Governo timorense mantém suspensão de voos para o país por tempo indefinido

Por a 9 de Julho de 2020 as 11:34

A Autoridade de Aviação Civil de Timor-Leste (AACTL) informou esta quinta-feira que os voos comerciais, regulares ou charters, de e para Díli vão continuar suspensos por tempo indefinido, impedindo assim voos que estavam a ser preparados.

A decisão foi dada a conhecer a todas as empresas com operações aéreas em Timor-Leste num documento assinado pelo presidente interino da AACTL, Eusébio Freitas.

“Apesar do estado de emergência [devido à covid-19] ter terminado (…) as operações comerciais continuam suspensas temporariamente e até decisão em contrário a comunicar pela AACTL”, refere o documento, a que a Lusa teve acesso.

O documento nota que a suspensão abrange as rotas entre Díli e a cidade australiana de Darwin, as cidades indonésias de Kupang e Denpasar e com Singapura. “Voos de emergência ou outros voos essenciais estão isentos desta restrição”, referiu.

Apesar do fim do estado de emergência a 26 de junho, muitas das restrições no que toca a fronteiras mantêm-se inalteradas, estando ainda a ser preparado um diploma conjunto dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros, Interior e Saúde, com as novas regras.

Até que as regras sejam claras, as únicas duas ligações aéreas com o país são um voo humanitário regular entre Kuala Lumpur e Díli, organizado pelo Programa Alimentar Mundial e que além de carga tem transportado funcionários humanitários, e voos entre Darwin e Díli, da AirNorth, no âmbito de um contrato do Governo com a empresa que termina este mês.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *