Portway avança para ‘lay off’

Por a 7 de Abril de 2020 as 9:44

A Portway, empresa de assistência em escala nos aeroportos, anunciou, esta segunda-feira, que vai “avançar com o pedido formal de adesão ao sistema de ‘lay-off’ simplificado”.

Em comunicado, a empresa detalha que a medida abrange 1.744 trabalhadores. Destes, 69% terão o contrato de trabalho suspenso, enquanto os restantes 31% verão o período normal de trabalho reduzido em 20%.

O terço dos trabalhadores que continuará em funções dará “assistência aos movimentos estimados e equipas de suporte, assegurando os serviços mínimos definidos pelas necessidades”, refere a empresa, que está presente nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Beja.

A crise provocada pela pandemia de covid-19, que “atingiu severamente o setor da aviação, com uma paralisação quase total”, reduziu a operação da Portway a um nível “residual”. Neste mês, “não se vão realizar 95% dos 4.830 movimentos previstos”, justifica a empresa.

“Ainda assim, a Portway irá manter os serviços mínimos em todos os aeroportos, com particular ênfase nos serviços de carga que asseguram os abastecimentos críticos, em particular de equipamentos médicos e de proteção”, destaca.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *