Airmet apoia a petição online para alteração da lei das viagens organizadas

Por a 22 de Setembro de 2020 as 12:10

A Airmet anunciou, em comunicado de imprensa, que apoia a petição referente à alteração da lei das viagens organizadas, lançada por três operadores alemães, no passado dia 8 de setembro.

“Apesar da delicadeza desta diretiva europeia, devido às circunstâncias atualmente vividas, a Airmet admite que a Covid-19 veio pôr em causa a existência de inúmeras empresas no setor do turismo e que a pandemia veio demonstrar, de forma avassaladora, a injustiça da lei que protege a atividade das agências de viagens”, refere o agrupamento de agências de viagens.

A petição recomenda que “os clientes paguem por uma parte das taxas de cancelamento em caso de uma viagem ser cancelada devido às circunstâncias extraordinárias e inevitáveis”, contrariando o que acontece hoje em dia em matéria de reembolsos, que descredibiliza o trabalho e o valor da Agência de Viagens durante todo o processo de venda e acompanhamento ao cliente.

“Mesmo sabendo que dificilmente a petição terá algum sucesso, consideramos importante a existência de uma tomada de posição do nosso sector, que vise a reposição da justiça e viabilidade da nossa área de negócio”, lê-se ainda no comunicado enviado pela Airmet.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *