MSC Cruzeiros coloca segundo navio em operação no Mediterrâneo

Por a 21 de Outubro de 2020 as 10:22

O MSC Magnifica começou na passada segunda-feira, 19 de outubro, a realizar cruzeiros no Mediterrâneo, aumentando para dois o número de navios da MSC Cruzeiros que já se encontram em operação, informou a companhia de cruzeiros em comunicado.

De acordo com a informação divulgada pela companhia de cruzeiros, o MSC Magnifica partiu segunda-feira de Génova, em Itália, e vai realizar um itinerário de 10 noites pelo Mediterrâneo Ocidental e Oriental, incluindo escalas em Livorno e Messina, em Itália; Pireus e Katakolon, na Grécia; Valetta, em Malta; e Civitavecchia, já no regresso a Itália, sendo o desembarque realizado em Génova.

Além de Génova, este itinerário de 10 noites do MSC Magnifica, que é exclusivo para passageiros provenientes do espaço Schengen, permite também embarques nos portos de Livorno, Messina e Civitavecchia.

“O MSC Magnifica vai realizar seis longos e enriquecidos cruzeiros pelo Mediterrâneo antes do final do ano, incluindo um itinerário de 8 noites especial de Natal que partirá de Génova no dia 18 de dezembro de 2020”, acrescenta a MSC Cruzeiros, no comunicado enviado à imprensa.

A companhia de cruzeiros sublinha que, tal como o MSC Grandiosa, que começou a operar no Mediterrâneo em agosto, também no MSC Magnifica foi implementado o protocolo de saúde e segurança que foi desenvolvido pela MSC Cruzeiros, em colaboração com especialistas médicos externos e que já foi formalmente aprovado pelas autoridades nacionais e locais relevantes.

“As medidas abrangentes de segurança destinadas em primeiro lugar a proteger o bem-estar dos hóspedes, tripulação e localidades visitadas foram implementadas pela primeira vez em agosto, quando o MSC Grandiosa se tornou no primeiro grande navio de cruzeiro do mundo a regressar ao serviço, em agosto. O emblemático navio da companhia completou agora nove viagens de 7 noites e demonstrou positivamente a eficácia do protocolo. As medidas incluem visitas em terra protegidas por uma “bolha social” para que os passageiros também possam desfrutar dos destinos em cada porto de escala”, resume a companhia de cruzeiros.

O protocolo de saúde e segurança da MSC Cruzeiros inclui rastreios de saúde universais para todos, incluindo hóspedes e tripulação, bem como a realização de testes à COVID-19 antes do embarque; medidas elevadas de saneamento e limpeza em todo o navio; gestão do distanciamento social; uso de máscaras faciais em áreas públicas e tecnologia para auxiliar no rastreio e identificação a bordo, sendo que, nesta fase inicial, também a capacidade do navio foi reduzida para 70% para assegurar que o distanciamento social possa ser garantido a bordo.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *