Turismo da Alemanha aposta nas visitas virtuais durante o confinamento

Por a 12 de Fevereiro de 2021 as 14:44

O Turismo da Alemanha está a apostar nas visitas virtuais durante o atual confinamento e divulgou esta sexta-feira, 12 de fevereiro, uma lista composta por seis cidades alemãs que é possível visitar online.

“Saudades de passear por belas cidades e de visitar monumentos ou museus? Passeie virtualmente por Dresden, conheça a Casa de Beethoven e espreite o Museu Ludwig, com a mais extensa coleção de Pop Art da Europa. Também pode subir ao topo do Reichstag e da Torre de TV de Berlim, explorar a região de Hanôver e descobrir os encantos da charmosa Lübeck. Difícil vai ser escolher o destino da próxima viagem”, propõe o Turismo da Alemanha.

Em Dresden, cidade que é conhecida como a ‘Florença do Elba’, é possível realizar uma visita virtual de 360 graus e conhecer monumentos como a Frauenkirche (ou Igreja de Nossa Senhora), o Palácio Zwinger, o Museu de História Militar ou a Fábrica Transparente da Volkswagen.

“A capital do estado da Saxónia é tão sedutora que lhe chamam “Florença do Elba”, o rio que a banha. Muito verde, está repleta de palacetes e museus, todos a merecer uma visita demorada”, descreve o Turismo da Alemanha.

Disponível está ainda uma visita virtual por alguns dos ícones de Berlim, capital da Alemanha, com destaque para o Reichstag, edifício que acolhe o parlamento alemão, e para a Torre de TV berlinense, com 368 metros de altura, que é o mais alto edifício da Europa aberto do público e permite uma vista panorâmica da cidade.

Outra das cidades alemãs com presença nesta lista é Bona, onde se localiza a Casa de Beethoven, espaço museológico onde nasceu o compositor e que foi remodelada no ano passado, por ocasião do 250.º aniversário de Beethoven.

“Manuscritos originais, retratos, mobiliário, instrumentos musicais e objetos do quotidiano, incluindo aparelhos que Beethoven usou para combater as crescentes dificuldades auditivas, integram a coleção daquele que é um dos museus de música mais visitados do mundo”, descreve o Turismo da Alemanha.

Sugestão de visita virtual é também a cidade de Lübeck, localizada a 70 quilómetros de Hamburgo, cujo centro histórico está classificado como Património Mundial da UNESCO.

“Destaca-se o seu maior símbolo: Holstentor, porta fortificada erguida em finais do século XV e que, entre as suas paredes com 3,5 metros de espessura, acolhe uma exposição sobre a história local. Durante o passeio pela terra de três prémios Nobel (Thomas Mann e Willy Brandt nasceram aqui, Günter Grass residiu) até pode entrar na Niederegger Marzipan, a mais afamada produtora de maçapão a nível mundial”, aponta o Turismo da Alemanha, que recomenda uma visita ao Holstentor.

Opção para visitar virtualmente é também o Museu Ludwig, em Colónia, que acolhe a mais extensa coleção de Pop Art da Europa, a terceira maior coleção de Picasso do mundo, uma das melhores coleções do expressionismo alemão e uma das coleções de fotografia mais importantes a nível internacional.

A última das sugestões do Turismo da Alemanha é a cidade de Hanover e a sua região,  onde se destacam experiências como a oportunidade de “subir ao topo da Neues Rathaus (ou nova Câmara Municipal), no elevador com teto e chão de vidro” ou as visitas ao Palácio e Jardins de Herrenhausen, antiga residência de verão da Casa Real de Hanôver, assim como à beira do rio Leine que exibe as três Nanas, esculturas da artista Niki de Saint Phalle.

“E há muito mais para descobrir, quer na cidade quer nos arredores, nomeadamente o Castelo de Marienburg”, detalha o Turismo da Alemanha.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *