South African Airways suspende todas as operações por dificuldades financeiras

Por a 30 de Setembro de 2020 as 15:17

A South African Airways, companhia aérea de Bandeira da África do Sul, suspendeu todas as suas operações depois de ter falhado o plano de salvamento que envolvia um financiamento de 507 milhões de euros.

De acordo com a Lusa, a companhia aérea, que está envolvida em alegações de corrupção e má gestão, pediu a liquidação e a proteção contra falências em dezembro do ano passado, tendo optado agora pela suspensão de toda a sua operação depois da equipa de resgate de empresas designada para gerir a transportadora ter anunciado que não foi possível reunir o dinheiro necessário para aplicar um plano de salvamento.

A suspensão das operações poderá ser levantada caso o Governo da África do Sul liberte os fundos que havia prometido para apoiar a companhia aérea, que vai, contudo, realizar todos os voos regulares de carga e repatriamento que já estavam previstos.

Além da South African Airways, a suspensão de operações abrange também a Mango, a companhia aérea de baixo custo que pertence à transportadora de bandeira sul-africana, assim como outras duas filiais da South African Airways.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *