Governo prolonga interdição aos cruzeiros até 30 de setembro

Por a 14 de Setembro de 2020 as 16:20

O Governou decidiu prolongar a interdição aos cruzeiros até 30 de setembro, mantendo-se até ao final do mês a proibição de desembarque de passageiros e tripulações destes navios nos portos nacionais devido à pandemia de COVID-19.

O despacho, que prolonga até às 23:59 de dia 30 de setembro a interdição aos cruzeiros, foi esta segunda-feira, 14 de setembro, publicado em Diário da República, com o Governo a justificar este prolongamento com as “medidas de contenção das possíveis linhas de contágio, de modo a controlar a disseminação do vírus SARS-CoV-2 e da doença COVID-19, sendo que a situação epidemiológica, quer em Portugal quer noutros países, continua a não se mostrar plenamente controlada”.

O texto do despacho, que é assinado pelos ministros da Defesa Nacional, Administração Interna e Saúde, bem como pelo secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, invoca também “o elevado risco decorrente do desembarque de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro”.

Até 30 de setembro, os navios de cruzeiro podem apenas “atracar nos portos nacionais para abastecimento, manutenção e espera desde que sem passageiros e apenas com a tripulação mínima para a operação”.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *