Aeroporto de Heathrow reduz operação devido à queda do tráfego aéreo

Por a 6 de Abril de 2020 as 16:00
Gate28

O Aeroporto de Heathrow, em Londres, Reino Unido, reduziu a operação devido à forte queda do tráfego aéreo provocada pela pandemia de COVID-19 e a partir desta segunda-feira, 6 de abril, passou a funcionar apenas com uma das duas pistas, prevendo encerrar ainda, nos próximos dias, dois dos terminais de passageiros.

De acordo com a Lusa, que cita um comunicado enviado pelo aeroporto londrino à agência France Press, o Aeroporto de Heathrow mantém-se aberto apenas para permitir o transporte de equipamentos médicos e de produtos alimentares para o Reino Unido, assim como para voos de repatriamento.

Segundo o comunicado, além do encerramento de uma das pistas, o aeroporto vai também transferir temporariamente “as atividades de passageiros dos terminais 3 e 4 para os terminais 2 e 5”, com a infraestrutura a sublinhar que “a redução significativa do tráfego de passageiros garante que as medidas estão em linha com as diretivas governamentais de distanciamento social”.

Com esta decisão, o Aeroporto de Heathrow pretende também reduzir os custos durante esta crise sanitária, até porque a redução do tráfego aéreo afetou fortemente as receitas da infraestrutura, que é o maior aeroporto britânico.

Recorde-se que, também o aeroporto de Gatwick, igualmente localizado junto a Londres e que é o segundo maior aeroporto britânico, fechou um dos terminais de passageiros e reduziu drasticamente a atividade, assim como vários outros aeroportos do Reino Unido.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *