secretária de Estado do Turismo sublinha que esta linha de apoio “tem apresentado uma resposta muito competente, atuando em complementaridade com outros instrumentos de apoio criados pelo Governo com o objetivo de salvaguardar a sobrevivência” das empresas e do seu capital humano.

Gerida pelo Turismo de Portugal e criada como mecanismo de apoio à tesouraria das empresas do turismo no contexto da pandemia de COVID-19, a Linha de Apoio à Tesouraria para Micro e Pequenas Empresas do Turismo contabiliza, até ao momento, 10.368 candidaturas e um financiamento aprovado de 92,8 milhões de euros.

Através desta Linha, as micro e as pequenas empresas do setor podem aceder a um apoio financeiro correspondente a 750 euros por posto de trabalho/mês, pelo período de 3 meses, até ao máximo de 20 mil euros no caso das microempresas e de 30 mil euros para as pequenas empresas. Em ambas as situações, 20% daqueles montantes podem ser convertidos a fundo perdido.

 

 

 

Um comentário

  1. Maria Estela Costa

    23 de Fevereiro de 2021 at 13:41

    Sou ENI sem contabilidade organizada e sem trabalhadores a não ser eu e prestadores de serviço, para manutenção. Pretendo candidatar-se e agradecia me dessem mais informações sobre como o posso fazer. Os meus antecipados agradecimentos
    Estela Costa- Quinta das Maçãs

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *