Escola-Hotel vai nascer em Guimarães

Por a 12 de Janeiro de 2021 as 10:41
Guimarães

A construção da escola-hotel do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA), em Guimarães, deverá começar até ao final do ano, num investimento “seguramente superior” a cinco milhões de euros, anunciou o município.

Em comunicado, o município acrescenta que, “se tudo correr sem percalços”, o lançamento a concurso da obra acontecerá nos primeiros meses de 2021. “Ainda não sabemos o valor final do custo da obra, seguramente superior a cinco milhões de euros, pois faltam ainda os projetos de especialidade. Nem sabemos o prazo de conclusão. Sabemos, sim, que o que fazemos pode demorar tempo, mas será feito com qualidade”, referiu o presidente da Câmara, citado no comunicado. O projeto da escola-hotel foi  apresentado durante a reunião do executivo.

A estrutura nascerá na antiga Quinta do Costeado, na Cruz de Pedra, “um espaço de grande valor patrimonial e histórico para Guimarães”.

A casa senhorial existente será recuperada para funcionar como escola-hotel, com um conjunto de quartos reduzido que albergará hóspedes e que terá como único objetivo a colocação em prática dos conhecimentos adquiridos durante os cursos que serão ministrados pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave naquele espaço. Na zona das antigas adega e cavalariça, será instalada uma cozinha com o mesmo intuito.

O novo espaço a ser construído, e que terá como função a vertente pedagógica, terá cinco pisos, sendo um deles subterrâneo.  Aí ficarão instaladas valências como salas de aula, salas de professores, laboratórios, cozinha, cafetaria, cantina, auditório, serviços administrativos, entre outras.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *