Porto de Lisboa vai fornecer energia elétrica aos navios já em 2021

Por a 13 de Outubro de 2020 as 11:38

O Porto de Lisboa, em especial o terminal de cruzeiros, vai passar a ter capacidade de fornecer energia elétrica aos navios a partir do próximo ano, evitando a utilização de geradores próprios que usam combustíveis poluentes, prevê a proposta do Orçamento do Estado 2021 (OE2021), que foi entregue esta segunda-feira, 12 de outubro, na Assembleia da República.

“Em 2021, dotar-se-á o porto de Lisboa, e em especial o terminal de cruzeiros, de capacidade de fornecer energia elétrica aos navios acostados (‘shore to ship’), evitando o uso dos geradores próprios que consomem combustíveis poluentes”, lê-se na proposta de lei do OE2021.

Segundo a Lusa, o OE2021prevê “a aposta no abastecimento de gás natural liquefeito e no fornecimento de energia elétrica a navios, no cumprimento das diretivas da União Europeia e inserindo-se num plano mais vasto de descarbonização e de adoção de fontes de energia mais amigas do ambiente conforme previsto no ‘European Green Deal’”.

Além do fornecimento de energia elétrica, o Governo pretende apostar também no desenvolvimento do projeto de uma via navegável no rio Tejo destinada a barcaças, com o objetivo de escoar as cargas por via fluvial a partir de Castanheira do Ribatejo e, assim, reduzir o recurso ao transporte rodoviário, mais poluente.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *