Finnair flexibiliza alteração de reservas

Por a 13 de Março de 2020 as 11:25

A Finnair flexibilizou a sua política de alteração de reservas devido ao surto de Covid-19, o novo coronavírus que já causou mais de quatro mil vítimas mortais em todo o mundo, permitindo que os passageiros com bilhetes emitidos antes de 30 de abril mudem a data de viagem até 30 de novembro.

“Os clientes podem alterar a sua data de viagem de maneira flexível sem custos, e viajar até ao dia 30 de novembro de 2020”, refere a companhia aérea finlandesa, num comunicado divulgado esta sexta-feira, 13 de março.

A alteração de reserva é válida para todos os bilhetes, em voos operados e comercializados pela Finnair, para reservas na mesma classe dos voos originais ou na classe mais baixa disponível na mesma cabine, sendo permitida a revalidação dos bilhetes.

De acordo com a Finnair, que é representada pela APG Portugal em território nacional, todas as reservas alteradas deverão incluir o código OSI – AY CHANGE OF TRAVEL DUE TO CORONA.

“No que respeita a cancelamentos, o reembolso será de acordo com as condições actuais da tarifa do bilhete”, acrescenta a Finnair, advertindo, no entanto, que “devido ao grande volume de pedidos de reembolsos (RA) relacionados com o coronavírus”, existe atualmente “um atraso nos processamentos dos mesmos” e que o “tempo aproximado de resposta é de um mês”.

A Finnair diz lamentar a situação e lembra os agentes de viagens que “a forma mais rápida de obter o reembolso é processá-lo diretamente no seu próprio GDS. Se não for possível, poderão solicitar o reembolso através do BSP Link”.

“A taxa administrativa para os reembolsos respeitantes ao coronavírus (e outras situações involuntárias) não será aplicável”, garante ainda a companhia aérea finlandesa.

 

 

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *