Qatar Airways regista “aceitação excelente” na rota de Lisboa

Por a 21 de Fevereiro de 2020 as 15:52

A 24 de junho de 2019, a Qatar Airways abriu a sua primeira rota para Portugal, passando a ligar diariamente Lisboa a Doha, capital do Qatar e hub da companhia aérea. Seis meses depois da abertura dos voos e já no início deste ano, chegava a notícia de que a operação vai ser reforçada no próximo verão, numa decisão que indicava que a rota estava a correr bem e que a Qatar Airways estava satisfeita com a procura registada. Alen Mlekuz, commercial manager da companhia aérea em Portugal, confirma o sucesso da operação e diz ao Publituris que “o balanço é bastante positivo”. “A aceitação por parte do mercado tem sido excelente e o feedback deixa-nos entusiasmados com o futuro”, diz o responsável, explicando que a Qatar Airways tem abordado “vários segmentos diferenciados, incluindo leisure e corporate”, através da “presença em diversos eventos da indústria”, e tem também “assistido a um crescimento do interesse” por alguns dos seus destinos-chave à partida de Doha, o que, considera, “é por si só um bom indicador”. “A rota Lisboa-Doha permite ligar Portugal a uma grande quantidade de destinos. Algumas das nossas rotas mais populares incluem Tailândia, Malásia, Indonésia, Vietname, África do Sul, Namíbia, Moçambique, Sri Lanka, Seychelles, Maldivas, Austrália ou Nova Zelândia”, explica.
Além das ligações a mais de 160 destinos, Alen Mlekuz recomenda também uma “escala ligeiramente mais prolongada em Doha para descobrir a cidade e o Qatar”, destino que, destaca, “é um local com uma grande vertente cultural, com praia e deserto, atividades temáticas, adequadas tanto para individuais como para famílias”.
A partir de junho, vão existir mais opções para viajar para o Qatar ou para os restantes destinos que a Qatar Airways oferece à partida de Doha, já que a companhia aérea vai reforçar a operação desde a capital portuguesa, passando a contar com “13 frequências semanais em junho e 11 semanais a partir de julho”, reforço que, afirma, demonstra o “compromisso com o mercado português e com todos os parceiros” que diariamente trabalham com a Qatar Airways “para o sucesso desta operação”.
Na rota de Lisboa, a Qatar Airways utiliza um avião Boeing 787 Dreamliner, com 22 lugares em executiva e 232 em económica.

Lisboa complementa oferta na Europa

O interesse da Qatar Airways em Lisboa já era conhecido e, ao Publituris, Alen Mlekuz explica que “Portugal representa hoje qualidade superior em experiência de viagem e hospitalidade” e que “Lisboa era uma das poucas grandes cidades europeias” onde a companhia ainda não estava presente, motivos que levaram à abertura da rota, que vem também complementar a oferta da Qatar Airways na Europa. “Com a abertura desta rota, complementamos a nossa presença no mercado Europeu, presença essa que reforçamos agora com o lançamento de mais voos para esta rota. As pessoas querem sentir que fazem parte do processo e, na Qatar Airways, procuramos sempre providenciar uma experiência de excelência, desde o momento de procura de voos até à aterragem no destino final. Isso envolve proporcionar ligações que facilitem a mobilidade dos passageiros”, explica o responsável.
E, segundo o commercial manager da companhia aérea, a Qatar Airways está em Portugal para ficar e quer tornar-se uma “referência”. “Queremos estabelecer-nos como referência em Portugal, como já somos em tantos outros mercados onde operamos. Isto é uma consequência do trabalho que estamos a desenvolver”, refere, explicando que a transportadora aérea tem “uma estratégia bem definida” para todos os mercados onde opera e quer mostrar em Portugal o motivo de receber “tantos prémios, incluindo o de Melhor Companhia Aérea do Mundo, Melhor Classe Executiva do Mundo e Melhor Assento de Classe Executiva. Isto não se aplica apenas ao público, mas também a toda a indústria. Aeroportos, trade, corporate, parceiros, queremos incluir todos na nossa visão”.

Outros destinos

Alen Mlekuz defende que o aumento de voos no próximo verão “mostra o investimento” que a Qatar Airways está a “realizar na rota Lisboa-Doha” e diz que é nesta linha que a companhia aérea pretende prosseguir em 2020, esperando que “a evolução desta rota continue neste caminho de crescimento sustentado”.
Quanto à abertura de voos para outros destinos nacionais, o responsável não confirma nem desmente, mas também não descarta a possibilidade, afirmando apenas que a Qatar Airways está “constantemente a avaliar novas oportunidades e Portugal é um destino maravilhoso que oferece diversas possibilidades”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *