APHORT continua a aguardar suspensão de taxas municipais que impactam o setor

Por a 27 de Março de 2020 as 16:47

A taxa turística e as taxas sobre as esplanadas são algumas das medidas para as quais a APHORT -Associação Portuguesa de Hotelaria Restauração e Turismo aguarda resposta por parte das autarquias um pouco por todo o país.

Face à situação económica que as empresas turísticas vivem provocada pela propagação da pandemia da COVID-19, que levou ao encerramento temporário de muitos estabelecimentos, a associação destaca que, a esta altura, gostava de “poder contar também com uma maior disponibilidade por parte dos autarcas”. Para a associação, ao contrário do Governo que ouviu as associações do setor e tomou medidas que foram ao encontro do solicitado pelas mesmas na maioria das situações, continua “sem obter qualquer tipo de resposta face às propostas que apresentámos e que dizem respeito à suspensão imediata das taxas municipais que vigoram sobre o setor, nomeadamente, a taxa turística e a taxa das esplanadas”.

Quanto às novas medidas e aos ajustes anunciados pelo Governo, nesta última quinta-feira, 26 de março, a APHORT realça que “vê as medidas anunciadas como um primeiro passo para dar resposta às necessidades mais imediatas das empresas e, nesse sentido, é com agrado que percebemos que os ajustes ontem anunciados pelo Governo vão ao encontro das propostas que tínhamos apresentado, nomeadamente no que diz respeito a uma maior simplificação do processo de lay off e ao facto deste recurso estar já disponível para as empresas”.

Por enquanto, e para avaliar o impacto que a aplicação efetiva destas medidas têm na atividade das empresas, a associação vai acompanhar os seus associados, podendo vir a apresentar ao Governo novas propostas para dar resposta às necessidades do setor.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *