Medidas de apoio ao turismo | Manuel Proença

Por a 29 de Maio de 2020 as 10:41

Por Manuel Proença, presidente do Grupo Hoti Hotéis

Portugal é um dos países europeus onde a economia mais caiu devido à pandemia. Tal como as outras economias do Sul da Europa, muito dependentes do turismo, só nós poderemos aguentar, se for implementado um plano de apoios à redução de custos, por um lado, e por outro, a criação de estímulos ao gasto e consumo no setor do turismo.
Com a quase totalidade das empresas em paragem total e “rendimento zero”, a principal preocupação dos empresários é agora a manutenção do emprego, garantir a sobrevivência das empresas e evitar as falências em catadupa.

Entre as muitas medidas de apoio já apresentadas, aquela que recolhe a quase unanimidade do setor é o prolongamento do regime de Layoff simplificado – possibilidade que o Governo já admitiu – uma medida de apoio inteligente, que minimiza a sobrecarga da Segurança Social, ao evitar um enorme flagelo social gerado pelo desemprego massivo. Reino Unido, Áustria e Alemanha já avançaram com medidas neste sentido.

No atual contexto da nossa economia, repleto de incertezas que se manterão até à descoberta da vacina para o COVID-19, a implementação de instrumentos que permitam garantir o EMPREGO e a SOBREVIVÊNCIA DO CLUSTER TURÍSTICO NACIONAL é crucial e deve ser o foco das políticas públicas do Governo.

É, pois, extremamente importante, dar resposta ao insistente pedido dos empresários antes do verão, que na presente situação julgamos urgente e irrecusável.

Nota de editor: O Publituris vai publicar, ao longo dos próximos dias, uma lista de medidas de apoio ao turismo, com base na opinião e visão de 28 personalidades que trabalham neste setor em diversas áreas direta ou indiretamente.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *