Viajes el Corte Inglés em Espanha pede regime equiparável ao ‘layoff’ para 1900 trabalhadores

Por a 25 de Março de 2020 as 17:27

A rede de agências de viagens espanhola Viajes el Corte Inglés apresentou o pedido a um ERTE (Expediente de Regulação Temporal de Emprego) o equiparável em Portugal ao regime de ‘lay off’. Este pedido vai afetar cerca de 1900 empregados, indica a imprensa espanhola, que se encontrem a trabalhar tanto nas agências de rua como nos centros comerciais do próprio grupo.
Segundo o grupo de agências de viagens em comunicado, a situação de alerta de pandemia impactou todo o sector turístico e de viagens. O ERTE vai ter início a 26 de março e será prolongado até ao final do alerta sanitário.
Além das Viajes el Corte Inglés, também o Grupo Ávoris em Espanha solicitou o pedido de ERTE para 3500 funcionários, assim como o Grupo Globalia. No campo da hotelaria a Meliá International e o NH Hotel Group já deram a conhecer que efetuaram o mesmo pedido de ERTE que vai abranger grande parte dos seus funcionários. Também a companhia aérea Vueling solicitou o regime de ERTE para os próximos três meses e para os seus 3800 trabalhadores, mas também a Ryanair fez o mesmo pedido de ERTE, bem como a Air Nostrum.
A flexibilização de acesso ao ERTE foi uma das medidas do governo espanhol dadas a conhecer na semana passada.

Saiba Mais: Conheça as medidas de apoio lançadas pelo governo espanhol

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *