Machu Picchu volta a receber turistas estrangeiros em novembro

Por a 16 de Outubro de 2020 as 10:48

A histórica cidade inca de Machu Picchu, no Peru, vai voltar a receber visitantes estrangeiros a partir de dia 1 de novembro, ainda que a capacidade fique limitada a 675 visitantes por dia, avança a Lusa, que cita as autoridades locais.

De acordo com a Lusa, os habitantes locais da região de Cuzco já podem visitar a cidade a partir deste sábado, 17 de outubro, enquanto a reabertura aos restantes turistas peruanos, tal como estrangeiros, acontece no início de novembro, uma vez que o Peru iniciou esta quinta-feira, 15 de outubro, uma reabertura gradual dos museus e sítios arqueológicos, depois de um encerramento de sete meses, na sequência da COVID-19.

No total, esta quinta-feira voltaram a funcionar 18 museus em todo o país, que vão estar abertos três dias por semana, com a capacidade limitada a um máximo de 50%, informou o ministro da Cultura do Peru, Alejandro Neyra.

Durante o primeiro mês, a entrada nos museus e sítios arqueológicos do Peru que já reabriram vai ser gratuita, o que visa “estimular a retoma cultural e económica da região e do país”, adiantou o governante peruano.

Apesar da reabertura, os visitantes vão ter de cumprir rigorosos protocolos de saúde e segurança, estando prevista, nomeadamente, a medição de temperatura à entrada dos espaços, uso obrigatório de máscara, distanciamento físico, sendo os grupos de visitantes limitados a um máximo de oito pessoas e obrigatório realizar pré-reserva.

Machu Picchu, classificado Património Mundial da Humanidade, vai ter entrada limitada a 675 turistas por dia, quando na estação alta os números ascendem a 5.000 entradas diárias.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *