TAP pede autorização para realizar mais dois voos extra para Angola e Cabo Verde

Por a 26 de Março de 2020 as 11:37

A TAP pediu autorização aos governos de Angola e Cabo Verde para realizar mais dois voos extra com o objetivo de trazer de volta a Portugal mais 400 portugueses que ainda se encontram nestes dois países, anunciou a companhia aérea em comunicado.

De acordo com a TAP, os voos estão ainda sujeitos a aprovação governamental, mas devem decorrer esta sexta-feira, 27 de março, e as reservas já se encontram abertas no site da companhia aérea, em flytap.com, e nas agências de viagens.

“A TAP, em estreita colaboração com o MNE, garante todas as condições de segurança e operacionais para a realização destes dois voos que – à semelhança dos voos extra operados pela Companhia para África ao longo desta semana – estão a realizar-se em condições operacionais atípicas, motivadas pelas diversas restrições impostas por governos e autoridades”, refere a TAP na nota divulgada.

Além de trazerem de volta a casa os portugueses que ainda se encontram em Angola e Cabo Verde, a TAP revela que estes voos vão servir também para transportar carga médica e humanitária.

Um comentário

  1. Belmiro Ricarte

    26 de Março de 2020 at 15:04

    Vão ficar aqui muitos Portugueses.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *