Reino Unido passa a exigir três testes à COVID-19 a todos os viajantes

Por a 9 de Fevereiro de 2021 as 10:23

O Reino Unido vai passar a exigir que todos os viajantes que cheguem ao país realizem três testes à COVID-19, além de quarentena à chegada, medida que deverá ser anunciada esta semana pelas autoridades britânicas e que visa conter a propagação das novas variantes do coronavírus.

De acordo com o jornal espanhol Hosteltur, que cita a imprensa especializada britânica, além do teste realizado até 72 horas antes da viagem, o Reino Unido vai passar a exigir que os viajantes realizem mais dois testes, ao segundo e oitavo dias depois chegada ao país.

A imprensa britânica avança que os novos testes vão ser exigidos a todos os viajantes que cheguem a território britânico e não apenas aos cidadãos provenientes dos países incluídos na lista vermelha do Reino Unido.

Além da realização de mais dois testes, os viajantes que cheguem ao Reino Unido e que sejam provenientes dos países de risco incluídos na lista vermelha devem também, a partir de 15 de fevereiro, realizar uma quarentena obrigatória em hotéis, enquanto os restantes devem realizar um autoisolamento, assim como os dois testes depois da chegada ao país.

Para a realização das quarentenas em hotéis, as autoridades britânicas reservaram já mais de 28 mil quartos, de forma a dar resposta aos 1.425 passageiros dos países de risco que chegam diariamente a território britânico.

Recorde-se que Portugal é um dos 33 países considerados de alto risco que estão incluídos na lista vermelha britânica, devido à elevada incidência das novas variantes da COVID-19, a par da África do Sul, Emirados Árabes Unidos e vários países da América do Sul.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *