Costa Cruzeiros abre vendas para o inverno 2020/21 a cidadãos europeus

Por a 10 de Setembro de 2020 as 15:09

A Costa Cruzeiros reformulou os seus itinerários para o inverno 2020/21 e vai abrir as vendas também a cidadãos europeus, incluindo portugueses, depois dos primeiros itinerários após a retoma da atividade terem sido exclusivos para cidadãos italianos, informou a companhia de cruzeiros de origem italiana em comunicado.

“A temporada de inverno 2020/21 da Costa Cruzeiros vai estar disponível para todos os cidadãos europeus que residam nos países incluídos no decreto do Governo italiano”, refere a Costa Cruzeiros, explicando, no entanto, que as três primeiras saídas dos navios Costa Deliziosa e Costa Diadema, até 20 de setembro, ainda estão reservadas a cidadãos italianos.

A companhia de cruzeiros diz que todas as informações sobre os itinerários de inverno, que decorrem entre outubro de 2020 e março de 2021, como detalhes e datas de disponibilidade para reserva dos novos itinerários de inverno, “serão comunicados em breve no site da empresa e através das agências de viagens”.

Apesar dos detalhes ainda não serem conhecidos, a Costa Cruzeiros avança, no entanto, que “a grande novidade da temporada será a estreia do novo navio Costa Firenze”, o navio da companhia que está a ser construído no estaleiro Fincantieri em Marghera (Veneza).

“A partir de 27 de dezembro, os passageiros poderão descobrir este navio de última geração com um programa de férias de 7 dias no Mediterrâneo, à descoberta de Savona, La Spezia, Nápoles, Valência, Barcelona e Marselha”, revela a Costa Cruzeiros, na informação divulgada.

Certo é também que o Costa Deliziosa vai continuar a realizar o itinerário de uma semana, à partida de Trieste, e que até 20 de setembro é exclusivo para cidadãos italianos, mas que vai passar a estar também disponível para outros cidadãos europeus, incluindo portugueses, nas partidas de 27 de setembro e 4 de outubro.

Já o navio Costa Deliziosa navegará com itinerários de uma semana a partir de Trieste para as Ilhas Gregas, enquanto a oferta no Mediterrâneo será reforçada com o Costa Smeralda, o primeiro navio da Costa movido a Gás Natural Liquefeito (GNL), que sairá de Savona no dia 10 de outubro para itinerários no Mediterrâneo Ocidental.

A partir de novembro, o Costa Diadema vai realizar itinerários de 12 dias pelas Ilhas Canárias, assim como um roteiro de 14 dias para descobrir o Egipto e a Grécia, estando também confirmado o cruzeiro de Volta ao Mundo, a bordo do Costa Deliziosa, com início no dia 3 de janeiro de 2021.

“À parte destes itinerários, os cruzeiros programados de outubro de 2020 a março de 2021 estão cancelados. A Costa Cruzeiros informará as agências de viagens e os passageiros afetados, que receberão proteção de acordo com as normas em vigor. Os cruzeiros Costa Favolosa nas Caraíbas estão excluídos destes cancelamentos. A empresa divulgará informações sobre estes cruzeiros num futuro próximo”, refere ainda a Costa Cruzeiros, no comunicado enviado à imprensa.

A companhia explica também que, nos cruzeiros da temporada de inverno 2020/21 será cumprido o Protocolo de Segurança Costa, documento que inclui uma série de medidas para lidar com a situação gerada pela COVID-19 e que estão relacionadas com todos os aspetos da experiência a bordo, tanto no navio como em terra.

 Entre as medidas incluídas no Protocolo de Segurança Costa está a realização de testes à COVID-19, que a Costa Cruzeiros vai aplicar a todos os seus passageiros antes do embarque, assim como excursões protegidas em terra.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *