Estudo aponta holandeses e alemães como os mais recetivos a fazer férias além fronteiras

Por a 6 de Julho de 2020 as 12:53

De acordo com um estudo efetuado pela RoomRaccoon, empresa que oferece um Sistema Integrado de Gestão de Hotéis, a maior parte dos inquiridos revela que pretende viajar novamente dentro de 6 meses. Os  holandeses e alemães são os mais recetivos a deslocar-se além fronteiras.

O inquérito foi efetuado a 800 pessoas, em 7 países. Entre as principais conclusões está a incerteza de quando será possível viajar. A maior parte dos inquiridos refere que pensa tomar uma decisão dentro de 1 a 2 meses.

Do total, aproximadamente 60% referiu que gostaria de viajar novamente dentro de 6 meses, sendo as viagens no próprio país a opção mais comum. Mais de 50% das pessoas revelou que pretende fazer férias no seu próprio país, à excepção dos holandeses e alemães, que consideram viajar dentro da UE. Em Portugal, Croácia e Itália, há uma clara preferência por viagens dentro do próprio país.

Quanto aos fatores mais importantes na escolha de um determinado destino para férias, a segurança surge como o mais relevante. Segue-se a opção por locais pouco turísticos e com preços atrativos. Em países como Itália, África do Sul e Reino Unido, as informações fornecidas pelos hotéis e alojamentos locais são as que mais influenciam a reserva.

Em relação ao mercado português, em 139 inquiridos, 40% refere que pretende viajar nos próximos 6 meses, no entanto, sem saber quando tomará a decisão da reserva. A escolha por viagens dentro do país tem o maior destaque, com 56% dos inquiridos a preferir esta opção. A grande maioria, 91%, não tem ainda reserva de alojamento.

40% dos inquiridos tenciona reservar diretamente com a unidade hoteleira, contra os 39%, que preferem fazê-lo por uma OTA (ex. Booking.com). Os hóspedes querem saber quais são as medidas adotadas pelas unidades hoteleiras, que possam garantir uma estadia segura.

Iniciativas como garantir distâncias de segurança através de contactless stay, online check-in e adoção de medidas de higiene extensivas, são as mais valorizadas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *