Transavia France retoma primeiros voos para Portugal a 15 de junho

Por a 1 de Junho de 2020 as 15:08

A Transavia France, companhia aérea low cost do Grupo Air France/KLM, vai retomar os primeiros voos para Portugal a 15 de junho, voltando a voar para Faro, Lisboa e Porto a partir de Lyon e Nantes, informou a transportadora num comunicado enviado à imprensa.

De acordo com a informação divulgada, os voos da Transavia France para Portugal vão ser retomados de forma gradual, sendo que, depois das ligações à partida de Lyon e Nantes, também os voos desde Paris-Orly e Montpellier vão ser retomados a 26 de junho.

“A partir de 15 de junho, a companhia aérea low-cost do Grupo Air France-KLM abrirá as suas primeiras ligações para Portugal (Faro, Lisboa e Porto) de Lyon e Nantes e, a partir de 26 de junho, de Paris-Orly e Montpellier”, lê-se no comunicado enviado à imprensa.

A companhia aérea diz ainda que a retoma dos voos, assim como a abertura de novos destinos e reforço de frequências, está dependente “do levantamento das restrições impostas pelos países e da procura dos passageiros”, pelo que “a ampliação progressiva e com precaução do seu programa de voos está sujeito à evolução da epidemia em cada país”.

A retoma das operações, que deverá abranger cerca de 25% do programa de voos da Transavia France, é acompanhada por novas e reforçadas medidas sanitárias, nas quais a companhia aérea diz contar com o apoio dos seus parceiros aeroportuários, como é o caso da Vinci Airports, que detém a concessão dos aeroportos nacionais, através da ANA – Aeroportos de Portugal.

As novas medidas sanitárias aplicam-se à realização do check-in, mas também ao momento do embarque e durante o voo, bem como à chegada aos aeroportos e passam essencialmente para manutenção das distâncias de seguranças e pelo uso obrigatório de máscara a partir dos 11 anos de idade, bem como pela utilização de gel hidroalcoólico e ainda pela desinfeção regular de superfícies e aparelhos.

Todas as medidas sanitárias estão disponíveis para consulta através do website da Transavia, em www.transavia.com.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *