Apoio à Tesouraria: AHRESP defende adopção de programa semelhante aos Açores para as restantes regiões

Por a 16 de Setembro de 2020 as 10:22

A AHRESP considera um “excelente exemplo” o Programa de Apoio aos Custos Operacionais das Empresas do setor do Turismo, destinado às empresas da Região Autónoma dos Açores,  que concede a possibilidade de diminuição dos custos fixos dos estabelecimentos, mediante a comparticipação de 75% dos valores gastos em eletricidade, água, vigilância e segurança, rendas, seguros e comunicações.

Em comunicado, a associação defende a adoção de um programa de apoio semelhante, aplicável às restantes regiões do país, que “necessitam urgentemente de reforçar a sua tesouraria para enfrentar o período de época baixa que se aproxima”.

A associação defende ainda “a urgente disponibilização do Programa ADAPTAR 2.0, uma medida fulcral no apoio à tesouraria das empresas, seja para aquisição dos vários equipamentos de proteção individual (EPI’s), de soluções desinfetantes, bem como da adaptação dos espaços às restrições de funcionamento a que as nossas empresas estão sujeitas”. Este programa, já disponível na região Autónoma dos Açores, “carece de aplicação imediata no restante território nacional”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *