Madeira volta a ser destino preferido da APAVT em 2020

Por a 11 de Fevereiro de 2020 as 15:33

A Madeira vai ser o Destino Preferido da APAVT em 2020. O anúncio foi feito esta terça-feira, dia 11, pela direção da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo e a Secretaria Regional do Turismo da Madeira.

Depois de 2016, a Madeira é eleita para este programa anual da APAVT que visa dinamizar os fluxos turísticos para um determinado destino. O pontapé de saída deste programa foi dado já esta terça-feira com uma reunião técnica entre os operadores turísticos que vendem a Madeira e o Secretário Regional de Turismo da Madeira, Eduardo Jesus.

Para Pedro Costa Ferreira, “este projeto surge num momento delicado e importante para a Madeira”. O presidente da APAVT recorda que o destino foi “objeto de uma caraterização durante o último congresso da APAVT”, tempo sido definido o atual momento da Madeira como “uma tempestade perfeita”, tendo em conta o número de falências de companhias aéreas que afetaram o destino, bem como a cada vez maior “visibilidade da inoperacionalidade do aeroporto”, a que acresce algum aumento da oferta, “o que não deixa de ser um fator adicional de risco”, considera o presidente da associação.

Por todas estas razões, este destino preferido aparece no “momento ideal” em que “precisamos de atuar com mais acuidade”, defende Pedro Costa Ferreira. As metas foram também estabelecidas: “Aumentar o fluxo de turistas continental para a Madeira, diminuir a sazonalidade e reforçar a visibilidade de um destino que hoje se direciona muito mais para jovens do que anteriormente, que oferece a possibilidade um tempo médio de estada muito maior que um fim-de-semana, e muitos de visita o ano todo”.

Eduardo Jesus definiu este acordo como “um momento de grande felicidade e celebração” classificando a relação com a APAVT como “duradoura e saudável”. Fomos Destino Preferido em 2016 e daí para cá não deixámos de crescer no mercado nacional. Temos tido a preferência da APAVT na realização dos seus congressos por cinco vezes, a última no ano passado, com a participação de 700 congressistas”, lembrou o responsável.

Sobre os constrangimentos do destino enumerados pelo presidente da APAVT, Eduardo Jesus reconhece que existem, mas considera que são oportunidades para inovar. “É com esta postura que vejo esta parceria com a APAVT, como uma oportunidade de mais uma vez promovermos a superação, isto é, encontrarmos novos caminhos e soluções e afirmar a Madeira como um destino muito mais do que aquilo que se percepciona”.

O Destino Preferido da APAVT contempla uma serie de ações de marketing e trabalho técnico. Neste último campo, os trabalhos desenvolvem-se em aspetos conceptuais da oferta e em aspectos concretos da operação, como seja dificuldades ao nível da obtenção de slots ou de oferta hoteleira.

Tanto a APAVT como a Secretaria Regional do Turismo da Madeira esperam repetir os resultados de 2016. Desde este período que o o mercado nacional não pára de crescer para a Madeira. Até novembro de 2019, o mercado nacional cresceu 9% e liderou o número de dormidas. Além deste crescimento, Eduardo Jesus destacou também a mudança de hábitos de venda e assinalou o programa de e-learning desenvolvido no âmbito do programa Destino Preferido 2016, o Madeira Specialists.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *