Delta Air Lines mantém limitação de capacidade a bordo até 31 de março de 2021

Por a 19 de Novembro de 2020 as 10:43

A Delta Air Lines vai manter a limitação de capacidade a bordo, com bloqueio dos assentos do meio, nos voos até 31 de março de 2021, tornando-se na companhia aérea dos EUA que maior espaço a bordo oferece aos passageiros.

De acordo com um comunicado da transportadora norte-americana, apesar das viagens aéreas serem seguras e da companhia contar com um protocolo de segurança que já foi comprovado por vários especialistas, o bloqueio dos assentos do meio oferece “maior confiança e segurança aos passageiros”.

“Alguns passageiros ainda estão a aprender a viver com o vírus e querem mais espaço para terem paz de espírito. Temos ouvido os passageiros e vamos dar sempre os passos apropriados para garantir que os nossos clientes têm confiança em viajar connosco”, explica Bill Lentsch, Chief Customer Experience Officer da Delta Air Lines.

Para facilitar o planeamento das viagens, a Delta Air Lines lançou ainda uma nova ferramenta no seu website, disponibilizando um mapa interativo onde os passageiros podem conhecer as restrições às viagens que existem nos vários destinos para onde a companhia voa e que permite reservar os voos para esses destinos.

Paralelamente, a companhia aérea está a oferecer ainda maior flexibilidade de alteração das reservas, já que não está a cobrar taxas nas alterações de reservas para voos domésticos nos EUA, com exceção da tarifa Basic Economy, assim como nos voos domésticos e internacionais que tenham sido reservados até 31 de dezembro de 2020, mesmo que a data da viagem seja posterior.

Além da possibilidade de alteração sem taxas, a Delta Air Lines estendeu ainda a utilização de créditos de viagem até dezembro de 2022 para viagens que originalmente decorreriam até 31 de março de 2021, caso o voo tenha sido adquirido antes de 17 de abril de 2020.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *